SóProvas



Prova INEP - 2017 - ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio - Primeiro e Segundo Dia - PPL


ID
2628880
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Inglês
Assuntos

The Four Oxen and the Lion


A Lion used to prowl about a field in which Four Oxen used to live. Many a time he tried to attack them; but whenever he came near, they turned their tails to one another, so that whichever way he approached them he was met by the horns of one of them. At last, however, they quarreled among themselves, and each went off to pasture alone in a separate corner of the field. Then the Lion attacked them one by one and soon made an end of all four.

Disponível em: www.aesopfables.com. Acesso em: 1 dez. 2011.


A fábula The Four Oxen and the Lion ilustra um preceito moral, como se espera em textos desse gênero. Essa moral, podendo ser compreendida como o tema do texto, está expressa em:

Alternativas
Comentários
  • O leão sempre tentava atacar os bois, mas eles ficavam juntos e viravam as caudas um para o outro, de modo que, de qualquer maneira que o leão se aproximasse era recebido pelos chifres de um deles. No entanto, eles brigaram e cada um foi para o pasto sozinho em um canto separado do campo. Então o Leão atacou-os um por um e logo acabou com todos os quatro. Os bois perderam a força quando deixaram de ficar unidos.

    Gabarito do Professor: B

  • Quando os The Four Oxen estavam juntos, o leão não conseguia ataca-los, quando eles se separaram, o leão matou um por um.. 

     

    Moral da história: A união faz a força.

  • O leão sempre tentava atacar os bois, mas eles ficavam juntos e viravam as caudas um para o outro, de modo que, de qualquer maneira que o leão se aproximasse era recebido pelos chifres de um deles. No entanto, eles brigaram e cada um foi para o pasto sozinho em um canto separado do campo. Então o Leão atacou-os um por um e logo acabou com todos os quatro. Os bois perderam a força quando deixaram de ficar unidos.

    Gabarito do Professor: B

  • Projeto Enem com correção de Redação - 2021

    ✅ Notas de acordo com cada competência .

    ✅ Detalhamento do que pode ser melhorado em cada parágrafo .

    ✅ Dicas sobre o que deve estudar.

    Pacotes:

    1 redação: R$8,00

    2 redações: R$10,00

    Whatsapp para contato

    21985748011

    Professora Ana Paula

  • Sempre em fabulas tem uma frase que marca a moral da FABULA isso é comum, pois é essa frase que tem que ser reprisada para as crianças.

    "hen the Lion attacked them one by one and soon made an end of all four"=quando o Leão os atacou um por um e logo acabou com todos os quatro

    GAB:B a união faz a força

    FOCO MEDICINA 2022 instagram:@aspiradedeu


ID
2628883
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Inglês
Assuntos

               As Furniture Burns Quicker,
              Firefighters Reconsider Tactics

      House fires have changed. The New York Fire Department is rethinking its tactics for residential fires, while trying to hold onto its culture of “aggressive interior firefighting" - charging inside burning buildings as fast as possible.

Plastic flllings in sofas and mattresses burn much fasterthan older fillings like cotton, helping to transform the behavior of house flres in the last few decades, fireflghters and engineers say. With more plastic in homes, residential flres are now likely to use up all the oxygen in a room before they consume all flammable materiais.

“Years ago you could break a window and it took the fire several minutes to develop — or tens of minutes”, a fire battalion chief in Queens, George K. Healy, said. “Now we're learning when you vent that window or the door, the fire is developing in, say, a minute.”

LIBRADO, R. Disponível em: www.nytimes.com. Acesso em: 15 jun. 2013 (adaptado). 

O texto aborda o tema dos incêndios residenciais, que se propagam com mais rapidez atualmente por causa

Alternativas
Comentários
  • "lastic flllings in sofas and mattresses burn much fasterthan olderfillings like cotton, helping to transform the behavior of house flres in the last few decades, fireflghters and engineers say."

  • Só traduzindo o comentário do colega acima, conforme o Google Tradutor:

    "As tinturas de plástico nos sofás e colchões queimam muito mais rápido que os recheios mais antigos, como o algodão, ajudando a transformar o comportamento das casas nas últimas décadas", afirmam os bombeiros e engenheiros.

  • Plastic flllings in sofas and mattresses burn much faste rthan older fillings like cotton, [...]  With more plastic in homes, residential flres are now likely to use up all the oxygen in a room before they consume all flammable materiais.
    Tradução: Os enchimentos de plásticos nos sofás e colchões queimam muito mais rápido do que os antigos, como o algodão, [...]. Com mais plástico nas casas, é provável que os incêndios residenciais usem todo o oxigênio de uma sala antes que consumam todos os materiais inflamáveis.

    Gabarito do Professor: A


ID
2628889
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Inglês
Assuntos

Synopsis


Filmed over nearly three years, WASTE LAND follows renowned artist Vik Muniz as he journeys from his home base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump, Jardim Gramacho, located on the outskirts of Rio de Janeiro. There he photographs an eclectic band of “catadores” — self-designated pickers of recyclable materiais. Muniz’s initial objective was to “paint” the catadores with garbage. However, his collaboration with these inspiring characters as they recreate photographic images of themselves out of garbage reveals both the dignity and despair of the catadores as they begin to re-imagine their lives. Director Lucy Walker (DEVIL'S PLAYGROUND, BLINDSIGHT and COUNTDOWN TO ZERO) and co-directors João Jardim and Karen Harley have great access to the entire process and, in the end, offer stirring evidence of the transformative power of art and the alchemy of the human spirit.

Disponível em: www.wastelandmovie.com. Acesso em: 2 dez. 2012


Vik Muniz é um artista plástico brasileiro radicado em Nova York. O documentário Waste Land, produzido por ele em 2010, recebeu vários prêmios e

Alternativas
Comentários
  • "Vik Muniz as he journeys from his home base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump, Jardim Gramacho, located on the outskirts of Rio de Janeiro."

  • a)

    sua filmagem aconteceu no curto tempo de três meses. (foram mais de 3 anos e diz logo no início do texto: Filmed over nearly three years)

     b)

    seus personagens foram interpretados por atores do Brooklyn. (foram por pessoas que vivem no aterro .... base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump,)

     c)

    seu cenário foi um aterro sanitário na periferia carioca. (as he journeys from his home base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump, Jardim Gramacho, located on the outskirts of Rio de Janeiro. Ele menciona o aterro sanitário como garbage dump e outskirt significa local periférico do Rio de Janeiro )

     d)

    seus atores fotografaram os lugares onde moram. (There he photographs an eclectic band of “catadores” — self-designated pickers of recyclable materiais. Logo, fotografaram o local onde as pessoas moravam)

     e)

    seus diretores já pensam na continuidade desse trabalho. (O texto não menciona nada sobre isso!)



  • Filmed over nearly three years, WASTE LAND follows renowned artist Vik Muniz as he journeys from his home base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump, Jardim Gramacho, located on the outskirts of Rio de Janeiro.
    Tradução: Filmado ao longo de quase três anos, WASTE LAND segue o renomado artista Vik Muniz enquanto viaja da sua casa no Brooklyn para o Brasil e o maior depósito de lixo do mundo, o Jardim Gramacho, localizado na periferia do Rio de Janeiro. 

    O documentário Waste Land, produzido por ele em 2010, recebeu vários prêmios e o cenário foi um aterro sanitário na periferia do Rio de Janeiro.

    Gabarito do Professor: C
  • Filmed over nearly three years, WASTE LAND follows renowned artist Vik Muniz as he journeys from his home base in Brooklyn to his native Brazil and the world's largest garbage dump, Jardim Gramacho, located on the outskirts of Rio de Janeiro.

    Tradução: Filmado ao longo de quase três anos, WASTE LAND segue o renomado artista Vik Muniz enquanto viaja da sua casa no Brooklyn para o Brasil e o maior depósito de lixo do mundo, o Jardim Gramacho, localizado na periferia do Rio de Janeiro. 

    O documentário Waste Land, produzido por ele em 2010, recebeu vários prêmios e o cenário foi um aterro sanitário na periferia do Rio de Janeiro.

    Gabarito do Professor: C

  • Se eu soubesse que "bargage" significa lixo, eu teria marcado a C, fiquei na dúvida entre a C e a D. Não entendi o sentido de "aterro sanitário" que podia ter sido facilmente interpretado a lixo.


ID
2628892
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Inglês
Assuntos

If You’re Out There


If you hear this message

Wherever you stand

I'm calling every woman

Calling every man

We're the generation

We can't afford to wait

The future started yesterday

And we're already late

We've been looking for a song to sing

Searched for a melody

Searched for someone to lead

We've been looking for the world to change

If you feel the same, we'll go on and say

If you're out there

Sing along with me if you're out there

I'm dying to believe that you're out there

Stand up and say it loud if you're out there

Tomorrow's starting now...now...now [...]

We can destroy Hunger

We can conquer Hate

Put down the arms and raise your voice

We're joining hands today [...]

LEGEND, J. Evolver. Los Angeles: Sony Music, 2008 (fragmento).


O trecho da letra de If You’re Out There revela que essa canção, lançada em 2008, é um(a)

Alternativas
Comentários
  • If you hear this message

    Wherever you stand

    I'm calling every woman

    Calling every man

    We're the generation (nós somos a geração) 

    We can't afford to wait 

    The future started yesterday (o futuro começou ontem)  O escritor faz uma busca pra que possamos aprender a ser engajados, pois a luta já deveria ter acontecido no passado

    And we're already late

    We've been looking for a song to sing

    Searched for a melody

    Searched for someone to lead

    We've been looking for the world to change

    If you feel the same, we'll go on and say

    If you're out there

    Sing along with me if you're out there

    I'm dying to believe that you're out there

    Stand up and say it loud if you're out there

    Tomorrow's starting now...now...now [...]

    We can destroy Hunger ( nós podemos destruir a fome )

    We can conquer Hate

    Put down the arms and raise your voice (abaixe os braços e levante sua voz) logo, percebemos que não há apelo para a violência

    We're joining hands today [...] 

    Podemos perceber nos trechos em negrito a visão de buscar um engajamento  social que torna a alternativa B correta! 



  • Tomorrow's starting now...now...now [...]We can destroy Hunger. We can conquer Hate. Put down the arms and raise your voice. We're joining hands today [...]
    Tradução: O amanhã está começando agora ... agora ... agora [...] Nós podemos destruir a fome. Nós podemos conquistar o ódio. Abaixe os braços e levante sua voz. Estamos juntando as mãos hoje [...]

    O trecho da letra de If You're Out There revela que essa canção, lançada em 2008, é um(a) chamado para a população, no sentido de se mobilizar em relação às causas sociais. É um apelo ao engajamento social.

    Gabarito do Professor: B
  • alternativa B,pois no texto comenta sobre o sociedade e como devemos fazer para muda-la

  • Definição de engajamento: 1 acordo, ajuste, contrato, pacto. Participação ativa em algo: 2 comprometimento, compromisso, empenho, envolvimento, participação.

  • Tomorrow's starting now...now...now [...]We can destroy Hunger. We can conquer Hate. Put down the arms and raise your voice. We're joining hands today [...]

    Tradução: O amanhã está começando agora ... agora ... agora [...] Nós podemos destruir a fome. Nós podemos conquistar o ódio. Abaixe os braços e levante sua voz. Estamos juntando as mãos hoje [...]

    O trecho da letra de If You're Out There revela que essa canção, lançada em 2008, é um(a) chamado para a população, no sentido de se mobilizar em relação às causas sociais. É um apelo ao engajamento social.

    Gabarito do Professor: B

  • We can destroy Hunger

    We can conquer Hate

    Put down the arms and raise your voice

    We're joining hands today

    =

     Podemos destruir a fome

    Podemos conquistar o ódio

    Abaixe os braços e levante a voz

    Estamos dando as mãos hoje

    Resumo: Apenas a união e solidariedade("dando as mãos hoje"), ou seja, o engajamento social será capaz de acabar com os problemas no mundo

    GAB:B apelo ao engajamento social. instagram:@aspiradedeu


ID
2628895
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O mundo mudou


O mundo mudou. “O mundo mudou” porque está sempre mudando. E sempre estará, até que um dia chegue o seu alardeado fim (se é que chegará). Hoje vivemos “protegidos” por muitos cuidados e paparicos, sempre sob a forma de “serviços”, e desde que você tenha dinheiro para usá-los, claro. Carro quebrou na marginal? Relaxe, o guincho da seguradora virá em minutos resgatá-lo. Tem dificuldade de locomoção? Espere, a empresa aérea disporá de uma cadeira de rodas para levá-lo ao terminal. Surgiu uma goteira no seu chalé em plenas férias de verão? Calma, o moço que conserta telhados está correndo para lá agora. Vai ficando para trás um outro mundo — de iniciativas, de gestos solidários, de amizade, de improvisação (sim, “quem não improvisa se inviabiliza”, eu diria, parafraseando Chacrinha).

Estamos criando uma geração que não sabe bater um prego na parede, trocar um botijão de gás, armar uma rede. É, o mundo mudou sim. Só nos resta o telefone do SAC, onde gastaremos nossa bílis com impropérios ao vento; ou o site da loja de eletrodomésticos onde ninguém tem nome (que saudade dos Reginaldos, Edmilsons e Velosos!). Ligaremos para falar com a nossa própria solidão, a nossa dependência do mundo dos serviços e a nossa incapacidade de viver com real simplicidade, soterrados por senhas, protocolos e pendências vãs. Nem Kafka poderia sonhar com tal mundo.

ZECA BALEIRO. Disponível em: www.istoe.com.br. Acesso em: 18 maio 2013 (adaptado).


O texto trata do avanço técnico e das facilidades encontradas pelo homem moderno em relação à prestação de serviços. No desenvolvimento da temática, o autor

Alternativas
Comentários
  • O mundo mudou. “O mundo mudou” porque está sempre mudando. E sempre estará, até que um dia chegue o seu alardeado fim (se é que chegará). Hoje vivemos “protegidos” por muitos cuidados e paparicos, sempre sob a forma de “serviços”, e desde que você tenha dinheiro para usá-los, claro. Carro quebrou na marginal? Relaxe, o guincho da seguradora virá em minutos resgatá-lo. Tem dificuldade de locomoção? Espere, a empresa aérea disporá de uma cadeira de rodas para levá-lo ao terminal. Surgiu uma goteira no seu chalé em plenas férias de verão? Calma, o moço que conserta telhados está correndo para lá agora. Vai ficando para trás um outro mundo — de iniciativas, de gestos solidários, de amizade, de improvisação (sim, “quem não improvisa se inviabiliza”, eu diria, parafraseando Chacrinha).

    Estamos criando uma geração que não sabe bater um prego na parede, trocar um botijão de gás, armar uma rede. É, o mundo mudou sim. Só nos resta o telefone do SAC, onde gastaremos nossa bílis com impropérios ao vento; ou o site da loja de eletrodomésticos onde ninguém tem nome (que saudade dos Reginaldos, Edmilsons e Velosos!). Ligaremos para falar com a nossa própria solidão, a nossa dependência do mundo dos serviços e a nossa incapacidade de viver com real simplicidade, soterrados por senhas, protocolos e pendências vãs. Nem Kafka poderia sonhar com tal mundo.

     

    Realmente, o autor faz duras críticas para as facilidades no mundo moderno (em verde no texto) que tornam as relações afetivas e o improviso muito distantes.. Portanto, a letra B corrobora com o pensamento pesssimista do autor.

     

    Deus abençoe a todos

  • Quase que erro ao pensar que poderia ser a alternativa E, quando esse "mundo moderno" não nos impede de sofrer danos materiais.

  • O texto apresenta uma visão pessimista das facilidades geradas pelos serviços, que por consequência, acarreta no afastamento de relações afetivas e acomodação.


ID
2628898
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

A arte de Luís Otávio Burnier


O movimento natural do corpo segue as leis cotidianas: o menor esforço para o maior efeito. Etienne Decroux inverte a frase e cria o que, para ele, seria uma das mais importantes leis da arte: o maior esforço para o menor efeito. “Se eu pedir a um ator que me expresse alegria, ele me fará assim (fazia uma grande máscara de alegria com o rosto), mas se eu cobrir o seu rosto com um pano ou uma máscara neutra, amarrar seus braços para trás e lhe pedir que me expresse agora a alegria, ele precisará de anos de estudo”, dizia.

CAFIERO, C. Revista do Lume, n. 5, jul. 2003.


No texto, Carlota Cafiero expõe a concepção elaborada por Etienne Decroux, que desafia o ator a estabelecer uma comunicação com o público sem as expressões convencionais, por meio da

Alternativas
Comentários
  • questão estranha

  • Não entendi essa questão.

     

  • “Se eu pedir a um ator que me expresse alegria, ele me fará assim (fazia uma grande máscara de alegria com o rosto), mas se eu cobrir o seu rosto com um pano ou uma máscara neutra, amarrar seus braços para trás e lhe pedir que me expresse agora a alegria, ele precisará de anos de estudo”,

    Em outras palavras, quando se pede para nós ficarmos "alegre" normalmente esboçamos em nosso belissimo rosto um sorriso esbelto... porém, e se colocassem em sua cabeça uma mascará, te amarrassem os braçõs, como você expressaria a sua "alegria" para os outros? Pois seu sorriso não será visto devido a máscara... a única solução é começar a dar um pulinhos e umas reboladas para demonstrar sua alegria!!

    OU SEJA, ATRAVÉS DA MIMICA!

  • Ela quer confundir o leitor dando dupla  interpretaçao !

    "No texto, Carlota Cafiero expõe a concepção elaborada por Etienne Decroux, que desafia o ator a estabelecer uma comunicação com o público sem as expressões convencionais, por meio da"

    esse por meio da... se lermos rapido parece estar se referindo a maneira convencional usada, mas na verdade ela está se referndo à maneira que  Etienne Decroux quer que seja estudada.

    OU seja" por meio da " se refere as expressoes convencionais ou À MANEIRA SEM AS EXPRESSOES?

    RESPOSTA: Se refere á maneira a ser estudada,sem expressoes, através da Mímica.

     

     

  • O desafio proposta no texto é: conseguir expressar alegria, uma vez, amarrado e mascarado. Isso só é possível por meio da mímica corporal. Por exemplo, pular, dançar, etc.

  • Porque uma pessoa amarrada com os braços para trás conseguirá demostrar alguma mímica corporal... aham vlw

  • duplo sentido

  • O PRIMEIRO DESAFIO É ENTENDER O QUE A PERGUNTA ESTÁ PERGUNTANDO, JÁ QUE A MESMA COM COM DUPLO SENTIDO E O ALUNO TEM QUE TER MAIOR ATENÇÃO NO QUE SE QUER, OBJETIVIDADE 0, GRAU DE DIFICULDADE DA QUESTÃO É BAIXO, TODAVIA A PALHAÇADA NA PERGUNTA É O QUE DERRUBA.

  • Fazer mímica amarrado e vendado. OK. Se eu não entendi, significa que a culpa é minha por não usar alucinógenos.

  • É uma questão sobre teatro/expressão corporal.

    A autora do texto está resenhando a performance de um ator - Luís Otávio Burnier -, e, para tal, lança mão da concepção de Etienne Decroux.

    Segundo a ideia dele, para manifestar uma emoção, o ator não deve recorrer às formas tradicionais - como a expressão facial. Para atingir o objetivo, deve fazer uso de estratégias menos sutis (o maior esforço para o menor efeito). Decroux está aludindo ao uso do corpo na expressão - a mímica, a dança etc.

    A alternativa correta, portanto, é a (B).

    Gabarito : (B)

    Nível de Dificuldade : Médio


ID
2628901
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Literatura
Assuntos

Sou um homem comum

brasileiro, maior, casado, reservista,

e não vejo na vida, amigo

nenhum sentido, senão

lutarmos juntos por um mundo melhor.

Poeta fui de rápido destino

Mas a poesia é rara e não comove

nem move o pau de arara.

Quero, por isso, falar com você

de homem para homem,

apoiar-me em você

oferecer-lhe meu braço

que o tempo é pouco

e o latifúndio está aí matando

[...]

Homem comum, igual

a você,

[...]

Mas somos muitos milhões de homens

comuns

e podemos formar uma muralha

com nossos corpos de sonhos e margaridas.

FERREIRA GULLAR. Dentro da noite veloz. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013 (fragmento).


No poema, ocorre uma aproximação entre a realidade social e o fazer poético, frequente no Modernismo. Nessa aproximação, o eu lírico atribui à poesia um caráter de

Alternativas
Comentários
  • Sou um homem comum

    brasileiro, maior, casado, reservista,

    e não vejo na vida, amigo

    nenhum sentido, senão

    lutarmos juntos por um mundo melhor. Letra A

  • Apenas para complementar, observemos o trecho:

    [...] (ele, o autor é:) Homem comum, igual

    a você,[...]

    Mas somos muitos milhões de homens

    comuns

    e podemos formar uma muralha

    com nossos corpos de sonhos e margaridas.

     

    Analisando o trecho acima, juntamente com o "senão, lutarmos juntos por um mundo melhor.", podemos concluir que o autor se refere a ação de massa, no ato de agir buscando melhores resultados em busca de um mundo melhor para se viver. Se você ler umas 3x o poema verá outras pistas que levam a alternativa a.

  • O autor quer, além de demonstrar  uma insatisfação com a ordem instituída,  provocar mudanças, característica do período Modernista. (interpretação, Modernismo)

  • Como assim ordem Instituída?

  • CAPETA

  • ...

    oferecer-lhe meu braço

    que o tempo é pouco

    e o latifúndio está aí matando.. 

    Alternativa A , o autor instiga a ideia de coesão social .... Em poucas palavras " a união faz a força"...

     

  • Ordem instituída creio que se refere ao estado, as coisas que são impostas a nós.

  • essa questao o gabarito tinha que ser letra "C"

  • É a letra A ,porque no texto a parte Sou um homem comum

    brasileiro, maior, casado, reservista,

    e não vejo na vida, amigo

    nenhum sentido, senão

    lutarmos juntos por um mundo melhor.

    se refere a lutar para um mundo melhor ou seja agregação construtiva e poder de intervenção na ordem instituída

  • Alternativa A. Justamente, a poesia foi utilizada para convocar os homens a unirem forças em prol de uma ordem social equilibrada .
  • agregação=aproximação

  • Essas questões que tem "FAZER POÉTICO" só jesus na causa!!

  • Não tem coisa mais chata do que modernismo.

  • A letra C, em parte, está correta também

    porém

    Linguisticamente, sonhos e utopias são excludentes

    Pegadinha da banca para enganar quem não consegue distinguir a aplicação dessas duas palavras

  • Projeto Enem com correção de Redação

    ✅ Notas de acordo com cada competência .

    ✅ Detalhamento do que pode ser melhorado em cada parágrafo .

    ✅ Dicas sobre o que deve estudar.

    Pacotes:

    1 redação: R$8,00

    2 redações: R$10,00

    Whatsapp para contato

    21985748011

    Professora Ana Paula

  • Conhecendo um pouco do autor dava para responder a questão. Ferreira Gullar foi perseguido durante a ditadura militar e foi exilado, durante esse período escreveu obras denunciando a ordem instituída, que no caso era a ditadura, a opressão, censura etc.

  • Morra, quem criou a literatura.

  • Fiquei na dúvida entre a A e a E mas não consegui encontrar nada no texto que pudesse correlacionar com "intervenção na ordem instituída" que é mencionada na alternativa A...


ID
2628904
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

“Orgulho de ser nordestino”: esse é o lema de uma das torcidas organizadas do Ceará — a Cangaceiros Alvinegros — que retrata bem qual o sentimento dos torcedores desse clube, um dos mais expressivos do Nordeste. Há entre os torcedores aqueles que torcem apenas para o Ceará e aqueles que torcem por um time do Sudeste também. Estes são denominados de “torcedores mistos”, e estamos definindo aqui como pertencentes ao campo da bifiliação clubística.

Em geral, a bifiliação clubística permite que torcedores se engajem aos times do Rio de Janeiro, por exemplo, sobretudo pela histórica projeção política e posteriormente midiática da então capital do Brasil. Contudo, no interior da Cangaceiros Alvinegros, sustenta-se a autoafirmação como nordestinos, rechaçando aqueles que deixam de torcer pelo time local para se apegarem aos clubes mais distantes. Ao serem questionados sobre como encaravam a bifiliação, um dos diretores da Cangaceiros foi enfático ao afirmar: “Você já viu algum paulista ou carioca torcer pra time do Nordeste? Então por que eu vou torcer pra time do Sul?”.

CAMPOS, F; TOLEDO, L. H. O Brasil na arquibancada: notas sobre a sociabilidade torcedora. Revista USP, n. 99, set.-out.-nov. 2013 (adaptado).


O texto apresenta duas práticas distintas de filiação aos clubes de futebol. Nesse contexto, o significado expressado pelo lema “Orgulho de ser nordestino” representa o(a)

Alternativas
Comentários
  • Contudo, no interior da Cangaceiros Alvinegros, sustenta-se a autoafirmação como nordestinos, rechaçando aqueles que deixam de torcer pelo time local para se apegarem aos clubes mais distantes. Letra E

  • A letra D é exatmente o que muitos professores falam sobre erros de interpretação no caso a extrapolação.

    Pelo meu conhecimento de mundo, fiquei em dúvida sobre essa opção e tive que reler o texto, chegando a conclusão que, no texto, não tem nada se referindo a esse assunto específico.

  • "O orgulho de ser nordestino" está relacionado a resistência ao chamado bifiliação clubística, uma vez que, o texto declara: "Ao serem questionados sobre como encaravam a bifiliação, um dos diretores da Cangaceiros foi enfático ao afirmar: “Você já viu algum paulista ou carioca torcer pra time do Nordeste? Então por que eu vou torcer pra time do Sul?”."

  • O lema "O orgulho de ser nordestino" se refere a UMA DAS torcidas do ceará e NÃO a "torcedores dos clubes nordestinos", com diz a alternativa E.

     

    Extrapolação total!!!

  • O texto deixa bem claro que EXISTEM torcedores com bifiliação no Nordeste. Logo a letra E é inválida por afirmar que existe um resistência generalizada de torcedores nordestinos a bifiliação. Além do mais, o texto é claro ao afirmar que a frase "orgulho de ser nordestino" é o lema das torcidas do Ceará, portanto, isso não implica necessariamente que todos os demais torcedores apoiem esse lema. Além do mais, do ademais, do além disso, a letra C está totalmente correta e condiz totalmente com o texto. É impossível invalidar a letra C, quem conseguir vai ganhar um Nobel.

  • Enquanto torcedor do Esporte Clube Vitória, sei bem do que o texto trata.

    Gabarito : (E)

    Nível de Dificuldade : Médio

  • Art. 3 § 1   É vedado aos agentes públicos:

    I - admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo, inclusive nos casos de sociedades cooperativas, e estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou domicílio dos licitantes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico objeto do contrato, ressalvado o disposto nos §§ 5  a 12 deste artigo e no  art. 3 da Lei n 8.248, de 23 de outubro de 1991 ;   

  • Art. 3 § 1   É vedado aos agentes públicos:

    I - admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo, inclusive nos casos de sociedades cooperativas, e estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou domicílio dos licitantes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico objeto do contrato, ressalvado o disposto nos §§ 5  a 12 deste artigo e no  art. 3 da Lei n 8.248, de 23 de outubro de 1991 ;   

  • Art. 3 § 1   É vedado aos agentes públicos:

    I - admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo, inclusive nos casos de sociedades cooperativas, e estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou domicílio dos licitantes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico objeto do contrato, ressalvado o disposto nos §§ 5  a 12 deste artigo e no  art. 3 da Lei n 8.248, de 23 de outubro de 1991 ;   

  • Art. 3 § 1   É vedado aos agentes públicos:

    I - admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o seu caráter competitivo, inclusive nos casos de sociedades cooperativas, e estabeleçam preferências ou distinções em razão da naturalidade, da sede ou domicílio dos licitantes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou irrelevante para o específico objeto do contrato, ressalvado o disposto nos §§ 5  a 12 deste artigo e no  art. 3 da Lei n 8.248, de 23 de outubro de 1991 ;   

  • Não há como invalidar a letra C.

  • a) Os "Cangaceiros alvinegros" se opoem à bifiliação clubística

    b) Na verdade, os "Cangaceiros alvinegros" representam a desunião entre Nordeste e Sudeste.

    c) O orgulho é mais voltado à rivalidade contra os times do Sudeste.

    d) Em nenhum momento o texto fala que existe envaidecimento por enfrentar clubes do Sudeste em condições de igualdade

    e) Correto.


ID
2628907
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O exercício da crônica


Escrever prosa é uma arte ingrata. Eu digo prosa fiada, como faz um cronista; não a prosa de um ficcionista, na qual este é levado meio a tapas pelas personagens e situações que, azar dele, criou porque quis. Com um prosador do cotidiano, a coisa fia mais fino. Senta-se diante de sua máquina, acende um cigarro, olha através da janela e busca fundo em sua imaginação um fato qualquer, de preferência colhido no noticiário matutino, ou da véspera, em que, com as suas artimanhas peculiares, possa injetar um sangue novo.

MORAES, V. Para viver um grande amor: crônicas e poemas. São Paulo: Cia. das Letras, 1991.


Nesse trecho, Vinicius de Moraes exercita a crônica para pensá-la como gênero e prática. Do ponto de vista dele, cabe ao cronista

Alternativas
Comentários
  •  Senta-se diante de sua máquina, acende um cigarro, olha através da janela e busca fundo em sua imaginação um fato qualquer, de preferência colhido no noticiário matutino, ou da véspera, em que, com as suas artimanhas peculiares, possa injetar um sangue novo. Letra E

  • A ideia apresentada por Vinicius de Moraes é dar um novo significado do cotidiano pela escrita, no caso, pelo gênero crônica. Além disso, buscar tais inspirações no meio que vive, como por exemplo, o noticiário.

     

    "Senta-se diante de sua máquina, acende um cigarro, olha através da janela e busca fundo em sua imaginação um fato qualquer, de preferência colhido no noticiário matutino, ou da véspera, em que, com as suas artimanhas peculiares, possa injetar um sangue novo. "

  • Para responder a questão,basta saber a funçao de alguns tipos de textos como as crônicas,nas quais temos o retrato do cotidiano.O mesmo não precisa ser fiel,procurar semelhanças com o mundo real à todo custo,até porque a linguagem do escritos já torna o texto subjetivo quando passa a sensações do personagens.

     

    R=Letra "E"

  • "(...) injetar um sangue novo."

    Gabarito : (E)

    Nível de Dificuldade : Fácil


ID
2628913
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Entrei numa lida muito dificultosa. Martírio sem fim o de não entender nadinha do que vinha nos livros e do que o mestre Frederico falava. Estranheza colosso me cegava e me punha tonto. Acho bem que foi desse tempo o mal que me acompanha até hoje de ser recanteado e meio mocorongo. Com os meus, em casa, conversava por trinta, tinha ladineza e entendimento. Na rua e na escola — nada; era completamente afrásico. As pessoas eram bichos do outro mundo que temperavam um palavreado grego de tudo.

Já sabia ajuntar as sílabas e ler por cima toda coisa, mas descrencei e perdi a influência de ir à escola, porque diante dos escritos que o mestre me passava e das lições marcadas nos livros, fiquei sendo um quarta-feira de marca maior. Alívio bom era quando chegava em casa.

BERNARDES, C. Rememórias dois. Goiânia: Leal, 1969.


O narrador relata suas experiências na primeira escola que frequentou e utiliza construções linguísticas próprias de determinada região, constatadas pelo

Alternativas
Comentários
  • Descrencei: ou seja, perdi o interesse
    Ladineza: astuto, esperto. 
    ...

    Lida: trabalhar ou lutar. 

    Recanteado: esconderijo, temperamento introvertido. 

    Mocorongo: mulato quase escuro da região da serra. 

    Afrásico: afrasia - impossibilidade de falar ou de compreender. 
     

  • O x da questão era analisar as palavras que não são comuns no Brasil em geral, e sim, portanto, em alguma região específica. Por exemplo, ladineza, descrencei, mocorongo, etc.

     

    Pelo menos eu, nunca ouvi.

  • Olhem a bibliografia,pode ajudar muito a resolver a questão pois tem chance de conhecer o autor,note que foi publicada à partir de Goiânia,é parte do dialeto goiano.

  • MAIS QUE CAPETA

  • Nunca tinha ouvido "ladineza e descrencei", Só podem ser palavras de alguma região.

  • Sou goiano e nunca ouvi ladineza, já descrencei sim

  • Alternativa E não pode ser regionalismo ? Estranho ....

  • Poderia ser a letra E também.


ID
2628916
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Tenho visto criaturas que trabalham demais e não progridem. Conheço indivíduos preguiçosos que têm faro: quando a ocasião chega, desenroscam-se, abrem a boca e engolem tudo.

Eu não sou preguiçoso. Fui feliz nas primeiras tentativas e obriguei a fortuna a ser-me favorável nas seguintes.

Depois da morte do Mendonça, derrubei a cerca, naturalmente, e levei-a para além do ponto em que estava no tempo de Salustiano Padilha. Houve reclamações.

— Minhas senhoras, Seu Mendonça pintou o diabo enquanto viveu. Mas agora é isto. E quem não gostar, paciência, vá à justiça.

Como a justiça era cara, não foram à justiça. E eu, o caminho aplainado, invadi a terra do Fidélis, paralítico de um braço, e a dos Gama, que pandegavam no Recife, estudando direito. Respeitei o engenho do Dr. Magalhães, juiz.

Violências miúdas passaram despercebidas. As questões mais sérias foram ganhas no foro, graças às chicanas de João Nogueira.

Efetuei transações arriscadas, endividei-me, importei maquinismos e não prestei atenção aos que me censuravam por querer abarcar o mundo com as pernas. Iniciei a pomicultura e a avicultura. Para levar os meus produtos ao mercado, comecei uma estrada de rodagem. Azevedo Gondim compôs sobre ela dois artigos, chamou-me patriota, citou Ford e Delmiro Gouveia. Costa Brito também publicou uma nota na Gazeta, elogiando-me e elogiando o chefe político local. Em consequência mordeu-me cem mil réis.

RAMOS, G. São Bernardo. Rio de Janeiro: Record, 1990.


O trecho, de São Bernardo, apresenta um relato de Paulo Honório, narrador-personagem, sobre a expansão de suas terras. De acordo com esse relato, o processo de prosperidade que o beneficiou evidencia que ele

Alternativas
Comentários
  • Depois da morte do Mendonça, derrubei a cerca, naturalmente, e levei-a para além do ponto em que estava no tempo de Salustiano Padilha. Houve reclamações.

    Como a justiça era cara, não foram à justiça. E eu, o caminho aplainado (superado), invadi a terra do Fidélis (...)

     Efetuei transações arriscadas, endividei-me, importei maquinismos e não prestei atenção aos que me censuravam por querer abarcar o mundo com as pernas. Iniciei a pomicultura e a avicultura.

    Letra A

  • certamente quem elaborou essa questao foi um marxista que na forma de contentamento por nunca ver seu regime economico em voga pasa a criticar superficialmente o sistema economico que mais perdura sobre a historia humana

    no caso , a resposta , cliche do enem , e A

  • Já faz dois anos que eu li este livro. Realmente um homem de "visão" que abarca as oportunidades que aparecem, mesmo que para isso pise em seus vizinhos mais fracos... tirando questões moralistas, o trecho simplifica um situação de capitalista que cresce a qualquer custo.

    Amei a frase "Tenho visto criaturas que trabalham demais e não progridem. Conheço indivíduos preguiçosos que têm faro: quando a ocasião chega, desenroscam-se, abrem a boca e engolem tudo." 

  • Segredo para passar no ENEM:

     

    - Torne-se um pseudointelectual comunista durante a prova e garanta sua vaga.

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKK, nem disfarça mais....

  • Depois da morte do Mendonça, derrubei a cerca, naturalmente, e levei-a para além do ponto em que estava no tempo de Salustiano Padilha. Houve reclamações.

    — Minhas senhoras, Seu Mendonça pintou o diabo enquanto viveu. Mas agora é isto. E quem não gostar, paciência, vá à justiça.

    Como a justiça era cara, não foram à justiça. E eu, o caminho aplainado, invadi a terra do Fidélis, paralítico de um braço, e a dos Gama, que pandegavam no Recife, estudando direito. Respeitei o engenho do Dr. Magalhães, juiz.

    Violências miúdas passaram despercebidas. As questões mais sérias foram ganhas no foro, graças às chicanas de João Nogueira.

  • A que ponto chegamos: condenar como moralmente desumana a grilagem de terras virou coisa de "pseudointelectual comunista".

    Mas nem me surpreende: são essas mesmas pessoas que posam como cidadãos "de bem" e defensores da família e da religião.

    Queria muito saber o que os liberais clássicos, como o Adam Smith, achariam dessa geração aí...


ID
2628919
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Os esportes podem ser classificados levando em consideração critérios como a quantidade de competidores e a interação com o adversário. Os chamados Esportes individuais em interação com o oponente são aqueles em que os atletas se enfrentam diretamente, tentando alcançar os objetivos do jogo e evitando, concomitantemente, que o adversário o faça, porém sem a colaboração de um companheiro de equipe. Os Esportes coletivos em interação com o oponente são aqueles nos quais os atletas, colaborando com seus companheiros de equipe, de forma combinada, enfrentam-se diretamente com a equipe adversária, tentando atingir os objetivos do jogo, evitando, ao mesmo tempo, que os adversários o façam.

GONZALEZ, R J. Sistema de classificação de esportes com base nos critérios: cooperação, interação com o adversário, ambiente, desempenho comparado e objetivos táticos da ação. EFDeportes, n. 71, abr. 2004.


São exemplos de “esportes individuais em interação com o oponente” e “esportes coletivos em interação com o oponente”, respectivamente,

Alternativas
Comentários
  • Pois teremos que apreder muito ainda pela frente, cada dia que  passa temos que ir buscando mais ainda em aprender......... A resposta é a letra (A)

  • eu só acho que também poderia ser a letra E o que vcs acham?
  • Não acredito que seja a letra E, Alexandre, pois no meu ponto de vista, salto em distância não se enquadra em “esportes individuais em interação com o oponente”, tendo em vista, a falta do confronto direto entre os participantes, como ocorre no judô.

  • Lembre-se que não basta ser um esporte individual,é necessário ter um oponente para competir diretamente com o jogador enquanto o mesmo participa,como tênis ou xadrez,é necessário jogar contra alguém.Partindo desse princípio,os únicos estão na primeira alternativa.

     

    R:Letra "A"

     

    -É impressão minha ou é uma questão de educação física?

  • esta sem duvida é uma questão de Educação física.

  • Essa questão deveria ser classificada como Educação Física.

  • Com certeza letra A


ID
2628922
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

— Recusei a mão de minha filha, porque o senhor é... filho de uma escrava.

— Eu?

— O senhor é um homem de cor!... Infelizmente esta é a verdade...

Raimundo tornou-se lívido. Manoel prosseguiu, no fim de um silêncio:

— Já vê o amigo que não é por mim que lhe recusei Ana Rosa, mas é por tudo! A família de minha mulher sempre foi muito escrupulosa a esse respeito, e como ela é toda a sociedade do Maranhão! Concordo que seja uma asneira; concordo que seja um prejuízo tolo! O senhor porém não imagina o que é por cá a prevenção contra os mulatos!... Nunca me perdoariam um tal casamento; além do que, para realizá-lo, teria que quebrar a promessa que fiz a minha sogra, de não dar a neta senão a um branco de lei, português ou descendente direto de portugueses!

AZEVEDO, A. O mulato. São Paulo: Escala, 2008.


Influenciada pelo ideário cientificista do Naturalismo, a obra destaca o modo como o mulato era visto pela sociedade de fins do século XIX. Nesse trecho, Manoel traduz uma concepção em que a

Alternativas
Comentários
  • Já vê o amigo que não é por mim que lhe recusei Ana Rosa, mas é por tudo! A família de minha mulher sempre foi muito escrupulosa a esse respeito, e como ela é toda a sociedade do Maranhão! Letra A.

  • Não pode ser a letra E, pois não se trata de união de mestiços, e sim de uma branca com um negro. Letra A retrata bem a desqualificação do rapaz em pedir a mão da mulher, por conta de sua cor.

  • "O senhor é um homem de cor"
  •  "além do que, para realizá-lo, teria que quebrar a promessa que fiz a minha sogra, de não dar a neta senão a um branco de lei, português ou descendente direto de portugueses!"

  • Muita gente marcou a E, sendo que na E diz que é uma união entre mestiços, ou seja, não pode ser pois o texto diz o contrário. É a união de uma mulher branca com um negro, algo inadmissível no contexto da época.

  • Segunda metade do século XIX é a época de Cesare Lombroso, Francis Galton e tantos outros eugenistas, que defendiam a "pureza" das "raças", a partir de concepções pseudocientíficas. Tal mentalidade se refletia, obviamente, nos costumes da sociedade, como se pode perceber na atitude do Manoel aí do texto.

    Gabarito : (A)


ID
2628925
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O jornal vai morrer. É a ameaça mais constante dos especialistas. E essa nem é uma profecia nova. Há anos a frase é repetida. Experiências são feitas para atrair leitores na era da comunicação nervosa, rápida, multicolorida, performática. Mas o que é o jornal? Onde mora seu encanto?

O que é sedutor no jornal é ser ele mesmo e nenhum outro formato de comunicação de ideias, histórias, imagens e notícias. No tempo das muitas mídias, o que precisa ser entendido é que cada um tem um espaço, um jeito, uma personalidade.

Quando surge uma nova mídia, há sempre os que a apresentam como tendência irreversível, modeladora do futuro inevitável e fatal. Depois se descobre que nada é substituído e o novo se agrega ao mesmo conjunto de seres através dos quais nos comunicamos.

Os jornais vão acabar, garantem os especialistas. E, por isso, dizem que é preciso fazer jornal parecer com as outras formas da comunicação mais rápida, eletrônica, digital. Assim, eles morrerão mais rapidamente. Jornal tem seu jeito. É imagem, palavra, informação, ideia, opinião, humor, debate, de uma forma só dele.

Nesse tempo tão mutante em que se tuíta para milhares, que retuítam para outros milhares o que foi postado nos blogs, o que está nos sites dos veículos on-line, que chance tem um jornal de papel que traz uma notícia estática, uma foto parada, um infográfico fixo?

Terá mais chance se continuar sendo jornal.

LEITÃO, M. Jornal de papel. O Tempo, n. 5 684, 8 jul. 2012 (adaptado).


Muito se fala sobre o impacto causado pelas tecnologias da comunicação e da informação nas diferentes mídias. A partir da análise do texto, conclui-se que essas tecnologias

Alternativas
Comentários
  • "Depois se descobre que nada é substituído e o novo se agrega ao mesmo conjunto de seres através dos quais nos comunicamos."

  • Tem que ter muito cuidado nessa questão. Se você ler sem pegar a essência do texto vai acabar marcando alternativa que traz o fato da tecnologia ter substituído o jornal. Ele mostra os riscos para o jornal, mas a ideia, como Die Or Kill destacou, é de que existe uma coexistência de variados métodos de comunicação e informação.

    Letra E

  • Não concordo muito com o gabarito dessa questão... a alternativa considerada correta diz que as novas tecnologias CONTRIBUEM para a coexistência de diversos modos de produção... Ao ler o texto, não compreendi que essas tecnologias CONTRIBUEM, mas apenas não interferem nas antigas formas, já que cada uma tem o seu espaço.

    "O que precisa ser entendido é que cada um tem um espaço, um jeito, uma personalidade."

    Se alguém puder me ajudar... Obrigada!!


ID
2628931
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O último refúgio da língua geral no Brasil


No coração da Floresta Amazônica é falada uma língua que participou intensamente da história da maior região do Brasil. Trata-se da língua geral, também conhecida como nheengatu ou tupi moderno. A língua geral foi ali mais falada que o próprio português, inclusive por não índios, até o ano de 1877. Alguns fatores contribuíram para o desaparecimento dessa língua de grande parte da Amazônia, como perseguições oficiais no século XVIII e a chegada maciça de falantes de português durante o ciclo da borracha, no século XIX. Língua-testemunho de um passado em que a Amazônia brasileira alargava seus territórios, a língua geral hoje é falada por mais de 6 mil pessoas, num território que se estende pelo Brasil, Venezuela e Colômbia. Em 2002, o município de São Gabriel da Cachoeira ficou conhecido por ter oficializado as três línguas indígenas mais usadas ali: o nheengatu, o baníua e o tucano. Foi a primeira vez que outras línguas, além do português, ascendiam à condição de línguas oficiais no Brasil. Embora a oficialização dessas línguas não tenha obtido todos os resultados esperados, redundou no ensino de nheengatu nas escolas municipais daquele município e em muitas escolas estaduais nele situadas. É fundamental que essa língua de tradição eminentemente oral tenha agora sua gramática estudada e que textos de diversas naturezas sejam escritos, justamente para enfrentar os novos tempos que chegaram.

NAVARRO, E. Estudos Avançados, n. 26, 2012 (adaptado).


O esforço de preservação do nheengatu, uma língua que sofre com o risco de extinção, significa o reconhecimento de que

Alternativas
Comentários
  • "No coração da Floresta Amazônica é falada uma língua que participou intensamente da história da maior região do Brasil. Trata-se da língua geral, também conhecida como nheengatu ou tupi moderno."


ID
2628934
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

É dia de festa na roça. Fogueira posicionada, caipiras arrumados, barraquinhas com quitutes suculentos e bandeirinhas de todas as cores enfeitando o salão. Mas o ponto mais esperado de toda a festa é sempre a quadrilha, embalada por música típica e linguajar próprio. Anarriê, alavantú, balancê de damas e tantos outros termos agitados pelo puxador da quadrilha deixam a festa de São João, comemorada em todo o Brasil, ainda mais completa.

Embora os festejos juninos sejam uma herança da colonização portuguesa no Brasil, grande parte das tradições da quadrilha tem origem francesa. E muita gente dança sem saber.

As influências estrangeiras são muitas nas festas dos três santos do mês de junho (Santo Antônio, no dia 13, e São Pedro, no dia 29, completam o grupo). O “changê de damas” nada mais é do que a troca de damas na dança, do francês “changer”. O “alavantú”, quando os casais se aproximam e se cumprimentam, também é francês, e vem de “en avant tous”. Assim também acontece com o “balancê”, que também vem de bailar em francês.

SOARES, L. Disponível em: http://gazetaonline.globo.com. Acesso em: 30 jun. 2015 (adaptado).


Ao discorrer sobre a festa de São João e a quadrilha como manifestações da cultura corporal, o texto privilegia a descrição de

Alternativas
Comentários
  • "Mas o ponto mais esperado de toda a festa é sempre a quadrilha, embalada por música típica e linguajar próprio."

    " E muita gente dança sem saber."

    "O “changê de damas” nada mais é do que a troca de damas na dança,..."

    " Assim também acontece com o “balancê”, que também vem de bailar em francês."

     

  • Enem eu sou top amo linguagens rsrs

ID
2628937
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O comportamento do público, em geral, parece indicar o seguinte: o texto da peça de teatro não basta em si mesmo, não é uma obra de arte completa, pois ele só se realiza plenamente quando levado ao palco. Para quem pensa assim, ler um texto dramático equivale a comer a massa do bolo antes de ele ir para o forno. Mas ele só fica pronto mesmo depois que os atores deram vida àquelas emoções; que cenógrafos compuseram os espaços, refletindo externamente os conflitos internos dos envolvidos; que os figurinistas vestiram os corpos sofredores em movimento.

LACERDA, R. Leitores. Metáfora, n. 7, abr. 2012.


Em um texto argumentativo, podem-se encontrar diferentes estratégias para guiar o leitor por um raciocínio e chegar a determinada conclusão. Para defender sua ideia a favor da incompletude do texto dramático fora do palco, o autor usa como estratégia argumentativa a

Alternativas
Comentários
  • Letra B. Para quem pensa assim, ler um texto dramático equivale a comer a massa do bolo antes de ele ir para o forno. Mas ele só fica pronto mesmo depois que os atores deram vida àquelas emoções;( equivale a = analogo a )

  • há, predominantemente, uma compração entre o fazer do bolo e a peça teatral. log, a alternativa que mais se encaixa na resposta é

     b) analogia

  • "Para quem pensa assim, ler um texto dramático equivale a comer a massa do bolo antes de ele ir para o forno."

  • Não consegui compreende porque quase ninguém ficou em dúvida com a E, pois logo após fazer a analogia ele começa a enumerar ''ingredientes'' dessa encenação. Alguém poderia me esclarecer isso??

  • Caio,

    Há enumeração também, mas o elemento predominante é a analogia (ou a metáfora) entre a atividade teatral e a massa de bolo.

    Nesses casos, marque a alternativa mais óbvia; se o elaborador inventar um gabarito maluco, todo mundo vai se lascar, não somente você, e a questão acaba perdendo valor no TRI. Por outro lado, se você "inventar" gabarito e errar, geral vai acertar e sua pontuação cai muito.

    O mais "óbvio", nesta questão, é a analogia. A comparação tá aí no texto, explícita.


ID
2628943
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Acho que educar é como catar piolho na cabeça de criança.

É preciso ter confiança, perseverança e um certo despojamento.

É preciso, também, conquistar a confiança de quem se quer educar, para fazê-lo deitar no colo e ouvir histórias.

MUNDURUKU, D. Disponível em: http://caravanamekukradja.blogspot.com.br. Acesso em: 5 dez. 2012.


Concorrem para a estruturação e para a progressão das ideias no texto os seguintes recursos:

Alternativas
Comentários
  • Educar é como catar piolho ...( comparação )

    É preciso ter confiança, perseverança e um certo despojamento ( enumeração ).


ID
2628946
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Chamou-me o bragantino e levou-me pelos corredores e pátios até ao hospício propriamente. Aí é que percebi que ficava e onde, na seção, na de indigentes, aquela em que a imagem do que a Desgraça pode sobre a vida dos homens é mais formidável. O mobiliário, o vestuário das camas, as camas, tudo é de uma pobreza sem par. Sem fazer monopólio, os loucos são da proveniência mais diversa, originando-se em geral das camadas mais pobres da nossa gente pobre. São de imigrantes italianos, portugueses e outros mais exóticos, são os negros roceiros, que teimam em dormir pelos desvãos das janelas sobre uma esteira esmolambada e uma manta sórdida; são copeiros, cocheiros, moços de cavalariça, trabalhadores braçais. No meio disto, muitos com educação, mas que a falta de recursos e proteção atira naquela geena social.

BARRETO, L. Diário do hospício e O cemitério dos vivos. São Paulo: Cosac& Naify, 2010.


No relato de sua experiência no sanatório onde foi interno, Lima Barreto expõe uma realidade social e humana marcada pela exclusão. Em seu testemunho, essa reclusão demarca uma

Alternativas
Comentários
  • Em analise ao autor Lima Barreto, é um autor do pre-modernismo , em que suas obras denuncia e  revela as verdades dos suburbios carioca. No texto em analise, percebe-se que ele faz uma descrição de como era o lugar e faz uma critica de la!

  • Geena. S.f. 1. O inferno. 2. P.ext. Lugar de suplícios, pelo fogo e pelos vermes.

    Gabarito : (E)

  • essa alternativa pra mim não faz sentido nenhum...


ID
2628949
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

A tecnologia está, definitivamente, presente na vida cotidiana. Seja para consultar informações, conversar com amigos e familiares ou apenas entreter, a internet e os celulares não saem das mãos e mentes das pessoas. Por esse motivo, especialistas alertam: o uso excessivo dessas ferramentas pode viciar. O problema, dizem os especialistas, é o usuário conseguir diferenciar a dependência do uso considerado normal. Hoje, a internet e os celulares são ferramentas profissionais e de estudo.

MATSUURA, S. O Globo, 10 jun. 2013 (adaptado).


O desenvolvimento da sociedade está relacionado ao avanço das tecnologias, que estabelecem novos padrões de comportamento. De acordo com o texto, o alerta dos especialistas deve-se à

Alternativas
Comentários
  • Não pode ser a letra E, pois o texto não trata do isolamento que as tecnologias podem causar, tampouco cita.

  • Fiquei em dúvida entre a D e a E, porém, não se cita nada sobre o isolamento social ou problemas sociais que a tecnologia gera, apenas diz que pode viciar. Ou seja; prejudicar a vida com o vício.

     

    Gabarito > D

  • A tecnologia está, definitivamente, presente na vida cotidiana. Seja para consultar informações, conversar com amigos e familiares ou apenas entreter, a internet e os celulares não saem das mãos e mentes das pessoas. Por esse motivo, especialistas alertam: o uso excessivo dessas ferramentas pode viciar. O problema, dizem os especialistas, é o usuário conseguir diferenciar a dependência do uso considerado normal. Hoje, a internet e os celulares são ferramentas profissionais e de estudo.

    Os especialistas alertam que as pessoas se viciam nos recursos oferecidos pelas novas tecnologias (porque podem ser usados para trabalhar, estudar, entreter-se, tudo), subordinando-se a eles e prejudicando suas vidas (afinal, todo vício é prejudicial).

  • Isolamento social é, de fato, um dos efeitos indesejáveis do uso excessivo de ferramentas virtuais. No entanto, o texto não toca no assunto.

    É uma extrapolação.

    Gabarito: (D)

    Nível de Dificuldade : Fácil


ID
2628952
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Doutor dos sentimentos


Veja quem é e o que pensa o português António Damásio, um dos maiores nomes da neurociência atual, sempre em busca de desvendar os mistérios do cérebro, das emoções e da consciência

Ele é baixo, usa óculos, tem cabelos brancos penteados para trás e costuma vestir terno e gravata. A surpresa vem quando começa a falar. António Damásio não confirma em nada o clichê que se tem de cientista. Preocupado em ser o mais didático possível, tenta, pacientemente, com certa graça e até ironia, sempre que cabível, traduzir para os leigos estudos complexos sobre o cérebro. Português, Damásio é um dos principais expoentes da neurociência atual.

Diferentemente de outros neurocientistas, que acham que apenas a ciência tem respostas à compreensão da mente, Damásio considera que muitas ideias não provêm necessariamente daí. Para ele, um substrato imprescindível para entender a mente, a consciência, os sentimentos e as emoções advém da vida intuitiva, artística e intelectual. Fora dos meios científicos, o nome de Damásio começou a ser celebrado na década de 1990, quando lançou seu primeiro livro, uma obra que fala de emoção, razão e do cérebro humano.

TREFAUT, M. P Disponível em: http://revistaplaneta.terra.com.br. Acesso em: 2 set. 2014 (adaptado).


Na organização do texto, a sequência que atende à função sociocomunicativa de apresentar objetivamente o cientista António Damásio é a

Alternativas
Comentários
  • Na organização do texto, a sequência que atende à função sociocomunicativa de apresentar objetivamente o cientista António Damásio é a:

  • Veja quem é e o que pensa o português António Damásio, um dos maiores nomes da neurociência atual, sempre em busca de desvendar os mistérios do cérebro, das emoções e da consciência

     

    Individuo está sendo descrito, portanto, não é criticado por nenhuma opinião e nem contam histórias de sua vida.

  • Vale lembrar que os textos podem ter duas ou mais funções sociocomunicativas mescladas (raro, mas acontece).

    Nesse caso, apesar da predominância descritiva, temos indícios argumentativos também, só ler com calma para observar

    Porém

    a alternativa sobre argumentação está com uma justificativa sem nexo com o texto, eliminando a chance de estar correta

  • "baixo"

    "brancos"

    "preocupado"

    "com certa graça"

    etc.

    → termos qualificadores que indicam o tipo textual descritivo.

    Gabarito : (A)

    Nível de Dificuldade: Fácil

  • Todo ano o ENEM tem ao menos uma questão desse tipo.


ID
2628955
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Pra onde vai essa estrada?


— Sô Augusto, pra onde vai essa estrada?

O senhor Augusto:

— Eu moro aqui há 30 anos, ela nunca foi pra parte nenhuma, não.

— Sô Augusto, eu estou dizendo se a gente for andando aonde a gente vai?

O senhor Augusto:

— Vai sair até nas Oropas, se o mar der vau.

Vocabulário

Vau: Lugar do rio ou outra porção de água onde esta é pouco funda e, por isso, pode ser transposta a pé ou a cavalo.

MAGALHÃES, L. L. A.; MACHADO, R. H. A. (Org.). Perdizes, suas histórias, sua gente, seu folclore. Perdizes: Prefeitura Municipal, 2005.


As anedotas são narrativas, reais ou inventadas, estruturadas com a finalidade de provocar o riso. O recurso expressivo que configura esse texto como uma anedota é o(a)

Alternativas
Comentários
  • Letra C.

    Me corrigam se eu estiver errado.

    É uma ambiguidade, quando falamos algo em um determinado sentido, mas a pessoa entende o que falamos com um sentido completamente diferente.

  • O uso da ambiguidade é característica marcante das anedotas, isto é, palavras que recebem duplo sentido em um contexto.

  • Questão parecidíssima no ENEM PPL de 2012:

    https://www.qconcursos.com/questoes-do-enem/questoes/197b2809-4d

  • Vocês que erraram não têm senso de humor não é

  • É uma piada...beleza

    Ambiguidade faz parte de piada...beleza

    Mas..

    Parece que o verbo IR, na letra C, confundiu geral a galera, eu também

    Se alguém conseguir explicar, por gentileza

    • Ambiguidade= significa coisas diferentes
    • O intuito da pergunta do menino " onde vai essa estrada?" Era saber se dava a lugar, o que tinha se seguisse ela, onde que o levaria
    • Mas o Sô augusto fez uma piada e interpretou com um significado diferente, uma ambiguidade, dizendo que a estrada não foi a lugar nenhum, que a estrada não saí dali

ID
2628961
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

      Este mês, a reportagem de capa veio do meu umbigo. Ou melhor, veio de um mal-estar que comecei a sentir na barriga. Sou meio italiano, pizzaiolo dos bons, herdei de minha avó uma daquelas velhas máquinas de macarrão a manivela. Cresci à base de farinha de trigo. Aí, do nada, comecei a ter alergias respiratórias que também pareciam estar ligadas à minha dieta. Comecei a peregrinar por médicos. Os exames diziam que não tinha nada errado comigo. Mas eu sentia, pô. Encontrei a resposta numa nutricionista: eu tinha intolerância a glúten e a lactose. Arrivederci, pizza. Tchau, cervejinha.

      Notei também que as prateleiras dos mercados de repente ficaram cheias de produtos que pareciam ser feitos para mim: leite, queijo e iogurte sem lactose, bolo, biscoito e macarrão sem glúten. E o mais incrível é que esse setor do mercado parece ser o que está mais cheio de gente. E não é só no Brasil. Parece ser em todo Ocidente industrializado. Inclusive na Itália.

      O tal glúten está na boca do povo, mas não está fácil entender a real. De um lado, a imprensa popular faz um escarcéu, sem no entanto explicar o tema a fundo. De outro, muitos médicos ficam na defensiva, insinuando que isso tudo não passa de modismo, sem fundamento científico. Mas eu sei muito bem que não é só modismo — eu sinto na barriga.

      O tema é um vespeiro — e por isso julgamos que era hora de meter a colher, para separar o joio do trigo e dar respostas confiáveis às dúvidas que todo mundo tem.

BURGIERMAN, D. R. Tem algo grande aí. Superinteressante, n. 335, jul. 2014 (adaptado).


O gênero editorial de revista contém estratégias argumentativas para convencer o público sobre a relevância da matéria de capa. No texto, considerando a maneira como o autor se dirige aos leitores, constitui uma característica da argumentação desenvolvida o(a)

Alternativas
Comentários
  • A construção do argumento do autor é baseado em sua experiência, em seus relatos pessoais.

  • ''vocabulário coloquial''. ainda que teve partes coloquiais, o ENEM sempre vai querer o argumento que predomina no texto.Nesse caso, o autor fala sobre seus relatos pessoais.


ID
2628964
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Como se apresentam os atos de ler e escrever no contexto dos canais de chat da internet? O próprio nome que designa estes espaços no meio virtual elucida que os leitores-escritores ali estão empenhados em efetivar uma conversação. Porém, não se trata de uma conversação nos moldes tradicionais, mas de um projeto discursivo que se realiza só e através das ferramentas do computador via canal eletrônico mediado por um software específico. A dimensão temporal deste tipo de interlocução caracteriza-se pela sincronicidade em tempo real, aproximando-se de uma conversa telefônica, porém, devido às especificidades do meio que põe os interlocutores em contato, estes devem escrever suas mensagens. Apesar da sensação de estarem falando, os enunciados que produzem são construídos num “texto falado por escrito”, numa “conversação com expressão gráfica”. A interação que se dá “tela a tela”, para que seja bem-sucedida, exige, além das habilidades técnicas anteriormente descritas, muito mais do que a simples habilidade linguística de seus interlocutores. No interior de uma enorme coordenação de ações, o fenômeno chat também envolve conhecimentos paralinguísticos e socioculturais que devem ser partilhados por seus usuários. Isso significa dizer que esta atividade comunicacional, assim como as demais, também apresenta uma vinculação situacional, ou seja, não pode a língua, nesta esfera específica da comunicação humana, ser separada do contexto em que se efetiva.

BERNARDES, A. S.; VIEIRA, P M. T Disponível em: www.anped.org.br. Acesso em: 14 ago. 2012.


No texto, descreve-se o chat como um tipo de conversação “tela a tela” por meio do computador e enfatiza-se a necessidade de domínio de diversas habilidades. Uma característica desse tipo de interação é a

Alternativas
Comentários
  • Pra quem ficou em dúvida com a B, e não sabe o significado de iconográfico, superficialmente, pode ser entendido como os emojins de chat.

  • estes devem escrever suas mensagens. Apesar da sensação de estarem falando, os enunciados que produzem são construídos num “texto falado por escrito”, numa “conversação com expressão gráfica”. 


ID
2628967
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

TEXTO I

Frevo: Dança de rua e de salão, é a grande alucinação do Carnaval pernambucano. Trata-se de uma marcha de ritmo frenético, que é a sua característica principal. E a multidão ondulando, nos meneios da dança, fica a ferver. E foi dessa ideia de fervura (o povo pronuncia frevura, frever) que se criou o nome frevo.

CASCUDO, L. C. Dicionário do folclore brasileiro. São Paulo: Global, 2001 (adaptado).


TEXTO II

Frevo é Patrimônio Imaterial da Humanidade

O frevo, ritmo genuinamente pernambucano, agora é do mundo. A música que hipnotiza milhões de foliões e dá o tom do Carnaval no estado foi oficialmente reconhecida como Patrimônio Imaterial da Humanidade. O anúncio foi feito em Paris, nesta quarta-feira, durante cerimônia da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Disponível em: www.diariodepernambuco.com.br. Acesso em: 14 jun. 2015.


Apesar de abordarem o mesmo tema, os textos I e II diferenciam-se por pertencerem a gêneros que cumprem, respectivamente, a função social de

Alternativas
Comentários
  • primeiro texto já vem descrito de fonte sendo dicionário. 

  • Muito claro, os 2 textos é de fácil compreensão.

  • O que seria o "reportar" da letra B?

  • O primeiro texto tem como fonte um dicionário, o que já deixa bem claro que a função é definir. Já o segundo, a fonte é o "Diário de Pernambuco", que é um jornal, no qual sua principal função é informar.

    Por esses motivos é importante ler as referências nas questões.

  • "Reportar" pode ser sinônimo de "noticiar" ou de "relatar" (originário do verbo em inglês to report).

    Gabarito : (C)

    Nível de Dificuldade : Fácil

  • CASCUDO, L. C. Dicionário do folclore brasileiro. São Paulo: Global, 2001 (adaptado).

    Dicionário faz o que mesmo?

    Define


ID
2628970
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

A madrasta retalhava um tomate em fatias, assim finas, capaz de envenenara todos. Era possível entrever o arroz branco do outro lado do tomate, tamanha a sua transparência. Com a saudade evaporando pelos olhos, eu insistia em justificar a economia que administrava seus gestos. Afiando a faca no cimento frio da pia, ela cortava o tomate vermelho, sanguíneo, maduro, como se degolasse cada um de nós. Seis. O pai, amparado pela prateleira da cozinha, com o suor desinfetando o ar, tamanho o cheiro do álcool, reparava na fome dos filhos. Enxergava o manejo da faca desafiando o tomate e, por certo, nos pensava devorados pelo vento ou tempestade, segundo decretava a nova mulher. Todos os dias — cotidianamente — havia tomate para o almoço. Eles germinavam em todas as estações. Jabuticaba, manga, laranja, floresciam cada uma em seu tempo. Tomate, não. Ele frutificava, continuamente, sem demandar adubo além do ciúme. Eu desconhecia se era mais importante o tomate ou o ritual de cortá-lo. As fatias delgadas escreviam um ódio e só aqueles que se sentem intrusos ao amor podem tragar.

QUEIRÓS, B. C. Vermelho amargo. São Paulo: Cosac & Naify, 2011.


Ao recuperar a memória da infância, o narrador destaca a importância do tomate nos almoços da família e a ação da madrasta ao prepará-lo. A insistência nessa imagem é um procedimento estético que evidencia a

Alternativas
Comentários
  • "As fatias delgadas escreviam um ódio e só aqueles que se sentem intrusos ao amor podem tragar." LETRA E

  • O texto não é de difícil compreensão,nota-se uma tensão constante no interior do ambiente doméstico,a madrasta não gostava dos enteados e o autor caracteriza o ato de cortar tomates feito pela mesma como uma comparação indireta desse ódio,uma vez que ela cortava de modo tão detalhado como aspiração de seu ódio aos tomates,algo que não podia fazer aos filhos do marido.

     

    R:Letra "E"

  • "como se degolasse cada um de nós seis"

    "O pai reparava na fome dos filhos. Enxergava o manejo da faca"

    A repetição evidencia a angustia do menino ao ver aquela ação, que o deixava mal de ver repetidamente aquela cena enquanto sentia cada vez mais fome, como descreve o pai.

    Além disso a cena, descrita em primeira pessoa, contribui para a função emotiva, em que prevalece o ponto de vista do narrador e suas impressões subjetivas sobre o acontecimento. Então, só pode ser a alternativa que expõe o sentimento do personagem e que o relaciona com o conflito na cena de cortar tomates.

    Letra E

  • "Enxergava o manejo da faca desafiando o tomate e, por certo, nos pensava devorados pelo vento ou tempestade, segundo decretava a nova mulher."

    Uma leitura mais atenta consegue captar os indícios de que existia uma relação conflituosa com a madrasta, letra E.

  • O menino, simbolicamente, é o tomate.

    Gabarito : (E)

    Nível de Dificuldade : Fácil


ID
2628976
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Pela primeira vez na vida teve pena de haver tantos assuntos no mundo que não compreendia e esmoreceu. Mas uma mosca fez um ângulo reto no ar, depois outro, além disso, os seis anos são uma idade de muitas coisas pela primeira vez, mais do que uma por dia e, por isso, logo depois, arribou. Os assuntos que não compreendia eram uma espécie de tontura, mas o Ilídio era forte.

Se calhar estava a falar de tratar da cabra: nunca esqueças de tratar da cabra. O Ilídio não gostava que a mãe o mandasse tratar da cabra. Se estava ocupado a contar uma história a um guarda-chuva, não queria ser interrompido. Às vezes, a mãe escolhia os piores momentos para chamá-lo, ele podia estar a contemplar um segredo, por isso, assustava-se e, depois, irritava-se. Às vezes, fazia birras no meio da rua. A mãe envergonhava-se e, mais tarde, em casa, dizia que as pessoas da vila nunca tinham visto um menino tão velhaco. O Ilídio ficava enxofrado, mas lembrava-se dos homens que lhe chamavam reguila, diziam ah, reguila de má raça. Com essa memória, recuperava o orgulho. Era reguila, não era velhaco. Essa certeza dava-lhe forças para protestar mais, para gritar até, se lhe apetecesse.

PEIXOTO, J. L. Livro. São Paulo: Cia. das Letras, 2012.


No texto, observa-se o uso característico do português de Portugal, marcadamente diferente do uso do português do Brasil. O trecho que confirma essa afirmação é:

Alternativas
Comentários
  • Bosta de questão

  • "se calhar" é uma expressão muito comum e característica do português de Portugal, por isso caracteriza a resposta correta.

     

  • Conseguir resolver essa, apenas falando e buscando entender qual tinha a maneira de pronúncia mais estranha ksksks

     

    “Se calhar estava a falar de tratar da cabra: nunca esqueças de tratar da cabra.”

  • " a calhar",  já vi portuga dizendo isso

  • Portugas dão preferencia aos verbos no infinito.

  • Portugueses preferem usar verbos no infinitivo em detrimento de verbos no gerúndio. Nesse sentido, é o oposto o que ocorre no Brasil, uma vez que lançamos mão com frequência do gerundismo.
  • A diferença está no emprego do gerúndio. A ideia de processo.No Brasil, usasse a forma "ndo" e em Portugal, a preposição "a" com o infinitivo do verbo.

  • Real, acertei também porque já ouvi um português falando "calhar" kkkkkkk conhecimento de mundo vale também, bons estudos!!

  • Acertei por que eu assistia as entrevistas do Jorge Jesus.

  • bate o pé

  • Ainda bem que não pediram pra interpretar isso aí, pq se sim...

  • só acertei por causa do esqueças


ID
2628979
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Fazer 70 anos


Fazer 70 anos não é simples.

A vida exige, para o conseguirmos,

perdas e perdas no íntimo do ser,

como, em volta do ser, mil outras perdas.

[...]

Ó José Carlos, irmão-em-Escorpião!

Nós o conseguimos...

E sorrimos

de uma vitória comprada por que preço?

Quem jamais o saberá?

ANDRADE, C. D. Amar se aprende amando. São Paulo: Círculo do Livro, 1992 (fragmento).


O pronome oblíquo "o", nos versos "A vida exige, para o conseguirmos” e “Nós o conseguimos”, garante a progressão temática e o encadeamento textual, recuperando o segmento

Alternativas
Comentários
  • Simples assim!!

  • O pronome oblíquo retorna ao que já foi tido, que no caso, ao substituir as palavras, percebe-se o encaixe semântico perfeito do "Fazer 70 anos".

  • facil

  • Essa é uma das questões que é imperdoável errar

  • O é Objeto DIRETO. Logo, quem consegue... consegue?  70 anos (O único sujeito antes do verbo)

  • Pronome tem a função de substituição de um termo já dito, ou seja,o substantivo, sendo, portanto, um referencial, seja no caso oblíquo, seja no caso reto. Nessa situação, o termo que antecede as frases ''A vida exige, para o conseguirmos” e “Nós o conseguimos” são os 70 anos.


ID
2628982
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

A inteligência está na rede


Pergunta: Há tecnologias que melhoram a vida humana, como a invenção do calendário, e outras que revolucionam a história humana, como a invenção da roda. A internet, o iPad, o Facebook, o Google são tecnologias que pertencem a que categoria?

Resposta: À das que revolucionam a história. O que está acontecendo no mundo de hoje é semelhante ao que se passou com a sociedade agrária depois da prensa móvel de Gutenberg. Antes, o conhecimento estava concentrado em oligopólios. A invenção de Gutenberg começou a democratizar o conhecimento, e as instituições do feudalismo entraram num processo de atrofia. A novidade afetou a Igreja Católica, as monarquias, os poderes coloniais e, com o passar do tempo, resultou nas revoluções na América Latina, nos Estados Unidos, na França. Resultou na democracia parlamentar, na reforma protestante, na criação das universidades, do próprio capitalismo. Martinho Lutero chamou a prensa móvel de “a mais alta graça de Deus”. Agora, mais uma vez, o gênio da tecnologia saiu da garrafa. Com a prensa móvel, ganhamos acesso à palavra escrita. Com a internet, cada um de nós pode ser seu próprio editor. A imprensa nos deu acesso ao conhecimento que já havia sido produzido e estava registrado. A internet nos dá acesso ao conhecimento contido no cérebro de outras pessoas em qualquer parte do mundo. Isso é uma revolução. E, tal como aconteceu no passado, está fazendo com que nossas instituições se tornem obsoletas.

TAPSCOTT, D. Entrevista concedida a Augusto Nunes. Veja, 21 abr. 2011 (adaptado).


Segundo o pesquisador entrevistado, a internet revolucionou a história da mesma forma que a prensa móvel de Gutenberg revolucionou o mundo no século XV. De acordo com o texto, as duas invenções, de maneira similar, provocaram o(a)

Alternativas
Comentários
  • "A invenção de Gutenberg começou a democratizar o conhecimento, e as instituições do feudalismo entraram num processo de atrofia."

     

    "A internet nos dá acesso ao conhecimento contido no cérebro de outras pessoas em qualquer parte do mundo."

  • A alternativa a quase seria correta,porém o texto não cita revoluções como a primavera árabe.

    Logo, alternativa correta é e


ID
2628988
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Inspiração no lixo


O paulistano Jaime Prades, um dos precursores do grafite e da arte urbana, chegou ao lixo por sua intensa relação com as ruas de São Paulo. “A partir da década de 1980, passei a perceber o desastre que é a ecologia urbana. Quando a gente fala em questão ambiental, sempre se refere à natureza, mas a crise ambiental urbana é forte”, diz Prades. Inspirado pela obra de Frans Krajcberg, há quatro anos Jaime Prades decidiu construir uma árvore gigante no Parque do Ibirapuera ou em outro local público, feita com sobras de madeira garimpadas em caçambas. “Elas são como os intestinos da cidade, são vísceras expostas”, conta Prades. “Percebi que cada pedaço de madeira carregava a memória da árvore de onde ela veio. Percebi que não estava só reciclando, e sim resgatando”. Sua árvore gigante ainda não vingou, mas a ideia evoluiu. Agora, ele pretende criar uma plataforma na internet para estimular outros artistas a fazer o mesmo. “Teríamos uma floresta virtual planetária, na qual se colocariam essas questões de forma poética, criando uma discussão enriquecedora.”

VIEIRA, A. National Geographic Brasil, n. 65-A, 2015.


O texto tematiza algumas transformações das funções da arte na atualidade. No trabalho citado, do artista Jaime Prades, considera-se a

Alternativas
Comentários
  • “A partir da década de 1980, passei a perceber o desastre que é a ecologia urbana. Quando a gente fala em questão ambiental, sempre se refere à natureza, mas a crise ambiental urbana é forte

     

    A obra dele, tende a levar o público a uma reflexão, em relação a questão ambiental.


ID
2628991
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

O tapete vermelho na porta é para você se sentir

nas nuvens antes mesmo de tirar os pés do chão.

(Campanha publicitária de empresa aérea.)

Disponível em: http://quasepublicitarios.wordpress.com. Acesso em: 3 dez. 2012.


Ao circularem socialmente, os textos realizam-se como práticas de linguagem, assumindo configurações de especificidade, de forma e de conteúdo. Para atingir seu objetivo, esse texto publicitário vale-se do procedimento argumentativo de

Alternativas
Comentários
  • "O tapete vermelho na porta é para você se sentir". O foco é bem direto: o consumidor. Tapete vermelho lembra as grandes festas em que somente celebridades caminham sobre ele e esse pensamento ajuda para resolver essa questão. Uma companhia aérea coloca um tapete vermelho para você pisar quando entra no avião, não tenha dúvida de que existe uma jogada de marketing aí que visa chamar sua atenção e te fazer pensar que terá um tratamento diferenciado já desde a entrada.

    Letra A

  • Função Conativa/Apelativa → foco no receptor da informação.

    Gabarito : (A)

    Nível de Dificuldade : Fácil


ID
2628997
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Ao longo dos anos 1980, um canal esportivo de televisão fracassou em implantar o basquete como esporte mundial, e uma empresa de materiais esportivos teve de lidar, fora do seu programa, com um esporte que lhe era estranho. Correndo atrás do prejuízo, ambas corrigiram a rota e vieram a fazer da incorporação do futebol a seu programa um objetivo estratégico alcançado com sucesso. O ajuste do interesse econômico à realidade cultural, no entanto, não deixa de dizer algo sobre ela: é significativo que o mais mundial dos esportes não faça sentido para os Estados Unidos, e que os esportes que fazem mais sentido para os Estados Unidos estejam longe de fazer sentido para o mundo. O futebol ofereceu uma curiosa e nada desprezível contraparte simbólica à hegemonia do imaginário norte-americano.

WISNIK, J. M. Veneno remédio: o futebol e o Brasil. São Paulo: Cia. das Letras, 2008 (adaptado).


De acordo com o texto, em décadas passadas, a dificuldade das empresas norte-americanas indica a influência de um viés cultural e econômico na

Alternativas
Comentários
  • O texto apresenta a dificuldade da implementação do basquete como esporte mundial, enquanto a cultura do futebol já estava enraizada por todo o cenário global. Dessa forma, as empresas norte-americanas sentiram dificuldade em influenciar a população, sobre um viés econômico, sobre o sentimentalismo pelo novo esporte.

  • O basquete é muito pequeno mundialmente perto do futebol!!! EUA falharam nesse processo de aculturação mundial... Viva o futebol!

  • essa questão é bixo, eu havia desconsiderado a questão C,D depois de ler mil vezes eu desmarquei e marquei a C, pura interpretação

  • Concordo com você. Travei nessa questão, li umas 5 vezes o enunciado e marquei a letra C mais por eliminação e mesmo assim não tinha entendido totalmente. Depois de ver a explicação da professora, ajudou bastante. Não estava tão claro pra mim.

  • Interpretação do texto:

    em 1980 um canal de Tv e uma empresa de esportes tiveram prejuízos para tentar colocar o basquete como um esporte mundial.Ou seja,as empresas norte-americanas tentaram implantar o basquete como esporte mundial,mas o fator econômico(lucrar) e cultural(as pessoas consumiam mais o basquete)influenciou nesse objetivo que enfrentou a cultura futebolistica mundial.

  • Nos anos 80, os canais esportivos estadunidenses tentavam enfiar o basquete goela abaixo do resto do mundo, mas o futebol era o esporte predominante em escala global. Ao mesmo tempo, as empresas estadunidenses de materiais esportivos tiveram de vender artigos esportivos futebolísticos ao seu povo, acostumado quase que somente com o basquete.

    Ou seja, em décadas passadas, a dificuldade das empresas norte-americanas indica a influência de um viés cultural (mais visível no que aconteceu pros canais esportivos) e econômico (mais visível no que aconteceu pras empresas de materiais esportivos) na implantação do basquete como esporte mundial frente à força cultural do futebol.


ID
2629000
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Querido Sr. Clemens,

Sei que o ofendi porque sua carta, não datada de outro dia, mas que parece ter sido escrita em 5 de julho, foi muito abrupta; eu a li e reli com os olhos turvos de lágrimas. Não usarei meu maravilhoso broche de peixe-anjo se o senhor não quiser; devolverei ao senhor, se assim me for pedido...

OATES, J. C. Descanse em paz. São Paulo: Leya, 2008.


Nesse fragmento de carta pessoal, quanto à sequenciação dos eventos, reconhece-se a norma-padrão pelo(a)

Alternativas
Comentários
  • Uma dica simples é:


    Um texto para estar de acordo com a norma padrão não depende somente de uma ou duas palavras , logo, as questões D e E estariam desconsideradas !

    Também não é garantida, apenas quando utiliza uma regra gramatical e peca em outras ..


    Questões A e Questão B não faz sentido algum ..


    Portanto:


    Questão B é a correta !

    Para estar de acordo com a norma padrão deve ter emprego adequado dos tempos verbais

  • é um bom raciocínio o da Thais, não é possível a opção C ser a norma padrão está sendo seguida, pois uma requisito seu é o "emprego adequado dos tempos verbais".

  • Segundo a professora, a letra A também está correta. Porém, o gabarito oficial é letra C.

  • Nesse fragmento de carta pessoal, quanto à sequenciação dos eventos, reconhece-se a norma-padrão pelo(a)

     

    a)  colocação pronominal . Errado

    • a predominância é de ênclise

    b)  uso recorrente de  Errado

    • utilizar ‘negação’ não significa que o texto esteja de acordo à norma culta. Trata-se de um recurso estilístico.

     

    c) emprego adequado dos tempos verbais. Certo

    • emprego adequado dos tempos verbais ⇒ isso sim podemos reconhecer como obediência à norma culta.
    • lá no enunciado existe a seguinte expressão "sequenciação de eventos". Uma sequência de eventos (fatos/acontecimentos) ocorrem pelo uso e força dos verbos (expressam as ações dos sujeitos)
    • Ex: fulano fez, fulano foi, fulano fazia, fulano faria ... 

     

    d)  preferência por , como “abrupta” e “turvo”. Errado

    • talvez ‘abrupta’ possa ser considerada arcaica, mas (certeza) turvo não. São, na verdade, palavras pouca utilizadas. Ou seja, não necessariamente sejam arcaicas.

     

    e) presença de qualificadores, como "maravilhoso" e “peixe-anjo”. Errado

    • assim como na letra B), a presença de qualificadores não constituem ‘reconhecimento da norma culta’, mas sim de recurso estilístico.


ID
2629003
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Ser pai faz bem para a pressão!


Uma pesquisa feita pela Brigham Young University, nos EUA, indica que a paternidade pode ajudar a manter a pressão arterial baixa. Os dados foram medidos em 198 adultos, monitorados por aparelhos anexados ao braço, em intervalos aleatórios, durante 24 horas. Comparada às do grupo de adultos sem filhos, a média dos pais foi inferior em 4,5 pontos para a pressão arterial diastólica. Julianne Holt-Lunstad, autora do estudo, diz que outros fatores (como atividades físicas) também colaboram para reduzir esses níveis e que o objetivo da pesquisa é comprovar como fatores sociais colaboram para a saúde do corpo. “Isso não significa que quanto mais crianças você tiver, melhor será sua pressão sanguínea. Os resultados estão conectados a essa relação de parentesco, mas sem considerar o número de sucessores ou situação profissional”, pondera Julianne.

ALVES, I. Vivasaúde, n. 83, s.d.


O texto apresenta resultados de uma pesquisa científica, objetivando

Alternativas
Comentários
  • A partir do momento que há o objetivo de "comprovar como fatores sociais colaboram para a saúde do corpo", e o texto trata da paternidade com fator social, então se presume que a intenção é informar o leitor leigo.

  • Alguém sabe o erro da "E"?

  • A


ID
2629006
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Um conto de palavras que valessem mais por sua modulação que por seu significado. Um conto abstrato e concreto como uma composição tocada por um grupo instrumental; límpido e obscuro, espiral azul num campo de narcisos defronte a uma torre a descortinar um lago assombrado em que o atirar uma pedra espraia a água em lentos círculos sob os quais nada um peixe turvo que é visto por ninguém e no entanto existe como algas do oceano. Um conto-rastro de uma lesma também evento do universo qual a luz de um quasar a bilhões de anos-luz; um conto em que os vocábulos são como notas indeterminadas numa pauta; que é como bater suave e espaçado de um sino propagando-se nos corredores de um mosteiro [...]. Um conto noturno com a fulguração de um sonho que, quanto mais se quer, mais se perde; é preciso resistir à tentação das proparoxítonas e do sentido, a vida é uma peça pregada cujo maior mistério é o nada.

SANT’ANNA, S. Um conto abstrato. In: O voo da madrugada. São Paulo: Cia. das Letras, 2003.


Utilizando o recurso da metalinguagem, o narrador busca definir o gênero conto pelo procedimento estético que estabelece uma

Alternativas
Comentários
  • por que a resposta de D

  • Questao meia confusa, como disse estético eu marquei cadeia de imagens (d)

  • Muito confusa essa questão

     

  • Perceba que o texto busca levar o leitor a imaginação, por meio de recursos metalinguísticos, que no caso, as imagens geradas por meio de palavras. Como esse trecho:

    "Um conto abstrato e concreto como uma composição tocada por um grupo instrumental; límpido e obscuro, espiral azul num campo de narcisos defronte a uma torre a descortinar um lago assombrado em que o atirar uma pedra espraia a água em lentos círculos sob os quais nada um peixe turvo que é visto por ninguém e no entanto existe como algas do oceano."

  • Realmente é um texto confuso, mas se lermos com calma vamos entender seu sentido geral. Há uma espécie de comparação nos seguintes trechos: [...]"Um conto abstrato e concreto como uma composição tocada por um grupo instrumental; [...] um conto em que os vocábulos são como notas indeterminadas numa pauta; que é como bater suave e espaçado de um sino propagando-se nos corredores de um mosteiro [...]." Destarte, inferimos uma cadeia de imagens efetuadas por meio de analogias, a qual resultará em sobreposição de sentidos do receptor, isto é, experiências evocadas a partir de lembranças pessoais semelhantes às descrições.

  • Questão muito boa, alternativa D

    pois, o texto induz uma criação de imagens por meio das palavras, aguçando assim, nossa imaginação!!

    Bons estudos!!

  • fiz essa questão, já exausta, após várias horas resolvendo questões. Então, sim, ela não é nada fácil, bem confusa para um leitor desatento e cansado. Mesmo assim consegui acertar, por perceber uma construção de imagens que o autor foi descrevendo.

  • A questão não é confusa, o texto que é de difícil assimilação. " um conto em que os vocábulos são como notas indeterminadas numa pauta; que é como bater suave e espaçado de um sino propagando-se nos corredores de um mosteiro [...]."

    Tente entender esse trecho e verá que, de fato, há uma sobreposição de imagens.


ID
2629009
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Português
Assuntos

Dois parlamentos


Nestes cemitérios gerais

não há morte pessoal.

Nenhum morto se viu

com modelo seu, especial.

Vão todos com a morte padrão,

em série fabricada.

Morte que não se escolhe

e aqui é fornecida de graça.

Que acaba sempre por se impor

sobre a que já medrasse.

Vence a que, mais pessoal,

alguém já trouxesse na carne.

Mas afinal tem suas vantagens

esta morte em série.

Faz defuntos funcionais,

próprios a uma terra sem vermes.

MELO NETO, J. C. Serial e antes. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997 (fragmento).


A lida do sertanejo com suas adversidades constitui um viés temático muito presente em João Cabral de Melo Neto. No fragmento em destaque, essa abordagem ressalta o(a)

Alternativas
Comentários
  • Questão feita pra errar, fiquei entre A e C, são muito parecidas. Se bem que a letra A, falar que é inútil é meio que equívocado, já que, quem morre com posses, provavelmente, não vai ficar com um túmulo ruim. Então não é inútil. Não sei se faz sentido para interpretar essa questão, mas pensei assim.

  • Não vi sentido algum nessa questão

    A maioria errou também

  • Segundo o texto "não há morte pessoal", subentende se então que todas as mortes são iguais, ou seja, existe um nivelamento no tipo de morte entre todas as pessoas que morrem na região citada no texto. Os sertanejos já são anônimos, talvez alguns sejam mais conhecidos na região outros menos (o que eu imaginei) outros mais felizes apesar da miséria no entanto a partir da morte existe uma igualdade geral.

  • quando vcs errarem uma questão q a maioria errou não se preocupem tanto pq vale menos ponto : )

  • Galera, essa questão da pra matar com o seguinte trecho:

    "Nestes cemitérios gerais

    não há morte pessoal.

    Nenhum morto se viu

    com modelo seu, especial.

    Vão todos com a morte padrão,

    em série fabricada."

    Nesse recorte, percebe-se um nivelamento imposto pela morte, por mais "especial" que a pessoa, em vida, tenha se considerado. Pelo menos eu entendi assim. Espero que ajude.

    LETRA C.


ID
2629015
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

Os direitos civis, surgidos na luta contra o Absolutismo real, ao se inscreverem nas primeiras constituições modernas, aparecem como se fossem conquistas definitivas de toda a humanidade. Por isso, ainda hoje invocamos esses velhos “direitos naturais” nas batalhas contra os regimes autoritários que subsistem.

QUIRINO, C. G.; MONTES, M. L. Constituições. São Paulo: Ática, 1992 (adaptado).


O conjunto de direitos ao qual o texto se refere inclui

Alternativas
Comentários
  • GAB: D - Igualdade jurídica e liberdade de expressão.

    Todos são iguais perante a lei, todos tem os mesmos direitos e deveres, "e todos tem o direito de liberdade de expressão".

     

  • Os direitos civis ou "direitos naturais" são os quais foram defendidos nas idéias de vários filosofos e pensadores iluministas tais como Adam Smith...esses direitos vão além do próprio direito de pertencimento de um Estado ou nação,pois pertencentes a todos os homens,e por eles deve ser reivindicado.

  • São os famosos direitos inerentes ao ser humano

  • Os direitos civis referem-se às liberdades individuais, como o direito de ir e vir, de dispor do próprio corpo, o direito à vida, à liberdade de expressão, à propriedade, à igualdade perante a lei, a não ser julgado fora de um processo regular, a não ter o lar violado

     

    Os direitos políticos referem-se à participação do cidadão no governo da sociedade, ou seja, à participação no poder. Entre eles estão a possibilidade de fazer manifestações políticas, organizar partidos, votar e ser votado. O exercício desse tipo de direito confere legitimidade à organização política da sociedade. Afinal, ele relaciona o compromisso de pessoas e grupos com o funcionamento e os destinos da vida coletiva.

     

    Os direitos sociais, assim como os demais, são constituídos historicamente e, portanto, produto das relações e conflitos de grupos sociais em determinados momentos da história. Eles nasceram das lutas dos trabalhadorespelo direito ao trabalho e a um salário digno, pelo direito de usufruir da riqueza e dos recursos produzidos pelos seres humanos, como moradia, saúde, alimentação, educação, lazer. Esses são, por exemplo, os direitos ratificados na legislação trabalhista, como a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT.

     

    http://servicosocial-erenilza.blogspot.com/2010/09/o-que-sao-direitos-civis-politicos-e.html

  • Eu só pensei igualdade, liberdade e fraternidade.

    no caso da questão igualdade lembra a igualdade jurídica e liberdade lembra liberdade de expressão.

    LETRA D

  • Muito bom, agora preciso saber de direito para responder questões. Já coloca na Matriz do ENEM direito administrativo, ECA e Informática Básica para virar concurso público.

  • "A luta pela conquista de direitos pelos cidadãos: direitos civis, humanos, políticos e sociais. Direitos sociais nas constituições brasileiras. Políticas afirmativas."

    A zorra tá lá na matriz dizendo que vai cair. Aí, quando cai, o estudante reclama.

    ¯\_(ツ)_/¯


ID
2629018
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

As primeiras ações acerca do patrimônio histórico no Brasil datam da década de 1930, com a criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), em 1937. Nesse período, o conceito que norteou a política de patrimônio limitou-se aos monumentos arquitetônicos relacionados ao passado brasileiro e vinculava-se aos ideais modernistas de conhecer, compreender e recriar o Brasil por meio da valorização da tradição.

SANTOS, G. Poder e patrimônio histórico: possibilidades de diálogo entre educação histórica e educação patrimonial no ensino médio. EntreVer, n. 2, jan.-jun. 2012.


Considerando o contexto mencionado, a criação dessa política patrimonial objetivou a

Alternativas
Comentários
  • A centralização no cuidado com obras de caráter nacional é característico do contexto histórico que o texto apresenta,era período de Estado Novo,durante a chamada Era Vargas...o governo centralizou o poder e se afirmou por meio de idéias nacionalistas,patrióticas e populistas.

     

    R=Letra "C"

  • Nunca se esqueçam da IHGB ( Instituto de Histórico Geográfico no Brasil ), o qual foi utilizado pelo Dom Pedro I para incorporar uma identidade nacional após a indepedência do Brasil.

    O Tiradentes foi utilizado para buscar uma identidade nacional na poclamação da república no Brasil república, uma vez que, na incofidência mineira o tirandentes queria minas gerais república.

    Acertei essa questão por causa do Parabólica, ele tem dois vídeos que explicam bem essa parte cultural que o ENEM ADORA.

    IDENTIDADE NACIONAL: https://www.youtube.com/watch?v=D5PnqEv5oj8&t=906s&ab_channel=Parab%C3%B3lica

    PATRIMÔNIO HISTÓRICO: https://www.youtube.com/watch?v=RJX-wTMONWM&ab_channel=Parab%C3%B3lica

    Obs: Além do ENEM, isso pode ser levado para vida.


ID
2629021
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

Em 1914, o preço da borracha despencou no mercado internacional; dois anos depois, 200 firmas foram à falência em Manaus. E assim acabou o sonho de quem acendia charutos com notas de 1 000 réis. A cidade entrou em colapso.

National Geographic, n. 143, fev. 2012 (adaptado).


O súbito declínio da atividade econômica mencionada foi provocado pelo(a)

Alternativas
Comentários
  • GAB:  B 
    Foi o aumento da produção elevada no sudeste asiático.

  • A transferência da produção da borracha para o sudeste asiático foi a um duro golpe na economia do Norte do Brasil que depois de sucessivas tentativas fracassadas de uma produção em massa mudou o centro da borracha para o oriente. (borracha, Amazonas, primeira república

  • Época em que ocorreu uma super-produção de borracha na Malásia.

  • Essa eu acertei fácil, aqui no Norte se estuda muito esse tema... kakakaka.

    Roubaram umas mudinhas da nossa seringueira e levaram para a Ásia, isso acabou nos prejudicando muito naquela época, já que a borracha era um dos bens mais preciosos do Brasil, grande fonte de renda da nação. 

     

    E para o que disse que é uma questão desnecessária; Como assim, cara? É história do Brasil, história de um dos nossos maiores patrimônios que foi a borracha da selva Amazonica... pelo amor de deus, não tem nada de desnecessário. Brasil não é só o hemisfério sul do país.

  • GAB.: Letra B

     

    Essa questão e a resposta, explicam bem o conceito de biopirataria.

  • A quantidade de erros dessa questão mostra como o ciclo da borracha é negligenciado pelos estudantes. É uma questão fácil se você estudou o assunto. Caso não queiram ser pegos desprevenidos futuramente, aconselho vocês estudarem também o ciclo do algodão.

  • Amigos, do norte ao nordeste todos têm a mesma importância, no edital do enem está explícito quais assuntos vão cair e ciclo da borracha nortista é um deles, não quer mamar? estude!

  • Me lembra bem também da crise de 1929, no qual os EUA tinha o monopólio de diversas mercadorias que eram exportadas para Europa.

    Contudo, os países da Europa se levantaram e começaram a criar novos produtos ou buscar novas fontes alternativas. Dessa forma, esse acontecimento foi um dos fatores que provocou essa crise.

  • O declínio de qualquer modo de produção de base "monopolista" tem como pressuposto a concorrência. Também foi assim com o açúcar,


ID
2629024
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História
Assuntos

O dicionário da Real Academia Espanhola não usa a terminologia de Estado, nação e língua no sentido moderno. Antes de sua edição de 1884, a palavra nación significava simplesmente “o agregado de habitantes de uma província, de um país ou de um reino” e também “um estrangeiro”. Mas agora era dada como “um Estado ou corpo político que reconhece um centro supremo de governo comum”.

HOBSBAWM, E. J. Nações e nacionalismo (desde 1870). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990 (adaptado).


A ideia de nação como lugar de pertencimento, ao qual os indivíduos têm ligação por nascimento, constitui-se na Europa do final do século XIX. Sua difusão resultou

Alternativas
Comentários
  • Resposta C

    os estados do seculo XIX impuseram uma unica lingua, cultura e tradições paras os seus povos ou cidadões.

  • A formação dos estados modernos passa por uma padronização, em teses, do território e da cultura. Ao identificar os símbolos nacionais pegos da cultura da maioria os formadores do estado acabam por esmagar as culturas locais de cada minoria.

    Equipe Descomplica

  • Historia Geral => Fim da Idade Média.

    Modelo Econômico: Mercantilismo.

    Características:

    • Moeda Única e Nacional.

    • Tarifas Alfândegarias.

    • Religião Única.

    • Lingua Oficial Única.

  • Tem uma pegadinha nesta questão.

    A pessoa pode pensar nos catalães e nos bascos, na Espanha, e concluir que não há a imposição de uma única cultura e língua. Esse raciocínio, no entanto, confirma o gabarito. Isso porque, apesar da existência de várias culturas dentro da Espanha, a forma como esse Estado se apresenta é uniforme. Por exemplo, quando a Espanha discursa na ONU, não o faz em catalão, mas sim em espanhol. Nas escolas espanholas, certamente não é ensinada a língua basca, e sim o espanhol padrão. Nas competições esportivas, não existe Catalunha e País Basco; existe Espanha e pronto. A identidade "espanhola" sobrepuja as demais (Citei a Espanha porque o texto fala nela, mas há outros exemplos em outros Estados. Ademais, o comando da questão alude à Europa, não à Espanha. É só um exemplo.)

    Gabarito : (C)

    Nível de Dificuldade : Médio

    (ps: o assunto não tem nada a ver com Idade Média ou mercantilismo; é outro contexto. Maycon viajou no comentário abaixo)


ID
2629027
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A segurança alimentar perseguida por cada agrupamento humano ao longo da história passa a depender atualmente de algumas poucas corporações multinacionais que passam a deter uma posição privilegiada nas novas relações sociais e de poder. Essa concentração de dependência no ano de 2001 se aplica a cada um dos quatro principais grãos — trigo, arroz, milho e soja, — de forma que cerca de 90% da alimentação da população mundial procede de apenas 15 espécies de plantas e de 8 espécies de animais.

PORTO-GONÇALVES, C. W. Geografia da riqueza, fome e meio ambiente. In: OLIVEIRA, A. U.; MARQUES, M. I. M. (Org.). O campo no século XXI: território de vida, de luta e de construção da justiça social. São Paulo: Casa Amarela; Paz e Terra, 2004 (adaptado).


Uma medida de segurança alimentar que contesta o modelo descrito é o(a)

Alternativas
Comentários
  • O texto fala da dependência da produção de alimentos pelas multinacionais. As alternativas A) B) D) E) descrevem ações que confirmam o modelo de produção exposto. O único contraponto à produção das grandes empresas está na alternativa C) incentivo à produção orgânica.

  • Pq a letra D confirma o modelo ? Se uma manutenção seria necessário para mudar essa produção alimentícia. Ainda que o incentivo à produção orgânica seja divergente dessa tecnica, pq diabos a D nao se encaixa TB? 

  • Segurança Alimentar e Nutricional e Soberania Alimentar

    A Segurança Alimentar e Nutricional, enquanto estratégia ou conjunto de ações, deve ser intersetorial e participativa, e consiste na realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras da saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam ambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis.

     

    http://www4.planalto.gov.br/consea/acesso-a-informacao/institucional/conceitos

  • Questão ridicula, super da a entender que é a letra D.

  • A estrutura fundiária ainda se encontra bastante concentrada ,essa empresas multinacionais acabam comprando terras dos pequenos produtores q n possuem capacidade competitiva com tais , o que agrava ainda mais a concentração fundiária...por isso a letra d) está incorreta

  • A estrutura fundiária, majoritariamente, encontra-se concentrada. Com isso, as alternativas a), b), d) e e) estão relacionadas com as multinacionais. Já a produção orgânica é característica da agricultura familiar, que se opõe ao modelo das grandes empresas

    c)

  • Pro pessoal que colocou a letra D

    Eu também fiquei entre a C e a D e acabei colocando a D. Após refletir um pouco, ela realmente está errada e é A FAVOR do modelo de produção exposto.

    Está errada porque o sentido da palavra "manutenção" é mais próximo à PRESERVAÇÃO e CONSERVAÇÃO do que de MUDANÇA, sendo esta ultima a forma como eu interpretei.

    Em outras palavras, a letra D não diz "mudança na estrutura fundiária", e sim, "preservação da estrutura fundiária".

    Nesse caso, a resposta é a letra C mesmo.

    (As pegadinhas podem vir de qualquer lugar, fique atento.)

  • Contesta = Contraste = Contra = Oposição = Vai Contra o Termo Anterior = É OPOSTO.

  • todas as alternativas falavam do mecanização do campo, latifúndio, agricultura extensiva menos a C; CONTESTA=OPOSIÇÃO


ID
2629033
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

O ganhador do Prêmio Nobel, Philip Fearnside, já alertava em estudos de 2004 que, como consequência do desmatamento em grande escala, menos água da Amazônia seria transportada pelos ventos para o Sudeste durante a temporada de chuvas, o que reduziria a água das chuvas de verão nos reservatórios de São Paulo.

SERVA, L. Para ganhador do Prêmio Nobel, cheias no Norte e seca no Sudeste estão conectadas. Disponível em: www1.folha.uol.com.br. Acesso em: 10 nov. 2014.


O fator apresentado no texto para o agravamento da seca no Sudeste está identificado no(a)

Alternativas
Comentários
  • Letra B - Os rios voadores são massas de ar carregadas por vapor de água, essas passam da  Bacia Amazônica para o Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

    Todas as outras alternativas não fazem o menor sentido referente a questão

  • Letra B

    Os rios voadores são massas  de ar que contêm um grande volume de vapor d´água, cuja origem é no processo de evapotranspiração da floresta amazônica. Se eu desmato a floresta, logo o volume de vapor que as nuvens carregam é diminuído. 

    É importante ressaltar que a floresta amazônica tem uma grande importância no clima predominante no sudeste do brasil, essencialmente na forma das massas equatoriais continentais, que apresentam uma grande umidade por conta da floresta. 

  • Vamos lá seus ciscadores de questões... 
    Prontos para entender essa questão cabulosa?
     Então booooora lá!!! 
    Olhou a questão e bateu o desespero? 
    É... o ENEM tá ficando cada vez mais difícil, 
    Mas dá nada não... 
    A gente mata no peito e chuta pro gol...

     

    A questão aponta a conexão existente entre a taxa de evapotranspiração, realizada pela floresta, na Amazônia e a ocorrência de chuvas no Sudeste, que com o processo de desmatamento deixaria de ocorrer. Esse processo pode ser caracterizado como redução do volume dos rios voadores, ar úmido que viaja da Amazônia para todo o Brasil.

     

    Logo, portanto, enfim,,, o gabarito éééé: 

    redução do volume dos rios voadores.


    Errou? Acertou? 
    Tem algum macete para resolver mais rápido?
    Segue o meu perfil, curti aqui e me fala... 

     

    E lembre-se sempre: ''Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas, a persistencia é a amiga da conquista. Se você quer chegar onde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz."  - Bill Gates.

     

    - Meu nome é Elielson Felix Gonçalves. pretendo cursar Medicina na UFPB - Olha que louco! dependendo do tempo em que você está lendo esse comentário já sou universitário (Risos) - e foi um prazer ajuda-lo na sua jornada. 

     

  • Bozolóide vai acabar com o rios voadores.

  • Um vídeo interessante sobre rios voadores: https://youtu.be/xmu3roA5JBk

  • A evapotranspiração corresponde a um dos fatores para a caracterização da massa Equatorial continental vinda do norte, o desmatamento reduziria a retenção de água total e com isso a evapotranspiração seria abrandada (um eufemismo para o que de fato ocorre), impactando na umidade da mEc e, consequentemente, no corredor úmido de chuvas convectivas usualmente estabelecido no verão a partir do encontro da mEc com a mTa.

  • "Rios voadores" é o nome dado para a massa de ar equatorial continental, esta que vem da Amazônia e é meio que distribuída para o Suldeste e outras partes do Brasil, levando as chuvas de verão.


ID
2629036
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A destruição, o transporte e a deposição de pequenos fragmentos rochosos dependem da direção e intensidade com que este agente atua na superfície terrestre, sobretudo em regiões áridas e semiáridas, com pouca presença de vegetação. É nesse ambiente que se verifica o constante trabalho de formação, destruição e reconstrução de elevações de areia que recebem o nome de dunas.

LEINZ, V.; AMARAL, S. E. Geologia geral. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1995 (adaptado).


A modelagem do relevo apresentado relaciona-se ao processo de erosão decorrente da ação

Alternativas
Comentários
  • "Região árida e semiárida"

  • Vamos lá seus ciscadores de questões... 
    Prontos para entender essa questão cabulosa?
     Então booooora lá!!! 
    Olhou a questão e bateu o desespero? 
    É... o ENEM tá ficando cada vez mais difícil, 
    Mas dá nada não... 
    A gente mata no peito e chuta pro gol...

     

    As dunas são modificações do relevo formadas prepoderantemente pela ação dos ventos, logo, convertendo para a linguagem dos geógrafos:

     

    Modificação do relevo = Erosão;

    Ventos = Eólica 

     

    Logo, portanto, enfim,,, o gabarito éééé:   Eólica.

     


    Errou? Acertou? 
    Tem algum macete para resolver mais rápido?

    Segue o meu perfil, curti aqui e me fala...

     

    E lembre-se sempre: ''Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas, a persistencia é a amiga da conquista. Se você quer chegar onde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz."  - Bill Gates.

     

    - Meu nome é Elielson Felix Gonçalves. pretendo cursar Medicina na UFPB - Olha que louco! dependendo do tempo em que você está lendo esse comentário já sou universitário (Risos) - e foi um prazer ajuda-lo na sua jornada. 

     

     

  • só pelo fato de dizer que a região é árida e semiárida você descarta muitas alternativas, visto que esse clima é caracterizado pela falta de chuvas e umidade.

    glacial.>>>  a erosão é causada pelo gelo, mas o local não tem gelo, é árido, como o nordeste. FALSO

    fluvial.>>>é a erosão causada pelas águas dos rios, o texto não diz que há cursos de rios alterando o ambiente.FALSO

    eólica.>>>é a erosão causada pelo vento, que, em locais áridos, ocasionam no desenvolvimento de dunas.VERDADE

    pluvial.>> é provocada pela retirada de material da parte superficial do solo pelas águas da chuva, o local, por ser semiárido, sofre pelos baixos níveis de precipitação. FALSO.

    marinha. É a erosão causada por meio das ondas , que batem em um rochedo, tirando pequenos pedaços de rocha. O local não diz sobre ter a existência do mar. FALSO

  • Poderia apenas seguir pela lógica de quê: a erosão é constante e o material é areia.

  • Meu nome é Elielson Felix Gonçalves e EU SOU A UNIVERSAL

  • Só com a informação da região arida e semiarida ja eliminaria a erosao fluvial (porque tem pouco acesso hidrico), glacial (nao tem gelo), pluvial (pouco acesso a chuvas), marinha (geralmente nao ha acesso ao mar), ficando so com a erosao eolica.

  • dunas geralmente é vento

  • Lembrei de uma viagem que fiz para Jericoacoara e o guia disse que as dunas mudavam de lugar por conta do vento que era intenso.

  • Resposta: eólica

    caveira!!!!


ID
2629039
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A tecelagem é numa sala com quatro janelas e 150 operários. O salário é por obra. No começo da fábrica, os tecelões ganhavam em média 170$000 réis mensais. Mais tarde não conseguiam ganhar mais do que 90$000; e pelo último rebaixamento, a média era de 75$000! E se a vida fosse barata! Mas as casas que a fábrica aluga, com dois quartos e cozinha, são a 20$000 réis por mês; as outras são de 25$ a 30$000 réis. Quanto aos gêneros de primeira necessidade, em regra custam mais do que em São Paulo.

CARONE, E. Movimento operário no Brasil. São Paulo: Difel, 1979.


Essas condições de trabalho, próprias de uma sociedade em processo de industrialização como a brasileira do início do século XX, indicam a

Alternativas
Comentários
  • Letra A

    Os preços superinflados do aluguel das moradias oferecidas pelas fábricas, associado às péssimas condições de trabalho e também aos salários reduzidos, retratam um caso de exploração burguesa comum durante o desenvolvimento  Industrial no Brasil e em outros países. 

  • Lembrem-se: usem o senso comum, nada de aprofundar, e também se as alternativas tiverem "burguesia" "exploração" marquem sem pensar 2x

    Letra A no caso

  • Letra A

    O início da industrialização do Brasil ficou a cargo da burguesia industrial, ainda sem muitas indústrias e proletários os trabalhadores não tinham direitos confirmados por lei, assim, se permitia abusos contra os trabalhadores pelos burgueses.(capitalismo industrial, século XX, industrialização, movimento operário, Brasil, primeira república.)

    Fonte: Descomplica

  • Dica: SEMPRE procure a resposta mais esquerdista, a chance de ser ela é grande.

  • O texto não trancou de subida de preços e sim da queda dos salários fato esse que comprova a exploração burguesa

  • O texto não trancou de subida de preços e sim da queda dos salários fato esse que comprova a exploração burguesa

  • O texto não trancou de subida de preços e sim da queda dos salários fato esse que comprova a exploração burguesa

  • ISSO QUE O JORGE HENRIQUE DISSE É VERDADE, BASTA LER AS REDAÇÕES QUE TIRARAM NOTA 1000 EM 2019. BASTA VOCÊ QUANDO ESTIVER EM DÚVIDA, IR PARA A RESPOSTA MAIS DE ESQUERDA QUE TIVER, E TAMBÉM CITAR AUTORES DE ESQUERDA NAS ALUSÕES QUE VOCÊ FIZER NA REDAÇÃO. A VAGA NO CURSO QUE DESEJA VEM NA CERTA!

  • A prova de humanas é muito zuada. Tanta riqueza em história, geografia...e os caras vem com essas porcarias.

  • Eliminei a A pq entendi que falava de se explorar os burgueses e não a exploração dos operários pelos burgueses

  • GABARITO - A

    A exploração da classe burguesa sobre os proletários era muito grande, tendo em vista que os últimos recebiam um sálario escasso para a sua jornada longa de trabalho, e os mesmos tinham que pagar diversos impostos e tarifas, as quais beneficiavam os burgueses.

    Caveira!

  • Quem marcou a letra D:

    O Brasil realmente teve uma industrialização acelerada, porém é necessário prestar atenção no comando da questão.

    ''Essas condições de trabalho...'', ou seja, o fato das péssimas condições que foram citadas no texto (baixo salário) não é por causa necessariamente da industrialização acelerada, até porque todas essas condições também se apresentaram em outros países que não tiveram uma industrialização desse jeito igual a do Brasil.

    A letra A é a mais adequada (apesar de eu achar que poderia estar um pouco mais bem escrita porque da a entender também que a burguesia está sendo explorada e não ela quem explora).

  • Ser contra a exploração de trabalhadores agora é coisa de esquerda?

    Daqui a pouco os caras vão defender a volta da escravidão em repúdio ao "esquerdismo" do ENEM

  • tá na cara que é exploração.


ID
2629042
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Sociologia
Assuntos

O rapaz que pretende se casar não nasceu com esse imperativo. Ele foi insuflado pela sociedade, reforçado pelas incontáveis pressões de histórias de família, educação, moral, religião, dos meios de comunicação e da publicidade. Em outras palavras, o casamento não é um instinto, e sim uma instituição.

BERGER, P. Perspectivas sociológicas: uma visão humanística. Petrópolis: Vozes, 1986 (adaptado).


O casamento, conforme é tratado no texto, possui como característica o(a)

Alternativas
Comentários
  • O casamento, da forma que é tratado no texto, é entendido como uma instituição social, ou seja, trata-se de um ordenamento das relações sociais.  Isso quer dizer que não é por uma escolha livre e espontânea que, em geral, surge o desejo pelo casamento. Pelo contrário, há uma pressão social para que o casamento seja visto como a escolha “natural”, como algo ao qual estamos destinados.

  • O casamento pode ser explicado como um fato social , segundo análise de Émile Durkheim, pois é algo já convencionado pela sociedade, o ser humano nasce ''selvagem'' e ao integrar a sociedade , que lhe impõe padrões, tem de se adaptar aos mesmos para manter uma coesão na sociedade. A exemplo o casamento, que institui um ordenamento das relações sexuais

    LETRA B

    APMBB

  • Gosto dessa citação no ENEM: Segundo sociologo Emile Durkheim " Fato social é a maneira coletiva de pensar ". Nesse viés, é possível perceber que a questão ( TEMA ) é fortemente influênciada pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem um um contexto ( opressor/intolerante/racista etc ) a têndencia é adotar esse comportamento também.

    Essa citação tem tudo haver com essa questão.

    Obs: MGTOW NA VEIA.


ID
2629045
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Sociologia
Assuntos

O racismo institucional é a negação coletiva de uma organização em prestar serviços adequados para pessoas por causa de sua cor, cultura ou origem étnica. Pode estar associado a formas de preconceito inconsciente, desconsideração e reforço de estereótipos que colocam algumas pessoas em situações de desvantagem.

GIDDENS,A. Sociologia. Porto Alegre: Penso, 2012 (adaptado).


O argumento apresentado no texto permite o questionamento de pressupostos de universalidade e justifica a institucionalização de políticas antirracismo. No Brasil, um exemplo desse tipo de política é a

Alternativas
Comentários
  • O argumento apresentado pelo texto diz respeito ao racismo institucional, ou seja, uma situação política e social em que é negada a igualdade de direitos, de renda e de oportunidades a determinadas pessoas por conta da sua cor.  Um exemplo desse racismo institucionalizado é quando pesquisas apontam que brancos e negros no Brasil que ocupam a mesma função recebem salários diferentes ou quando apontam que há mais que o dobro de brancos do que negros em idade escolar nas Universidades Públicas.  Uma possível resposta política ao racismo institucionalizado é justamente a adoção de ações afirmativas como, por exemplo, as cotas raciais.

  • Como exemplos de ações afirmativas temos as cotas raciais.

  • Racismo Institucional é qualquer forma de desigualdade de direitos ou serviços prestados dentro de instituições tais como instituições publicas e privadas em que se baseia em raça. Consequentemente prejudicando o grupo racial como perda de igualdade de direitos, de renda e de oportunidades, como por exemplo cota racial que para ser implantada nas Universidades Públicas teve que passar por barreiras que foram contra essas adoção de ações afirmativas.

  • A música que o professor citou na resolução é Racionais Mcs - Capítulo 4 Versículo 3

  • Eu marquei A, porque considerei reformas no código penal como a adoção de penas contra a injuria racial, se alguém puder me esclarecer melhor porque essa alternativa não configura um exemplo de política antiracista ,eu agradeço! entendo que ações afirmativas está certo, mas n vi erro na A

  • "Ações afirmativas são políticas sociais de combate a discriminações étnicas, raciais, religiosas, de gênero ou de casta, para promover a participação de minorias no processo político, no acesso à educação, saúde, emprego, bens materiais, entre outros."


ID
2629048
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A expansão da fronteira agrícola chega ao semiárido do Nordeste do Brasil com a implantação de empresas transnacionais e nacionais que, beneficiando-se do fácil acesso à terra e água, se voltam especialmente para a fruticultura irrigada e o cultivo de camarões. O modelo de produção do agro-hidronegócio caracteriza-se pelo cultivo em extensas áreas, antecedido pelo desmatamento e consequente comprometimento da biodiversidade.

Disponível em: www.abrasco.org.br. Acesso em: 22 out. 2015 (adaptado).


As atividades econômicas citadas no texto representam uma inovação técnica que trouxe como consequência para a região a

Alternativas
Comentários
  • Apesar das consequências negativas atreladas à expansão da fronteira agrícola na região Nordeste, em especial o semiárido, houve maior participação desta região no mercado global.

  • Por eliminação

  • acertei, mas achei bem confusa essa questão.

  • É só lembrar que o enem AMA agricultura familiar ,tudo que for orgânico e biodiversidade basicamente já excluiria a c, d ,e ...

  • O Brasil é responsável por exportar aproximadamente 90% da laranja do mundo.

  • Questões como essa é somente por eliminação. Empresas comprando áreas vai ajudar como o agricultor de pequeno porte ?

  • A agricultura ligada ao agronegócio, com tecnologia de ponta, alta produtividade, complexo agroindustrial etc, está intimamente ligada à agro exportação, e, portanto, ligação com o mercado mundial.

    O que mantém o mercado interno brasileiro é a agricultura familiar, majoritariamente.

  • A grande sacada para a questão era "a implantação de empresas transnacionais e nacionais" se eu estou implanto empresas que tem grande força internacionalmente e nacionalmente e as mesmas exportam bastante, logo, eu teria uma melhor participação no mercado global, ou seja, é uma consequência positiva.

    GAB:A intensificação da participação no mercado global.


ID
2629051
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia

TEXTO I


Frantz Fanon publicou pela primeira vez, em 1952, seu estudo sobre colonialismo e racismo, Pele negra, máscaras brancas. Ao dizer que “para o negro, há somente um destino” e que esse destino é branco, Fanon revelou que as aspirações de muitos povos colonizados foram formadas pelo pensamento colonial predominante.

BUCKINGHAM, W. et al. O livro da filosofia. São Paulo: Globo, 2011 (adaptado).


TEXTO II


Mesmo que não queiramos cobrar desses estabelecimentos (salões de beleza) uma eficácia política nos moldes tradicionais da militância, uma vez que são estabelecimentos comerciais e não entidades do movimento negro, o fato é que, ao se autodenominarem “étnicos” e se apregoarem como divulgadores de uma autoimagem positiva do negro em uma sociedade racista, os salões se colocam no cerne de uma luta política e ideológica.

GOMES, N. Corpo e cabelo como símbolos da identidade negra. Disponível em: www.rizoma.ufsc.br. Acesso em: 13 fev. 2013.


Os textos apresentam uma mudança relevante na constituição identitária frente à discriminação racial. No Brasil, o desdobramento dessa mudança revela o(a)

Alternativas
Comentários
  • Sabendo que o ENEM gosta de valorizar as minorias + Noção que o ENEM crítica tudo voce acerta.

    LETRA A.

  • ''Os textos apresentam uma mudança relevante na constituição identitária frente à discriminação racial. No Brasil, o desdobramento dessa mudança revela o(a):''

    A questão está dizendo que de 1952 ( texto 1) à 2013 (texto 2) a imagem do negro formada no período da escravidão de etnias do continete africano foi alterada, de modo que, - como percebemos no texto 2 - , começaram a surgir movimentos de respeito étnico que tem crescido mesmo em uma sociedade marcada por fatores históricos que favoreceram e fortaleceram o racismo:

    '' ...ao se autodenominarem “étnicos” e se apregoarem como divulgadores de uma autoimagem positiva do negro em uma sociedade racista...'' (linha 2)

    O fato de numa sociedade racista surgirem movimentos de valorização dos traços de povos subjuldados, nesse caso os do continete Africano revela que está ocorrendo a valorização de traços culturais

    Alternativa A : valorização de traços culturais

    A palavra ''desdobramento'' no comando da questão significa algo como desenvolvimento, o resultado dessa ação/pensamento, ou seja : .... o resultado dessa mudança revela o (a)

  • Questões como essa que, infelizmente, foram excluída do ENEM pelo governo Bolsonaro.

    O ENEM, acima de tudo, é uma prova cidadã.


ID
2629054
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Está cada vez mais difícil delimitar o que é rural e o que é urbano. Pode-se dizer que o rural hoje só pode ser entendido como um continuum do urbano do ponto de vista espacial; e do ponto de vista da organização da atividade econômica, as cidades não podem mais ser identificadas apenas com a atividade industrial, nem os campos com a agricultura e a pecuária.

SILVA, J. G. O novo rural brasileiro. Nova Economia, n. 7, maio 1997.


As articulações espaciais tratadas no texto resultam do(a)

Alternativas
Comentários
  • Gab - C

    O processo de industrialização da agricultura tem eliminado gradativamente a separação entre a cidade e o campo, entre o rural e o urbano, unificando-os dialeticamente.

    Conforme a excelente explicação do procefessor, para o IBGE, o que define o que é rural, o que é urbano, é o adensamento, se mora muita gente é urbano, se mora pouca gente é rural. O tipo de atividade economica não é mais o principal fator para dizer o que é urbano o que é rural, as grandes industrias não estão mais sempre nas grandes cidades.

    A modernização da agricultura mais a desconcentração industrial gera essa confusão do que é urbano e do que é rural. Se é denso, se considera urbano, se tem muito espaço e pouca gente, se considera rural.


ID
2629057
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

O garfo muito grande, com dois dentes, que era usado para servir as carnes aos convidados, é antigo, mas não o garfo individual. Este data mais ou menos do século XVI e difundiu-se a partir de Veneza e da Itália em geral, mas com lentidão. O uso só se generalizaria por volta de 1750.

BRAUDEL, F. Civilização material, economia e capitalismo: séculos XV-XVIII; as estruturas do cotidiano. São Paulo: Martins Fontes, 1977 (adaptado).


No processo de transição para a modernidade, o uso do objeto descrito relaciona-se à

Alternativas
Comentários
  • A história do cotidiano humano nos conta diversas mudanças que passaram os hábitos e objetos humanos, uma dessas histórias é o surgimento do garfo que permitiu avanços maiores principalmente no campo do sanitarismo, já que a comida não tinha contato direto com as mãos.

     

    https://descomplica.com.br/gabarito-enem/questoes/2017-segunda-aplicacao/primeiro-dia/o-garfo-muito-grande-com-dois-dentes-que-era-usado-para-servir-carnes-aos-convidados/

  • qual o erro da b ? o.o

  • A relação entre microorganismos e doenças só se deu no século XIX, com Pasteur. É também no século XIX que nasce a ciência da epidemiologia. Até então se achava que as doenças contagiosas se espalhavam por "miasmas" do ar.

    Portanto, a alternativa (B) é um anacronismo.

  • construção de hábitos sociais.


ID
2629063
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Sociologia

Enquanto persistirem as grandes diferenças sociais e os níveis de exclusão que conhecemos hoje no Brasil, as políticas sociais compensatórias serão indispensáveis.

SACHS, I. Inclusão social pelo trabalho decente. Revista de Estudos Avançados, n. 51, ago. 2004.


As ações referidas são legitimadas por uma concepção de política pública

Alternativas
Comentários
  • "grandes diferenças sociais", "níveis de exclusão" , politicas de regulação de oportunidades como ações afirmativas, por exemplo, cotas, são indispensáveis para atenuar a desigualdade no Brasil.

  • Me sinto representado por esta questão

  • Dar tratamento isonômico às partes significa tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na exata medida de suas desigualdades”


ID
2629066
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Sociologia
Assuntos

No Brasil, assim como em vários outros países, os modernos movimentos LGBT representam um desafio às formas de condenação e perseguição social contra desejos e comportamentos sexuais anticonvencionais associados à vergonha, imoralidade, pecado, degeneração, doença. Falar do movimento LGBT implica, portanto, chamar a atenção para a sexualidade como fonte de estigmas, intolerância, opressão.

SIMÕES, J. Homossexualidade e movimento LGBT: estigma, diversidade e cidadania. In: BOTELHO, A.; SCHWARCZ, L. M. Cidadania, um projeto em construção. São Paulo: Claro Enigma, 2012 (adaptado).


O movimento social abordado justifica-se pela defesa do direito de

Alternativas
Comentários
  •  

    GAB: E    " afirmação identitária "

    Identitária - que é relativo a identidade.

  • errando essa , adeus tri

  • Letra E

    O movimento social abordado no texto (os modernos movimentos LGBT) justifica-se pela defesa do direito de afirmação identitária, como assinala a alternativa representada pela letra E. Não se trata, evidentemente, da luta pelo direito de organização sindical, nem pela participação partidária. Da mesma maneira, não se trata aqui da defesa da manifestação religiosa, e muito menos da formação profissional. Os movimentos LGBT estão relacionados com a luta pelo reconhecimento de identidades e pelo respeito a diversidade e à liberdade sexual.

  • Entendo que todos tem algum tipo de dificuldade, mas fiquei de cara com o índice de erro nessa questão. Simplesmente, ao ler que o movimento é LGBT não tem como associar a nenhuma das alternativas que não seja a E, até mesmo por eliminação.


ID
2629069
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia
Assuntos

A crítica é uma questão de distância certa. O olhar hoje mais essencial, o olho mercantil que penetra no coração das coisas, chama-se propaganda. Esta arrasa o espaço livre da contemplação e aproxima tanto as coisas, coloca-as tão debaixo do nariz quanto o automóvel que sai da tela de cinema e cresce, gigantesco, tremeluzindo em direção a nós. E, do mesmo modo que o cinema não oferece móveis e fachadas a uma observação crítica completa, mas dá apenas a sua espetacular, rígida e repentina proximidade, também a propaganda autêntica transporta as coisas para primeiro plano e tem um ritmo que corresponde ao de um bom filme.

BENJAMIN, W. Rua de mão única: infância berlinense - 1900. Belo Horizonte: Autêntica, 2013 (adaptado).


O texto apresenta um entendimento do filósofo Walter Benjamin, segundo o qual a propaganda dificulta o procedimento de análise crítica em virtude do(a)

Alternativas
Comentários
  • O texto do filósofo Walter Benjamin representa bem sua concepção de que a propaganda dificulta a análise crítica por conta do caráter ilusório das imagens. Ao aproximar o produto de um possível consumidor, a propaganda não tem nenhuma pretensão de avaliá-lo de maneira racional ou de oferecer uma opinião crítica sobre ele.

    A

  • A alternativa "A" dá uma resposta muito básica pra complexidade da questão, mas se o Enem diz que é a certa, então fazer o que.

  • Já fiz 1.000 questões do ENEM. Mas, essas questões é de fuder com quem estuda somente teoria.

    • Não testa conhecimento nenhum.

    • Ambiguo justamente para ferrar com quem não faz questão.

    • Texto sem sentido.

    • Função social zero.

  • Minha expectativa era outra ao ler as alternativas. Caráter ilusório das imagens? Cadê a dominação? Alienação? Perda da autonomia? Questão falha.

  • A questão tinha grande potencial, mas esse gabarito é de fudê

  • parem de chorar esta nitido que o gabarito correto é a letra A, que é uma questao facil .''quando o automóvel que sai da tela de cinema e cresce, gigantesco, tremeluzindo em direção a nós''., esta frase deixa claro que a resposta é a letra A, pensem comigo porque o automovel precisa aparecer imponente nas cameras ?, quem nunca foi no mc donalds e pensou que o hamburguer era gigantesco ,mas na realidade é pequeno . Varias empresas utilizam a imagem de forma ilusoria para conseguir vender seus produtos

  • Para entender o gabarito, é necessário compreender o pensamento de Benjamin e da corrente de Frankfurt, de que ele fazia parte. O texto é meramente auxiliar.

    O problema é que a maioria dos candidatos julga saber sociologia e filosofia a partir do senso comum. Nem sempre o texto vai te dar o gabarito facilmente.

    Estudem.

  • Benjamin - escola de Frankfurt; propaganda mente para vender mais.


ID
2629072
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Empreende-se um programa de investimentos em infraestrutura para oferecer as condições materiais necessárias ao processo de transformação do território nacional em um espaço da economia global. Nessa configuração territorial, destacam-se hoje pontos de concentração de tecnologias de ponta. É o caso da chamada agricultura de precisão. Nos pomares paulistas, começou a ser utilizada uma máquina, de origem norte-americana, capaz de colher cem pés de laranja por hora, sob o controle de computadores.

SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do séc. XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.


Qual a consequência socioambiental, no Brasil, da implementação da tecnologia exemplificada no texto?

Alternativas
Comentários
  • O processo de modernização iniciada com a Revolução Verde transformou a agricultura em uma atividade altamente capitalizada, na qual apenas quem possui os meios tecnológicos necessários consegue se inserir nessa nova lógica produtiva. Neste sentido, os pequenos produtores acabam excluídos do processo, o que impulsiona o êxodo rural

  • D) A redução da competitidade do pequeno produtor

     

    O investimento no processo de transformação do território nacional em um espaço da economia global, significa que a evolução das técnicas provoca uma transformação no que se refere ao espaço geográfico agropecuário, para propor um avanço nos meios de produção, proporcionadas pelo desenvolvimento de maquinários. 

    Assim, pequeno produtores tende a não conseguir acompahar a "Revolução Verde" e acabam havendo uma redução significativa na competitiviadade.

     

    Fonte:

    https://brasilescola.uol.com.br/geografia/efeitos-modernizacao-campo.htm

  • Aproveitando a oportunidade, quero destacar a possibilidade de eles tratarem, em questões desse tipo, do conceito de desemprego estrutural, o qual é provocado pela substituição da mão de obra humana por máquinas.

  • Na boa, alguém desenha, por favor! A questão pede "SOCIOAMBIENTAL", NÃO CONSIGO VER a alternativa D como correta. Não seria SOCIOECONÔMICA, então?

  • É porque é o seguinte .. interpretei dessa forma: ". É o caso da chamada agricultura de precisão. Nos pomares paulistas, começou a ser utilizada uma máquina, de origem norte-americana, capaz de colher cem pés de laranja por hora, sob o controle de computadores."

    E no comando: "Qual a consequência SOCIOambiental, no Brasil, da implementação da tecnologia exemplificada".

    Em outras palavras, se essa tecnologia implementada é capaz de Cher cem pés de laranja por hora, então um pequeno produtor despido de tamanha estrutura certamente não conseguirá competir com quem faz uso

  • A questão pede o impacto socioambiental (que pode ser impacto ou ambiental, ou social, ou ambos) causado pela mecanização.

    • A diminuição do uso intensivo do solo. [ A mecanização aumenta o uso intensivo do solo]

    • O rebaixamento do nível dos aquíferos locais. [ Não é a base da fruticultura brasileira utilizar os lençóis freáticos, sobretudo em SP]

    • A desestimulação do modelo orgânico de cultivo. [ A agricultura intensiva e a agricultura orgânica coexistem por atingir mercados diferenciados]

    • A redução da competitividade do pequeno produtor. [O pequeno produtor não consegue acompanhar a mecanização e acaba sendo obrigado a abandonar a agricultura. E apesar de implicar em dúvida essa é a resposta CORRETA]

    O enfraquecimento da atividade policultora de exportação. [ A tecnologia fortifica o mercado de exportação]

    RESPOSTA COMENTADA EM VÍDEO DO PROFESSOR

  • Se a questão pedisse a consequência social dessas tecnologias eu concordaria com o gabarito. Agora, não faz sentido NENHUM pedir a consequência SOCIOAMBIENTAL no comando da questão e a alternativa correta dizer sobre a consequência SOCIAL...

    Tenho ódio de uns trem desse


ID
2629075
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

O povo que exerce o poder não é sempre o mesmo povo sobre quem o poder é exercido, e o falado self-government [autogoverno] não é o governo de cada qual por si mesmo, mas o de cada qual por todo o resto. Ademais, a vontade do povo significa praticamente a vontade da mais numerosa e ativa parte do povo — a maioria, ou aqueles que logram êxito em se fazerem aceitar como a maioria.

MILL, J. S. Sobre a liberdade. Petrópolis: Vozes, 1991 (adaptado).


No que tange à participação popular no governo, a origem da preocupação enunciada no texto encontra-se na

Alternativas
Comentários
  • A origem da preocupação enunciada no texto acerca da participação popular no poder nos remete à consolidação da democracia representativa.  Não se trata aqui, no texto selecionado de Stuart Mill, de uma discussão que tenha origem na conquista do sufrágio universal, nem na institucionalização do voto feminino. A decadência das monarquias hereditárias e a criação do regime parlamentarista também não são o pano de fundo da discussão de Mill, mas sim a consolidação da democracia representativa que, diferentemente da democracia direta, se fundamenta na ideia de que representantes eleitos pelo povo estão legitimados a representá-los por um certo tempo.

    Comentário do site do Descomplica.

  • GAB: E

  • Pelo que eu entendi, a preocupação de que se fala do enunciado, é a que tem uma parte da população sem voz que não é ativa no que tange ao governo, ou seja, os poderosos governam para os poderosos e deixam parte da população desamparada. Depois desse raciocínio basta ver o que originou isso, analisando as alternativas:

    a) Não foi o sufrágio (voto) universal que criou esse problema, na verdade se não tivesse isso seria bem pior, algo monárquico ou ditatorial, o que é mais desigual ainda.

    b) Eu não sei bem o que é parlamentarista, mas acho que isso não se relaciona bem com o problema analisado.

    c) Ridículo essa, como que mulheres votando vai influenciar negativamente em como as minorias são oprimidas.

    d) Tá, então seria melhor com monarquias hereditárias? Uma pessoa no poder e os outros que lutem, isso é pior.

    e) Isso aí, democracia representativa, as pessoas não votam direto em quem elas jugam ser mais aptos, uma minoria que decide quem governa e coloca líderes tiranos no poder.

  • Acertei mas não entendi muito bem o texto 0_o

  • O texto diz basicamente que nesse modelo de governo os representantes eleitos não governam somente para seus eleitores ( a maioria de votantes que vence as eleições ) , mas sim para TODOS de forma equânime, visando ao bem comum como princípio basilar da democracia.


ID
2629078
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia
Assuntos

Dado que, dos hábitos racionais com os quais captamos a verdade, alguns são sempre verdadeiros, enquanto outros admitem o falso, como a opinião e o cálculo, enquanto o conhecimento científico e a intuição são sempre verdadeiros, e dado que nenhum outro gênero de conhecimento é mais exato que o conhecimento científico, exceto a intuição, e, por outro lado, os princípios são mais conhecidos que as demonstrações, e dado que todo conhecimento científico constitui-se de maneira argumentativa, não pode haver conhecimento científico dos princípios, e dado que não pode haver nada mais verdadeiro que o conhecimento científico, exceto a intuição, a intuição deve ter por objeto os princípios.

ARISTÓTELES. Segundos analíticos. In: REALE, G. História da filosofia antiga. São Paulo: Loyola, 1994.


Os princípios, base da epistemologia aristotélica, pertencem ao domínio do(a)

Alternativas
Comentários
  • O próprio texto diz que "...que nenhum outro gênero de conhecimento é mais exato que o conhecimento científico, exceto a intuição...". Isso corresponde a letra D.
    Achei confuso esse pensamento pra mim, mas é sempre tendo que seguir o pensamento do autor.

  • " intuição deve ter por objeto os princípios"-.Logo,os princípios pertencem ao domínio da intuição

  • Nessa mesma edição do Enem PPL caiu uma questão sobre Aristóteles acerca da sua inovação quanto ao conceito de Enigma. Da mesma maneira, a resolução era por interpretação de texto, embora a escrita seja um pouco confusa o gabarito irá "traduzir" o que foi explicitado pelo autor.

  • A intuição: é o pensamento do pensamento e, portanto, por mais que não pertença ao âmbito científico, é princípio dos princípios e sustenta o valor da demonstração. Ou seja, segundo Aristóteles, a intuição estaria acima do conhecimento científico, sendo a base primeira do mesmo

  • Dado que, dos hábitos racionais com os quais captamos a verdade, alguns são sempre verdadeiros, enquanto outros admitem o falso, como a opinião e o cálculo, enquanto o conhecimento científico e a intuição são sempre verdadeiros, e dado que nenhum outro gênero de conhecimento é mais exato que o conhecimento científico, exceto a intuição, e, por outro lado, os princípios são mais conhecidos que as demonstrações, e dado que todo conhecimento científico constitui-se de maneira argumentativa, não pode haver conhecimento científico dos princípios, e dado que não pode haver nada mais verdadeiro que o conhecimento científico, exceto a intuição, a intuição deve ter por objeto os princípios.

  • Os gregos são inscriveis! únicos a serem considerados fod** por falarem um monte de grosélia

  • Gente? A resposta literalmente jogada na cara pelo texto kkkkkk

    Não tô reclamando, espero que o ENEM continue assim, mas essa foi surreal

  • Estava na cara que pensei: não pode ser essa e marquei a errada. :v

  • No enunciado tem "a intuição deve ter por objeto os princípios." kkkkkkkk

  • Nunca vi esse pensamento de Aristóteles na teoria. Muitas vezes temos que nos jogar na interpretação de texto. Nesse caso, em específico, fiz até um diagrama para auxiliar.


ID
2629081
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia
Assuntos

Pude entender o discurso do cacique Aniceto, na assembleia dos bispos, padres e missionários, em que exigia nada mais, nada menos que os índios fossem batizados. Contestava a pastoral da Igreja, de não interferir nos costumes tribais, evitando missas e batizados. Para Aniceto, o batismo aparecia como sinal do branco, que dava reconhecimento de cristão, isto é, de humano, ao índio.

MARTINS, J. S. A chegada do estranho. São Paulo: Hucitec, 1993 (adaptado).


O objetivo do posicionamento do cacique xavante em relação ao sistema religioso externo às tribos era

Alternativas
Comentários
  • Devido a colonização do Brasil ter sido católica os indígenas, mesmo hoje em dia sentem-se e são excluídos, assim, até mesmo as lideranças indígenas pedem para ser incluídos na religião católica. (catolicismo, indígenas, nativos, exclusão.)

  • nossa, errei essa questão. Ela não é dificil, mas precisa de atenção. O posicionamento do cacique é o seguinte:

    ''o discurso do cacique Aniceto  exigia  que os índios fossem batizados.'' ''o batismo aparecia como sinal do branco, que dava reconhecimento de cristão, isto é, de humano, ao índio.''

    A letra E, que por sinal eu marquei...., diz o oposto disso, pois o cacique deseja uma '' aceitação social., letra C'

  • "Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor" ;)


ID
2629084
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia
Assuntos

XI. Jamais, a respeito de coisa alguma, digas: “Eu a perdi”, mas sim: “Eu a restituí”. O filho morreu? Foi restituído. A mulher morreu? Foi restituída. “A propriedade me foi subtraída”, então também foi restituída. “Mas quem a subtraiu é mau”. O que te importa por meio de quem aquele que te dá a pede de volta? Na medida em que ele der, faz uso do mesmo modo de quem cuida das coisas de outrem. Do mesmo modo como fazem os que se instalam em uma hospedaria.

EPICTETO. Encheirídion. In: DINUCCI, A. Introdução ao Manual de Epicteto. São Cristóvão: UFS, 2012 (adaptado).


A característica do estoicismo presente nessa citação do filósofo grego Epicteto é

Alternativas
Comentários
  • Na filosofia estoica,temos a caracterização do termo amor-fati,onde o sofrimento deve ser aceito como sendo parte da vida e da vontade de uma força maior,não necessariamente um Deus.

    Nessa filosofia,todo o sofrimento pela perda de coisas materiais e pessoas(que são naturalmente efêmeras) ou mesmo medo da morte,que é inevitável e se trata justamente da ausência de sentidos,é algo que atrapalha à felicidade e ao prazer bom(não sendo um prazer viciante e ruim).Logo,como não podemos controlar a vontade das coisas ou mesmo dos homem,ou seja..."abraçar o nosso destino".

     

    R=Letra "C"

  • Complementando os comentários do pessoal, Epiteto foi um escravo que, mesmo sendo escravo, aprendeu a ser feliz exercendo a sua função social. Ou seja, mesmo que lhe foi imposta uma situação de inferioridade perante um cidadão ateniense, "ele abraçou o destino", pois segundo o filósofo, o "querer" e o "poder" são incompatíveis muitas das vezes e estar apto ao pior pode ser favorável na busca da felicidade. Por exemplo: se para um escravo, a felicidade era a liberdade e ele nunca fosse liberto, ele seria infeliz por toda a vida<=> Epiteto vai justamente contra esse pensamento.

  • ''a dor é inevitável. O sofrimento é opcional''

  • Epiteto foi nada mais e nada menos que alguém passivo e que foi domesticado pelos seus senhores para que ele nunca se rebelasse contra a autoridade ou a questionasse.

  • Gabarito C

    → Estoicismo: precisamos viver através da ética, nos preocupando apenas com o que podemos transformar nossos sentimentos. E não se preocupar com o que não podemos transformar/lutar contra, exemplo: morte, envelhecimento e opiniões alheias.

    Resumindo: devemos viver de acordo com a natureza e a indiferença a tudo o que é externo do ser.

  • a) Escola Pitagórica

    b) Hedonismo/Utilitarismo

    c) gabarito

    d) entusiastas da cloroquina

    e) Cinismo

    Nível de Dificuldade : Fácil

  • Leia o comando primeiro sempre! Era só saber o conceito de estoicismo.

ID
2629087
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História
Assuntos

Mas a Primeira Guerra Mundial foi seguida por um tipo de colapso verdadeiramente mundial, sentido pelo menos em todos os lugares em que homens e mulheres se envolviam ou faziam uso de transações impessoais de mercado. Na verdade, mesmo os orgulhosos EUA, longe de serem um porto seguro das convulsões de continentes menos afortunados, se tornaram o epicentro deste que foi o maior terremoto global medido na escala Richter dos historiadores econômicos — a Grande Depressão do entreguerras.

HOBSBAWM, E. J. Era dos extremos: o breve século XX (1914-1991). São Paulo: Cia. das Letras, 1995.


A Grande Depressão econômica que se abateu nos EUA e se alastrou pelo mundo capitalista deveu-se ao(à)

Alternativas
Comentários
  • Porque as outras estão erradas:

    B) Alemanha perdeu a Prmeira Guerra.

    C) URSS só se tornou "competitiva" pós 2ª Guerra.

    D) Guerra Fria foi depois da 2ª Guerra Mundial. A crise citada na questão, em 1929.

    E) Roosevelt tomou foi o presidente dos EUA que adotou medidas de superação da crise.

  • GABARITO: A

     

    COMENTÁRIO:

    RESUMO DO ASSUNTO E RESPOSTA DO EXERCÍCIO:

    A crise de superprodução (1929)
    • Os Estados Unidos alcançaram grande expansão depois da Primeira Guerra Mundial. Exportavam produtos industrializados para a Europa e para outras partes do mundo. A euforia capitalista criou o american way of life.
    • Com o fim da guerra (1918), os países europeus voltaram a organizar sua estrutura produtiva e reduziram suas importações dos Estados Unidos. No entanto, a produção norte-americana continuava a crescer. Surgiu, então, uma crise de superprodução. O grande marco da crise foi a queda das ações na Bolsa de Nova Iorque (1929). O mundo inteiro sofreu reflexos da crise.
     

  • Mas a alternativa A fala sobre falsa perspectiva de crescimento econômico, sendo que os EUA cresceram sim após a Primeira Guerra. Não consegui entender isso.

  • Apesar de ter crescido após a 1ª Guerra, essa falsa perspectiva é devido à rápida reestruturação da Europa. À medida que os europeus iam se reestabilizando, os EUA continuava a produzir seus bens, para a exportação, em massa. Houve, portanto, um descompasso. Produtos em excesso, estoques cheios, não havia necessidade de mais trabalhadores. Logo, houveram demissões em massa, empresários querendo vender suas ações rapidamente. Resultado, a bolsa de valores quebrou.

  • Letra A

    A especulação econômica depois da vitória dos Estados Unidos foi muito positiva, assim os investimentos cresceram acima da absorção do mercado de novas mercadorias com as mercadorias nos estoques as empresas começaram a quebrar e assim os bancos investidores e depois o mundo capitalista. (crise de 1929, 1929, grande depressão, entreguerras.)

    Fonte: Descomplica

  • A) gabarito.

    B) Depois da 1a Guerra a Alemanha ficou fraquíssima porque perdeu, jamais poderia competir com ninguém, muito menos com os EUA e ainda por cima causar a Grande Depressão.

    C) A Revolução Russa (1917) foi bem antes da Grande Depressão (1929). Além disso, a URSS só foi competitiva no período da Guerra Fria.

    D) A Guerra Fria foi depois da 2a Guerra Mundial.

    E) O New Deal foi a série de programas implementados nos EUA e criada por Franklin Delano Roosevelt com o objetivo de recuperar e reformar a economia norte-americana, além de auxiliar os prejudicados pela Grande Depressão.

  • Letra A

    CRISE DE 1929

    1.Definição

    => Grave crise do sistema capitalista com origem nos EUA em 1929, e que se propaga pelo mundo na década de 1930.

    2.Antecedentes

    -Alto comércio internacional

    -Alta produtividade

    -Alta concentração de empresas

    -Alta prosperidade nos EUA

    3.Fatores

    -Super produção agrícola

    -Produção maior que o consumo

    -Crack da bolsa de Nova York

    -Alta dependência mundial em relação a economia dos EUA

    4.Consequências

    -Baixa economia Norte Americana

    -New Deal (1933).

  • Discordo, craque.

  • O historiador mostra no trecho como a grande crise do capitalismo de 1929 relacionou-se a uma falsa perspectiva de crescimento ilimitado das economias capitalistas após a Primeira Guerra Mundial. Essa euforia deveu-se de fato às enormes taxas de crescimento da economia dos Estados Unidos na década de 1920, provocadas pela nova posição de hegemonia global do país, em um contexto no qual as potências europeias estavam destruídas, e pelo salto tecnológico do modo de produção fordista, que impôs uma produção em massa de bens de consumo, a qual exigia uma sociedade de consumo também de massa e em constante expansão. Contudo, esta não conseguiu se manter por muito tempo naquele contexto, dadas as ainda precárias condições das classes médias na sociedade estadunidense. O resultado foi o início de uma crise de superprodução, que não pôde ser controlada pelo Estado liberal, já que não exercia uma ação reguladora sobre a economia. Consequentemente, a crise de superprodução evoluiu para uma crise de especulação financeira na Bolsa de Valores de Nova York, que não resistiu e quebrou, desencadeando uma crise econômica de dimensões até então inéditas.

    Logo, a resposta é a letra A


ID
2629090
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

A política de pacificação não resolve todos os problemas da favela carioca, ela é apenas um primeiro e indispensável passo para que seus moradores sejam tratados como cidadãos. As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) recuperaram um território que estava ocupado por bandidos com armas de guerra, substituíram a opressão de criminosos pela justiça formal do Estado. [Mas] se a UPP não for seguida por escola, hospital, saneamento, defensoria pública, emprego, daqui a pouco a polícia de ocupação terá que ir embora das favelas por inútil. Ou será obrigada a exercer a mesma opressão que o tráfico exercia para se proteger.

CACÁ DIEGUES. A contrapartida do lucro. O Globo, 28 jul. 2012.


Para o autor, a consolidação da cidadania nas comunidades carentes está condicionada à

Alternativas
Comentários
  • não confundir direitos civis com direitos sociais. a primeira parte trata dos direitos civis, a segunda, dos sociais.

  • DIREITOS SOCIAIS = TRABALHO, TRANSPORTE, EDUCAÇÃO, MORADIA, SAÚDE, LAZER, PREVIDÊNCIA SOCIAL, PROTEÇÃO AOS DESAMPARADOS, MATERNIDADE, ALIMENTAÇÃO, INFÂNCIA SEGURANÇA.

    GAB: A

  • De acordo com o autor, uma UPP deve ser seguida por escola (direito social de acesso à educação), hospital, saneamento (direito social de acesso à saúde), defensoria pública (direito a um advogado fornecido pelo Estado) e emprego (direito social de acesso ao trabalho). Logo, para o autor, a consolidação da cidadania nas comunidades carentes está condicionada à efetivação de direitos sociais.

  • ''Art 6: São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.'' Efetivando esses direitos os problemas sociais são reprimidos e reduzidos.

    Letra A)


ID
2629093
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História
Assuntos

O movimento abolicionista, que levou à libertação dos escravos pela Lei Áurea em 13 de maio de 1888, foi a primeira campanha de dimensões nacionais com participação popular. Nunca antes tantos brasileiros se haviam mobilizado de forma tão intensa por uma causa comum, nem mesmo durante a Guerra do Paraguai. Envolvendo todas as regiões e classes sociais, carregou multidões a comícios e manifestações públicas e mudou de forma dramática as relações políticas e sociais que até então vigoravam no país.

GOMES, L. 1889. São Paulo: Globo, 2013 (adaptado).


O movimento social citado teve como seu principal veículo de propagação o(a)

Alternativas
Comentários
  • alguem pode dizer sobre esse contexto historico

  • Todas áreas da sociedade com exceção dos grandes produtores cafeeiros, estavam unidos por uma causa: A Libertação dos Escravros de uma vez por todas. E a imprensa escrita, os livros, colaboraram muito com o movimento abolicionista.

  • Alessandro, a imprensa chega ao Brasil juntamente com a família real portuguesa, no processo de "europeização" no sentido de começar a ser permitido e incentivado aspectos que tirassem do Brasil a cara de Colônia. Logo após 1808, há a criação do Banco Nacional e do Jardim Botânico, por exemplo. Passado o Primeiro Reinado e o Período Regencial, chegamos no Segundo Reinado, e em 1888, a imprensa estava mais popular (mesmo que poucas pessoas fossem alfabetizadas) e já veiculava a campanha abolicionista, tanto pela pressão inglesa, como pela sociedade que já defendia a abolição. Os militares tiveram mais "protagonismo" um ano depois, na proclamação da Rpública.

  • Quem leu Nabuco sabe também que a letra E estaria correta também. A verdade é que o ENEM cobra conhecimentos básicos, não dá pra esperar muito deles. Quem lê muito e tem conhecimentos além do que é ensinado na sala de aula, vai se ferrar no ENEM

  • Letra A

    A campanha abolicionista ganhou força na década de 1880, e um dos meios de maior divulgação dessa causa foi a imprensa escrita. Diversos jornais divulgavam artigos favoráveis a essa causa, como o Jornal do Commercio, O Amigo do Escravo, A Gazeta da Tarde, A Liberdade, entre outros.

  • Bem isso Erick

  • Mas dentre os conhecimentos básicos cobrados no ENEM existe a interpretação de texto. Não foi perguntado quais eram os meios de propagação das ideias abolicionistas, mas a principal delas. E também quem leu Nabuco sabe que a burguesia e a sociedade "letrada" da época foi convencida e "recrutada" para o movimento porque Nabuco publicava as ideias abolicionistas em jornais estrangeiros que a burguesia brasileira lia. Com os jornais estrangeiros falando sobre abolição, eles foram convencidos.

    Não entendi qual o problema da questão.

  • Anderson Cruz, Exatamente, tem pessoas que querem esbanjar conhecimento, não só aqui, como também na prova e se esquecem que a interpretação não permite que tal alternativa seja a correta, aí se ferram e ainda vêm querer questionar o gabarito. Triste e engraçado ao mesmo tempo.

  • Concordo plenamente com Alyson Roberto. Sensato

ID
2629096
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

As rochas são desagregadas e decompostas e os materiais resultantes de sua ação, tais como seixos, cascalhos, areias, siltes e argilas, são carregados e depois depositados e, também, substâncias dissolvidas na água podem precipitar. Em virtude de sua atuação, quaisquer rochas, independentemente de suas características, podem ficar destacadas no relevo.

BELLOMO, H. R. et al. (Org.). Rio Grande do Sul: aspectos da geografia. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1997 (adaptado).


O texto refere-se à modelagem do relevo pelos processos naturais de

Alternativas
Comentários
  • Ao falar 'degradada"  e " decomposta" ele está falando sobre alterações das rochas, no caso, fenomeno físico e um químico,  respectivamente. Ele ainda diz q isso resulta em argila e etc.. Ambos fazem parte do intemperismo q é alteração das rochas e formaçao de solos e relevos.  "São carregadas"  e"subst. dissolvidas em água" mostram claramente a erosão

  • GAB: C

     

    O intemperismo, também conhecido como meteorização, consiste na alteração física e química das rochas e de seus minerais. É um importante agente no processo de formação de solos e modelador do relevo.

    Existem dois tipos de intemperismo:

    Intemperismo químico: Quebra da estrutura química dos minerais que compõe a rocha ou sedimento (material de origem). As rochas, então, sofrem um processo de decomposição. A intensidade deste intemperismo é relacionada com a temperatura, pluviosidade e vegetação, ocorrendo principalmente nas regiões intertropicais.

    Intemperismo físico: Desagregação ou desintegração do material de origem (rocha ou sedimento) sem que haja alteração química dos minerais constituintes. Ele, portanto, causa uma desagregação de fragmentos cada vez menores, conservando as características de seus minerais, aumentando a superfície de contato dos fragmentos, o que colabora com o intemperismo químico. Em regiões desérticas e de clima semiárido esse processo é mais intenso.

     

    https://brasilescola.uol.com.br/geografia/intemperismo.htm

     

    Erosão pode ser entendida como o processo de transporte de materiais intemperizados. Isto significa dizer que, os processos erosivos são responsáveis por desagregar, transportar e depositar sedimentos de um local para outro.

    Imaginemos a seguinte situação: Ocorre uma chuva intensa sobre um solo exposto, sem cobertura vegetal e a água leva para as regiões mais baixas, materiais como fragmentos de rocha, minerais, matéria orgânica e o que mais a água conseguir “carregar”. Temos neste caso um exemplo de processo erosivo.

     

    https://www.infoescola.com/geologia/erosao/

  • Letra C

    A questão aborda dois importantes agentes geomorfológicos externos, o intemperismo e a erosão. O primeiro refere-se à transformação dos materiais rochosos e o segundo ao transporte, deposição e sedimentação desses mesmo materiais, como apontado no texto.

    Fonte: Descomplica

  • ''As rochas são desagregadas e decompostas'' : Intemperismo

    O intemperismo é um conjunto de alterações (físicas, químicas ou biológicas) na rocha

    ''Materiais resultantes de sua ação(..) são carregados e depois depositados'' : Erosão

    A erosão pode ser definida como transporte ou depósito de sedimentos.

    GABARITO: C

  • fiquei entre a C e a E, mas é só lembrar que metamorfismo é um processo de FORMAÇÃO, e a questão fala de MODELAGEM, logo, letra C, em que atuam agentes exógenos, que atuam modificando o relevo.
  • https://www.youtube.com/watch?v=A3voKSAs7Vs

  • INTEPERISMO QUÍMICO: Pressão x Amplitude Térmica.

    Ex: Deserto sofre bastante inteperismo químico devido sua grande variação de temperatura. Logo, a grande quantidade de rocha existente no deserto agora é somente areia.

    INTEPERISMO FÍSICO: Chuva, Vento, Corrente Fluvial etc.

    Ex: Desmoronamento nas enconstas do rio de janeiro.

  • Intemperismo e erosão são os únicos agentes exógenos (que atuam de fora para dentro), ou seja, não importe a formaçao da rocha, todas estarão sujeitas a eles...

  • Intemperismo: processos químicos, físicos e biológicos que alteram a rocha.

    Erosão: transporte de sedimentos.

  • ao falar em desgaste/decomposta/degradada as rochas, com certeza vai ser intemperismo(desgaste rochoso)
  • Intemperismo é um agente externo modelador de relevos, capaz de transformar planaltos em depressões, planícies ou planaltos mais baixos. No intemperismo físico, mais comum em regiões secas, rochas são quebradas em pedras menores por ação das altas variações de temperaturas (se contraem e se expandem). Já no químico, mais comum no Brasil, de clima tropical e alta pluviosidade, as rochas diminuem ou até esfarelam por causa da água da chuva. Agrava a erosão, que carrega mais facilmente o que for menor. As pedras menores, oriundas desse processo, foram sedimentadas. Vale lembrar que pedras sedimentares tem camadas diferentes porque já foram rochas maiores um dia e sofreram erosão.

  • "desagregadas e decompostas"=intemperismo químico e físico

    "são carregados e depois depositados"=erosão

    GABARITO:C

  • O intemperismo físico (variação de temperatura) e químico (ação da água) é responsável pela desagregação das rochas. A erosão consiste no desgaste da superfície com remoção de partículas minerais (cascalho, argila, areia e silte) e matéria orgânica com a ação de agentes exógenos como a água e o vento. Por vezes, a combinação destes processos leva a exposição de rochas na superfície, inclusive os blocos chamados de matacões. 

    FERRETO

    LETRA C

  • letra c o unico agente exogeno( externo) das alternativas e como no texto ele citou somente coisas externas ao interior da terra, chuva e afins é letra c.


ID
2629099
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

“As recentes crises entre o Brasil e a Argentina mostram o esgotamento do modelo mercantilista no Mercosul”, afirma o diretor-geral do Instituto Brasileiro de Relações Internacionais (Ibri). A imposição argentina de cotas para produtos brasileiros, como os de linha branca, e a ameaça de adoção de salvaguardas comerciais indicam que o Mercosul foi construído sobre bases equivocadas. Segundo o diretor, a noção de que é possível exportar “sem limites” para um determinado parceiro comercial representa uma mentalidade “fenícia”, ou seja, uma visão comercial de curto prazo.

JULIBONI, M. Disponível em: http://exame.abril.com.br. Acesso em: 7 dez. 2012 (adaptado).


Nas últimas décadas foram adotadas várias medidas que objetivavam pôr fim às desconfianças mútuas existentes entre o Brasil e a Argentina. Os conflitos no interior do bloco têm se intensificado, como na relação analisada, caracterizada pela

Alternativas
Comentários
  • MACETE: União: Concessão, Permissão e Autorização Estado: Concessão Município: Concessão e Permissão
  • DICA: em algumas questões —através do verbo— é possível saber se o ato de improbidade é grave, médio ou leve. O verbo frustrar consta tanto nos atos médios quanto nos atos leves, a diferença é que nos atos médios diz respeito à frustração de licitação, e nos atos leves frustração de concurso público. Qualquer verbo que não faça parte dos atos graves e leves fará parte dos atos médios (aqueles que causam prejuízo ao erário). IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA ATOS GRAVES--> IMPORTAM ENRIQUECIMENTO ILÍCITO. Verbos: perceber(para facilitar)
  • Opção B

    O texto aponta uma medida que vem sendo adotada por alguns países visando proteger o seu mercado interno ao dificultar a concorrência dos produtos estrangeiros com os seus produtos nacionais e, portanto, adotam, por exemplo, barreiras alfandegárias, sobretaxando e tornando mais custoso um país exportar, no caso citado, para a Argentina. Essa medida contraria os objetivos da globalização.

  • A fala do professor é muito elucidativa para quem ficou em dúvida entre A e B.

  • tambem fiquei na duvida mais ao ler (A imposição argentina de cotas para produtos brasileiros) refletiu na mente LETRA

    B

  • Medida de Protecionismo Alfandegário, dificultando a importação através de aumento de taxas e protegendo o setor industrial nacional da concorrência externa.

  • GAB B

    -Linha branca: eletrodomésticos tradicionalmente pintados de branco

    A)Não é saturado, pois há mercado na Argentina para esses produtos

    B)Para proteger a indústria local de uma concorrência de produtos mais baratos ou eficientes, a Argentina protege seu mercado interno com medidas protecionistas

    C)O texto fala de um conflito econômico no MERCOSUL, não de equilíbrio

    D)O texto fala de um conflito econômico no MERCOSUL, não menciona outros países

    E)Isso significa que a indústria Argentina não é capaz de abastecer o mercado interno, isso vai contra o gabarito da questão, já quem a Argentina quer diminuir a entrada de produtos brasileiros

  • A Argentina não estabelece cotas e medidas sobre a entrada de produtos porque o mercado está saturado, se fosse esse o caso, provavelmente ela romperia as trocas. O problema é a entrada invasiva de produtos brasileiros, o que prejudica o mercado interno argentino, fazendo com que o país seja obrigado a tomar medidas protecionistas, a fim de proteger o seu setor industrial.


ID
2629105
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Os produtores de Nova Europa (SP) estão insatisfeitos com a proibição da queima e do corte manual de cana, que começou no sábado (01/03/2014) em todo o estado de São Paulo. Para eles, a produção se torna inviável, já que uma máquina chega a custar R$ 800 mil e o preço do corte dobraria. Além disso, a mecanização cortou milhares de postos de trabalho.

Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuárias e Agroindustrial (SBERA). Com proibição da queima, produtores dizem que corte da cana fica inviável. Disponível em: http://sbera.org.br. Acesso em: 25 mar. 2014.


A proibição imposta aos produtores de cana tem como objetivo

Alternativas
Comentários
  • Basta fazer a relação entre o enunciado e as alternativas!

    "Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuárias e Agroindustrial (SBERA). Com proibição da queima..."

    Gabarito (c)- reduzir a emissão de poluentes e o agravamento dos problemas ambientais

  • a) restringir o fluxo migratório e o povoamento da região. 

    O tema não aborda migração, muito menos de povoar regiões.

    b) aumentar a lucratividade dos canaviais e do setor sucroenergético.

    A lei não tem fins de aumentar o lucro, ao contrário, acaba prejudicando

    c) reduzir a emissão de poluentes e o agravamento dos problemas ambientais. 

    o texto não aborda diretamente o problema ambiental, mas ao referir a Proibição com Queima, isso fica bem CLARO nas entrelinhas.

    d) promover o desenvolvimento e a sustentabilidade da indústria intermediária.

    A PROIBIÇÃO, não tem carater de PROMOVER algo e sim de evitar, impedir, banir, interditar algo.

    e) estimulara qualificação e a promoção da mão de obra presente nos canaviais.

    A PROIBIÇÃO, não tem carater de ESTIMULAR algo e sim de evitar, impedir, banir, interditar algo

     

     

    Proibir a Queima - para que proibir?

    Evitar - que haja um agravamento no meio ambiente

    Impedir - a emissão de poluentes

    Banir - a emissão de poluentes

    Interditar - o agravamento dos problemas ambientais

  • Um dos pontos mais críticos sobre a queima da palha da cana-de-açúcar são as emissões de gases do efeito estufa na atmosfera , principalmente o gás carbônico (CO2), como também o monóxido de carbono (CO), óxido nitroso (N2O), metano (CH4) e a formação do ozônio (O3), além da poluição do ar atmosférico pela fumaça e fuligem.

    Os compostos nitrogenados oriundos da emissão do óxido nitroso são responsáveis por provocar problemas ambientais como a chuva ácida que contamina as águas e os solos, tendo grande potencial para afetar a biodiversidade e provocar declínio nas florestas naturais e mortandade de peixes

    A queima tem causado perdas da ordem de 30% da matéria-prima, que poderia ser aproveitada para a produção de biogás ou geração de energia de biomassa ao ser utilizada em caldeiras.

  • Bem,coloquei B.

    Pois penso que as maquinas em si,não são sustentáveis,poluindo também a atmosfera.


ID
2629108
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A luta contra o racismo, no Brasil, tomou um rumo contrário ao imaginário nacional e ao consenso científico, formado a partir dos anos 1930. Por um lado, o Movimento Negro Unificado, assim como as demais organizações negras, priorizaram em sua luta a desmistificação do credo da democracia racial, negando o caráter cordial das relações raciais e afirmando que, no Brasil, o racismo está entranhado nas relações sociais. O movimento aprofundou, por outro lado, sua política de construção de identidade racial, chamando de “negros” todos aqueles com alguma ascendência africana, e não apenas os “pretos”.

GUIMARÃES, A. S. A. Classes, raças e democracia. São Paulo: Editora 34, 2012.


A estratégia utilizada por esse movimento tinha como objetivo

Alternativas
Comentários
  • Combater discriminações étnicas, incluindo inclusive aqueles com ascendência africana!


ID
2629111
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

No primeiro semestre do ano de 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF), a mais alta corte judicial brasileira, prolatou decisão referente ao polêmico caso envolvendo a demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol, onde habitam aproximadamente dezenove mil índios aldeados nas tribos Macuxi, Wapixana, Taurepang, Ingarikó e Paramona — em julgamento paradigmático que estabeleceu uma série de conceitos e diretrizes válidas não só para o caso em questão, mas para todas as reservas indígenas demarcadas ou em processo de demarcação no Brasil.

SALLES, D. J. P C. Disponível em: www.ambito-juridico.com.br. Acesso em: 30 jul. 2013 (adaptado).


A demarcação de terras indígenas, conforme o texto, evidencia a

Alternativas
Comentários
  • Esse prof é muito top! 

  • Gabarito B

    função do Direito na organização da sociedade.

     


ID
2629114
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História
Assuntos

Nos primeiros anos do governo Vargas, as organizações operárias sob controle das correntes de esquerda tentaram se opor ao seu enquadramento pelo Estado. Mas a tentativa fracassou. Além do governo, a própria base dessas organizações pressionou pela legalização. Vários benefícios, como as férias e a possibilidade de postular direitos perante as Juntas de Conciliação e Julgamento, dependiam da condição de ser membro de sindicato reconhecido pelo governo.

FAUSTO, B. História concisa do Brasil. São Paulo: Edusp; Imprensa Oficial do Estado, 2002 (adaptado).


No contexto histórico retratado pelo texto, a relação entre governo e movimento sindical foi caracterizada

Alternativas
Comentários
  • Uma das características do Estado Novo era o corporativismo, o que puxava as políticas varguistas para o lado da conciliação das lutas de classe nos sindicatos “oficiais”, além disso, temos a influência trabalhista que valorizava o trabalhador como na criação da CLT. (Vargas, Trabalhismo, Corporativismo, Estado Novo).

  • ...dependiam da condição de ser membro de sindicato reconhecido pelo governo.

    letra e

  • ...as organizações operárias sob controle das correntes de esquerda tentaram se opor ao seu enquadramento pelo Estado.

    ...dependiam da condição de ser membro de sindicato reconhecido pelo governo.

  • Sindicato Pelego ...subordinação dos sindicatos ao executivo

  • Letra E

    Vargas criou uma política de governo que ficou conhecida como trabalhismo. Ela visava vincular o apoio do trabalhador ao governo através da concessão de uma série de benefícios trabalhistas. Tal política funcionou bem durante toda a Era Vargas.  

    Fonte:https://araoalves.blogspot.com/2018/05/prova-de-historia-com-gabarito.html

  • Letra E

    Quando se fala em Era Vargas, se fala em criação de direitos trabalhistas, pois foi com isso que Getúlio Vargas ganhou destaque entre a população, se tornando querido pelo " povao ".

    Getúlio Vargas o " Pai dos Pobres ".

  • Letra E

    Quando se fala em Era Vargas, se fala em criação de direitos trabalhistas, pois foi com isso que Getúlio Vargas ganhou destaque entre a população, se tornando querido pelo " povao ".

    Getúlio Vargas o " Pai dos Pobres ".

  • Letra E

    Quando se fala em Era Vargas, se fala em criação de direitos trabalhistas, pois foi com isso que Getúlio Vargas ganhou destaque entre a população, se tornando querido pelo " povao ".

    Getúlio Vargas o " Pai dos Pobres ".

  • a tutela do Estado: a comando,em administração do Estado.Ou seja,os sindicatos trabalhistas eram meio que monitorados pelo Governo


ID
2629117
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

TEXTO I


A Resolução n° 7 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) passou a disciplinar o exercício do nepotismo cruzado, isto é, a troca de parentes entre agentes para que tais parentes sejam contratados diretamente, sem concurso. Exemplificando: o desembargador A nomeia como assessor o filho do desembargador B que, em contrapartida, nomeia o filho deste como seu assessor.

COSTA, W. S. Do nepotismo cruzado: características e pressupostos. Jusnavigandi, n. 950, 8 fev. 2006.


TEXTO II


No Brasil, pode-se dizer que só excepcionalmente tivemos um sistema administrativo e um corpo de funcionários puramente dedicados a interesses objetivos e fundados nesses interesses.

HOLANDA, S. B. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1993.


A administração pública no Brasil possui raízes históricas marcadas pela

Alternativas
Comentários
  • Gabarito D

    prevalência das vontades particulares.

  • Letra D

    O poder no Brasil é permeado pelos anseios particulares dos agentes políticos, essas estruturas são herdadas desde os tempos coloniais, que tinha uma administração baseadas nesses valores que confundem o público com o privado.

    Fonte: Descomplica

  • O exemplo dado de que o cara nomeou o filho dele, e esse outro parente mostra que a questão quer um negócio subjetivo, tipo, cada pessoa faz o "que quer".

  • Brasilzão


ID
2629120
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História

Penso, pois, que o Carnaval põe o Brasil de ponta-cabeça. Num país onde a liberdade é privilégio de uns poucos e é sempre lida por seu lado legal e cívico, a festa abre nossa vida a uma liberdade sensual, nisso que o mundo burguês chama de libertinagem. Dando livre passagem ao corpo, o Carnaval destitui posicionamentos sociais fixos e rígidos, permitindo a “fantasia”, que inventa novas identidades e dá uma enorme elasticidade a todos os papéis sociais reguladores.

DAMATTA, R. O que o Carnaval diz do Brasil. Disponível em: http://revistaepoca.globo.com. Acesso em: 29 fev. 2012.


Ressaltando os seus aspectos simbólicos, a abordagem apresentada associa o Carnaval ao(à)

Alternativas
Comentários
  • GAB: A  - inversão de regras e rotinas estabelecidas.

     

  • jura?

  • no shit, sherlock

  • o Carnaval põe o Brasil de ponta-cabeça

    Num país onde a liberdade é privilégio de uns poucos e é sempre lida por seu lado legal e cívico, a festa abre nossa vida a uma liberdade sensual

    o Carnaval destitui [afasta] posicionamentos sociais fixos e rígidos

     

    Ideia de iversão

  • Penso, pois, que o Carnaval põe o Brasil de ponta-cabeça. Todo o resto do texto fala sobre isso, meio óbvio não, pois é, ENEM PPL irmão. Quer mais difícil? Vê o ENEM normal a partir de 2017.


ID
2629123
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Filosofia
Assuntos

A definição de Aristóteles para enigma é totalmente desligada de qualquer fundo religioso: dizer coisas reais associando coisas impossíveis. Visto que, para Aristóteles, associar coisas impossíveis significa formular uma contradição, sua definição quer dizer que o enigma é uma contradição que designa algo real, em vez de não indicar nada, como é de regra.

COLLI, G. O nascimento da filosofia. Campinas: Unicamp, 1996 (adaptado).


Segundo o texto, Aristóteles inovou a forma de pensar sobre o enigma, ao argumentar que

Alternativas
Comentários
  • Bom, eu pensei assim ''A definição de Aristóteles para enigma é totalmente desligada de qualquer fundo religioso: '' com isso ja da pra eliminar a letra A, B e D. Daí, '' para Aristóteles, associar coisas impossíveis significa formular uma contradição, sua definição quer dizer que o enigma é uma contradição que designa algo real, em vez de não indicar nada, como é de regra. '' Ou seja, ele n fala sobre coisas irrais ( letra E) e sim reais  intt fui na C. 

  • Sempre a resposta está no enunciado

  • Pensei assim:

    1º A definição de Aristóteles para enigma é totalmente desligada de qualquer fundo religioso.

    2º Para Aristóteles, associar coisas impossíveis significa formular uma contradição.

    3º Para Aristóteles o enigma é uma contradição que designa algo real, ou seja, o Enigma é uma associação de coisas impossíveis para designar algo real.

    Nesse caso é a resposta C no qual o enigma é uma contradição que diz algo de real e algo de impossível ao mesmo tempo.

  • 4 minutos nessa questão. Achei difícil, mas consegui desvendar o "Enigma". rs

  • Muito bem Brenno agora va fazer de matemática pra vê se está nos enunciados.

  • Que assim seja em 2019 Brenno.

  • enunciado easy peasy gente, só focar um pouquinho

    Enigma: dizer coisas reais associando coisas impossíveis

    Associar coisas impossíveis: formular uma contradição

    Assim, o enigma é uma contradição que designa algo real.

    Logo, Aristóteles argumentou que o enigma é uma contradição que diz algo de real e algo de impossível ao mesmo tempo.

  • Odeio filosofia -_-

  • Não é só você, Aline.

  • RESPOSTA NO TEXTO: enigma é uma contradição que designa algo real

    RESPOSTA NO ENUNCIADO: o enigma é uma contradição que diz algo de real e impossível ao mesmo tempo.

    Mudaram somente a palavra " designa" por "diz" e colocaram nas alternativas.

  • Letra C

    Segundo o texto, Aristóteles inova na sua noção de enigma na medida em que argumenta que o enigma é uma contradição que diz algo de real e algo de impossível ao mesmo tempo, alternativa representada pela letra C. O enigma, segundo Aristóteles, é uma contradição na medida em que associa coisas impossíveis, mas trata-se de uma contradição que designa algo de real. A alternativa C é a única que traduz corretamente esse raciocínio.

  • Aristóteles foi quem criou as regras do raciocício lógico, são elas:

    Identidade: Uma proposição é sempre ela mesma.

    Não contradição: Ou falso ou verdadeiro, não ambos.

    Terceiro excluído: Não existe outra hipótese além de verdadeiro e falso.

    Basicamente, não tem como você afirmar uma coisa real (verdadeira) associando coisas impossíveis (falso), fazendo isso você está sendo contraditório pois o princípio da não contradição explica que ou é V ou é F. Por isso, o enigma é uma contradição que diz algo de real e algo de impossível ao mesmo tempo. Alternativa C.


ID
2629126
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
História
Assuntos

Art. 1° - O estrangeiro que, por qualquer motivo, comprometer a segurança nacional ou a tranquilidade pública, pode ser expulso de parte ou de todo o território nacional.

Art. 2° - São também causas bastantes para a expulsão:


1ª) a condenação ou processo pelos tribunais estrangeiros por crimes ou delitos de natureza comum;

2ª) duas condenações, pelo menos, pelos tribunais brasileiros, por crimes ou delitos de natureza comum;

3ª) a vagabundagem, a mendicidade e o lenocínio competentemente verificados.

BRASIL. Lei 1.641, de 7 de janeiro de 1907. Disponível em: www2.camara.leg.br. Acesso em: 29 ago. 2012 (adaptado).


No início do século XX, na transição do trabalho escravo para o livre, os objetivos da legislação citada eram

Alternativas
Comentários
  • Alguém pode explicar porque eu acredito que a alternativa correta seja a letra "D", visto que em nenhum momento do enunciado fala sobre disciplinar trabalhador.

     

  • Alisson Carvalho também não entendi viu.

  • tá ai o ponto chave do ENEM. Acabou aquele ENEM que dava para responder somente interpretando as questões,agora você deve se aprofundar muito bem nos assuntos para SABER, além de,muita das vezes, ter uma bola de cristal.

  • eu acho que se não tivesse o texto seria mais fácil resolver a questão rsrs

  • No inicio do seculo XX, Vargas propos a lei das cotas, que parava a imigraçao e dizia que emprego era para os brasileiros, pois a mao de obra que tinha vindo da europa era influenciada a contestar, querendo criar sindicatos e movimentos trabalhistas. Dessa forma Vargas estimulou leis que disciplinavam trabalhadores estrangeiros e nao deixassem criar movimentos socias.

    GAB: A

  • Eu também coloquei a letra "D", não entendi muito bem... 

  • A alternativa "D" está certa historicamente, de fato, pois no período relatado houve um grande fluxo migracional promovido pelo governo brasileiro e, também, a marginalização de "indesejáveis". Porém a legislação citada não dispõe sobre a criação das condições para a ocorrência deste movimento migratório ou o isolamento de qualquer grupo. Na verdade ela regula sobre temas caros à segurança nacional e a tranquilidade pública. No período do início do século XX, o direito à livre manifestação não se dava da forma como é pensado atualmente. A associação a grupos político - sobretudo contrários ao governo - e a reivindicação de direitos muitas vezes eram encarados como fatores associados à perturbação da ordem pública, por isso a alternativa A estaria correta, ao ser a que melhor se encaixa em relação ao texto em questão.

  • Marquei a D vei kkk

  • Letra A

    a) disciplinar o trabalhador e evitar sua participação em movimentos políticos contrários ao governo.

    Verdadeiro. O trecho da legislação acima traz as punições que um estrangeiro poderia sofrer caso cometesse crimes ou promovesse a desordem. Essa era uma preocupação do governo que já estava enfrentando diversas revoltas.

    b) estabelecer as condições para a vinda dos imigrantes e definir as regiões que seriam ocupadas.

    Falso. A legislação citada não trata desse aspecto da imigração.

    c) demonstrar preocupação com as condições de trabalho e favorecer a organização sindical.

    Falso. O governo não estava atendendo às reivindicações dos trabalhadores, por isso estava enfrentando muitas revoltas.

    d) criar condições políticas para a imigração e isolar os imigrantes socialmente indesejáveis.

    Falso. O objetivo dessa legislação era evitar que os estrangeiros participassem de movimentos contra o governo. Os imigrantes indesejáveis seriam expulsos do país.

    e) estimular o trabalho urbano e disciplinar as famílias estrangeiras nas fábricas.

    Falso. A legislação citada não demonstra preocupação com o incentivo do trabalho urbano.

  • Nossa, nada a ver!!

  • A letra A é a única que adequa o enunciado ao texto, sendo que as outras sugerem ações que fogem do contexto ou que não seriam adequadas de se praticar.

  • Bem complexo esse gabarito. O texto não apresenta informações sobre trabalhador. Ao meu ver, qualquer pessoa pode ser condenada em um processo comum. É como as outras questões do ENEM precisam ter ligação com o que expõe o texto e até mesmo a bibliografia.

    Questão bizarra.

  • Art. 1° - O estrangeiro que, por qualquer motivo, comprometer a segurança nacional ou a tranquilidade pública, pode ser expulso de parte ou de todo o território nacional.

    No período do início do século XX, o direito à livre manifestação não se dava da forma como é pensado atualmente: a associação a grupos políticos - sobretudo contrários ao governo - e a reivindicação de direitos muitas vezes eram encarados como fatores associados à perturbação da ordem/tranquilidade pública. (trecho do comentário do João Victor)

    ***************************************************************************

    Art. 2° - São também causas bastantes para a expulsão:

    (...)

    3ª) a vagabundagem, a mendicidade e o lenocínio competentemente verificados.

    Quando a legislação fala em proibição da vagabundagem, a mendicidade e o lenocínio (trabalho de cafetina/cafetão) para os estrangeiros, ela está disciplinando esses trabalhadores.

    ***************************************************************************

    Logo, os objetivos da legislação citada eram disciplinar o trabalhador e evitar sua participação em movimentos políticos contrários ao governo, especialmente os estrangeiros ex escravos, dado que eram eles que tinham mais tendência a seguir esses caminhos na sociedade da época (lembre-se que eles aboliram a escravatura mas não oferecem NENHUM apoio social aos ex escravos, o que os levava à "vagabundagem, mendicidade e lenocínio" e/ou associação a grupos políticos contrários ao governo).

    ****************************************************************************

    Essa confusão na questão não testa conhecimento, é só pura maldade pra induzir o candidato ao erro, coisa de examinador infeliz

  • A Banca deu um Xeque-Mate nos candidatos.

  • A letra A está correta de acordo com o contexto. Já a letra D está correta de acordo com o texto. Se você marcou a letra D, parabéns, você fez certo em não extrapolar o texto, pois você erraria praticamente todas as questões se fizesse isso. Alem de que, o texto induz você a acreditar que o tema tradado é muito mais sobre a imigração do que o trabalho (apesar de ambos estarem relacionados). Certamente, se essa prova não fosse PPL, essa questão teria sido contestada.

  • Essa questão é sacanagem kkkkkk 1 ano depois eu errei ela dnv :( como o Matheus disse, tem que ter bola de cristal mesmo KKKKK

  • Engraçado ver uma galera dando piruetas mil para justificar o injustificável. A (D) também está correta.

    "Criar condições políticas para a imigração" → Sim, de fato, já que havia também resistência (para não dizer xenofobia) de parcela da população em relação aos imigrantes. Nesse sentido, a legislação garante a esses setores conservadores que a imigração não ocorrerá de qualquer maneira. Ademais, a legislação está concebendo mecanismos formais para que se dê a vinda de estrangeiros. Como isso não seria criar condições políticas? Migrar fora da lei é crime. Migrar dentro da lei é uma política de Estado.

    "Isolar os imigrantes socialmente indesejáveis" → Sim, inclusive os que se manifestassem de forma contrária ao governo. Mas não só. Socialmente indesejável é não somente o anarquista italiano, mas também os doentes mentais, os alcoólatras, as sufragistas etc. A lei está isolando essas pessoas, na medida em que está tolhendo os seus direitos. Percebem como esse segmento é mais inclusivo que o da alternativa (A)?

    Esta questão é uma piada de mal gosto com o estudante.

  • Errei a questão também, porém creio que o erro da alternativa D esteja no isolar "criar condições políticas para a imigração e isolar os imigrantes socialmente indesejáveis." Eles não isolavam e sim expulsavam do país "pode ser expulso de parte ou de todo o território nacional." Mas, para não induzir ao erro ou da FAKE NEWS, isso não é uma resolução e sim uma opinião.

  • Tá aí o tipo de questão que eu concordo que metam a mão para tirar da prova


ID
2629129
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A conclusão tardia e perversa para o meio ambiente é o verdadeiro desastre ecológico e econômico ocasionado pelo plantio de café em terrenos declivosos. E o mais grave é que tal lavoura continua a ser praticada em moldes não muito diferentes daqueles que arrasaram florestas, solos e águas no século XIX.

SOFIATTI, A. Destruição e proteção da Mata Atlântica no Rio de Janeiro: ensaio bibliográfico acerca da eco-história. História, Ciências, Saúde, n. 2, jul.-out. 1997.


A atividade agrícola mencionada no texto provocou impactos ambientais ao longo do século XIX porque

Alternativas
Comentários
  • A resposta correta é a letra A, pois a produção de café era desenvolvida a apartir do modelo plantation, em que sua característica é um modelo extensivo, latifundiários e monocultor.

  • E quais impactos ecológicos ocasionam o plantation?

  • Uai

    Mas o modelo extensivo n é aquele menos prejudicial ao solo, o qual tem como vantagem a reduzida exaustão de nutrientes do solo e controle natural das pragas?

  • Nossa, confudi ocupação " para plantar café " com ocupação " populacional ".

  • Solos declivosos são inaptos para o plantio de café, sabe. Tem até uma pegadinha na letra b, fazendo menção à terra roxa, pois o café, em SP, no início era cultivado em solo íngreme, mais suscetível a erosão, desgaste etc. HOJE (não à época), é plantado no tipo de solo mais fértil do mundo, alcunhado terra roxa, rs.

    A a letra correta é 'a'.

  • Sem sentido.. por q dia#0$ esse tipo de cultivo era utilizado nas plantações de café, e pq é prejudicial ao solo??

  • A questão se relaciona com a ocupação extensiva na chamada agricultura itinerante ou roça tropical. Assim, há o uso indevido do solo, ou de terrenos impróprios que causam impactos ambientais, como o esgotamento do solo a partir de técnicas rudimentares. No caso da plantação em terrenos declivosos, pode haver assoreamento de rios, lagos, pelo deslizamento dessa faixa de terra.


ID
2629135
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Na antiga Vila de São José del Rei, a atual cidade de Tiradentes (MG), na primeira metade do século XVIII, mais de cinco mil escravos trabalhavam na mineração aurífera. Construíram sua capela, dedicada a Nossa Senhora do Rosário. Na fachada, colocaram um oratório com a imagem de São Benedito. A comunidade do século XVIII era organizada mediante a cor, por isso cada grupo tinha sua irmandade: a dos brancos, dos crioulos, dos mulatos, dos pardos. Em cada localidade se construía uma igreja dedicada a Nossa Senhora do Rosário. Com a decadência da mineração, a população negra foi levada para arraiais com atividades lucrativas diversas. Eles se foram e ficou a igreja. Mas, hoje, está sendo resgatada a festa do Rosário e o Terno de Congado.

CRUZ, L. Fé e identidade cultural. Disponível em: www.revistadehistoria.com.br. Acesso em: 4 jul. 2012.


Na lógica analisada, as duas festividades retomadas recentemente, na cidade mineira de Tiradentes, têm como propósito

Alternativas
Comentários
  • A retomada das festividades, busca valorizar a cultura local e a cultura africana que também mantinham costumes católicos.

  • Letra A

    As duas festividades retomadas recentemente na cidade mineira de Tiradentes visa, efetivamente, valorizar a cultura afrodescendente e suas tradições religiosas. A festa do Rosário e o Terno do Congado estão relacionadas, de acordo com o texto, com a cultura dos negros do Brasil e sua retomada mostra, portanto, a preocupação de valorizar essa cultura como um importante traço cultural de nosso país.

    Fonte: Descomplica

  • O plano de fundo é o sincretismo religioso.

  • Sincretismo Religioso:

    Ao longo do tempo, as religiões vão sofrendo algumas mudanças em suas estruturas, especialmente influenciadas pelas transformações da própria sociedade.

    Estas religiões podem incorporar manifestações e crenças de outras religiões, porém, sem deixar suas características básicas originais.

    Essa confluência entre várias religiões, onde os traços destas de mesclam, embora se mantenham as condições que embasam cada uma delas, é chamada de sincretismo religioso.

  • Bastava uma interpretação básica nem precisava saber o que era sincretismo religioso e a origem dessas festividades.

    "Com a decadência da mineração, a população negra foi levada para arraiais com atividades lucrativas diversas. Eles se foram e ficou a igreja. Mas, hoje, está sendo resgatada a festa do Rosário e o Terno de Congado."

    Se está sendo resgatado é porque foi perdido e foi perdido quando os negros saíram, logo, são festividades que retratam a cultura negra.

    GABARITO A:valorizar a cultura afrodescendente e suas tradições religiosas.

    A fonte também dava um norte do GABARITO  "Fé e identidade cultural"


ID
2629138
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

A utilização dos métodos da Revolução Verde (RV) fez com que aumentasse dramaticamente a produção mundial de alimentos nas quatro últimas décadas, tanto assim que agora se produz comida suficiente para alimentar todas as pessoas do mundo. Mas o fundamental é que, apesar de todo esse avanço, a fome continua a assolar vastas regiões do planeta.

LACEY, H.; OLIVEIRA, M. B. Prefácio. In: SHIVA, V. Biopirataria: a pilhagem da natureza e do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 2001.


O texto considera que para erradicar a fome é necessário

Alternativas
Comentários
  • Questão mal feita, o texto em nenhum momento fala de como erradicar a fome...

  • mas fala de alimentos, o que possui relação. a questão não foi mal feita.

  • ...agora se produz comida suficiente para alimentar todas as pessoas do mundo. Mas o fundamental é que, apesar de todo esse avanço, a fome continua a assolar vastas regiões do planeta.

    o que é preciso para erradicar a fome? mais alimentos?? porém, mesmo com tantos alimentos milhoes de pessoas passam fome, e porque elas passam fome? essas pessoas vivem em pobreza extrema, se já n é facil pra quem ganhar um salario minimo imagina pra quem n ganha nem 1/3 disso 

    isso se dá pela má destribuicao de renda...

  • Realizando as questões do Enem, conclui que: Independente do texto de base da questão é melhor responde-lá com o conhecimento prévio do candidato sobre o assunto. As causas da fome são a má distribuição de renda ou concentração fundiária (principalmente nos países que foram colônia como o Brasil afetado pela Capitanias Hereditárias, Grilagem de Terras, Lei de Terras).

  • Sinceramente eu acertei a questao apenas pq tinha um conhecimento previo..

    entretanto falando mais sinceramente ainda, o Enem em nenhum momento diz em como erradicar a fome, ou seja voce tem que deduzir.. A maioria das questoes do Enem é uma piada

  • Questão feita na pressa pelo examinador, só pode kkkkkk

    O trecho diz apenas duas coisas: hoje tem comida suficiente para todos no mundo, mas ainda existe fome.

    Acredito que ao longo do texto completo o autor tenha sim abordado o motivo de persistência desse problema (que é a concentração de renda, claro), mas no trecho dado pela prova, não.

    Para acertar é necessário o conhecimento prévio de que falta distribuir renda para erradicar a fome.

    O examinador claramente se equivocou ao colocar "o texto considera", pois aquele trecho ali NÃO fala isso.

  • Temos comida, mas ainda temos fome. Em outras palavras, há a concentração alimentar em algumas regiões do mundo e, portanto, falta para outros, seja devido a N fatores. Dessa forma, para superar esse problema, de forma geral, basta somente distribuir a renda alimentar.

    PS: favor não confundir renda com o significado restrito monetário, já que renda é uma forma de produto, nessa situação, o alimento.

  • todos os textos que li sobre a revolução verde, falam na nova maneira de se produzir alimentos pois a população do mundo aumentou muito, só que nesse mundo capitalista só come quem tem dinheiro quem não tem dinheiro não come, ponto final.

  • O texto não diz nada kkkk Essa é boa.

  • GABARITO: A

    Um dos argumentos em favor da Revolução Verde é que ela acabaria com a fome, visto que com o crescimento da produção de alimentos toda a população mundial teria acesso è eles. Porém, mesmo com a Revolução tendo ocorrido, verifica-se uma grande quantidade de pessoas que passam fome, pessoas essas que, em muitos casos, vivem abaixo da linha de pobreza. Portanto, comprovou-se que a fome não é resultado da falta de alimentos, mas da má distribuição deste, já que apenas quem pode comprar é que pode ter acesso à eles.

    Equipe Descomplica

  • Eu tô bem assustado com a quantidade de pessoas alegando que a questão é mal formulada por não terem visto qualquer relação com o excesso de produção de alimentos e aumento da fome com má distribuição de renda. Chega a ser assustador. Nós, brasileiros, cruzamos com a miséria e a fome todos os dias ao sair de casa. Pedintes, mendigos, pessoas morando embaixo de viaduto, na rua... vocês acham que essas pessoas estão com fome por qual motivo senão pela má distribuição de renda? Estenda isso para o planeta inteiro. 3% da população mundial detém 99% de toda a riqueza do planeta. E o que sobra para os 97% da população?

    A questão é bem simples para quem percebe o que está ao nosso redor e tem o mínimo de consciência política.

  • Eu acredito que a questão exija um conhecimento anterior sobre o problema da fome no mundo. O texto fala que temos uma produção alta, mas deixa bem escondido a má distribuição da comida. A questão não foi mal formulada, mas com com certeza não está evidente esse problema para todos.

  • É EXTREMAMENTE CLARO QUE A RESPOSTA É A ALTERNATIVA (A).

    É só utilizar o raciocínio lógico, não adianta absolutamente nada ter bastante comida se as pessoas não conseguem comprar.

    E também por eliminação é a única alternativa que sobra.

  • A (E) não está de todo errada, visto que os grandes bolsões de miséria, no mundo, atualmente, estão na África Subsaariana, no subcontinente indiano e nas regiões de conflito armado (Síria, Afeganistão etc.). Essas regiões têm sim graves problemas de infraestrutura. No entanto, se pararmos para pensar, essa situação está contida na má distribuição de recursos entre os Estados. A alternativa (A) é o gabarito porque é mais abrangente.

  • fiquei em dúvida entre as alternativas A e B, e claramente marcaria a A se não houvesse no enunciado o seguinte dizer: "o texto considera..". Afinal, não há nada no texto que remete à resposta correta. Enfim, fazer o que, né.

  • Dica para vcs responderem qualquer questão do Enem sobre fome: a comida vai a onde o dinheiro está, e pronto. A resposta vai ser qq coisa que tenha a ver com isso, na maioria não importa nem o enunciado.


ID
2629141
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

As intervenções da urbanização, com a modificação das formas ou substituição de materiais superficiais, alteram de maneira radical e irreversível os processos hidrodinâmicos nos sistemas geomorfológicos, sobretudo no meio tropical úmido, em que a dinâmica de circulação de água desempenha papel fundamental.

GUERRA, A. J. T.; JORGE, M. C. O. Processos erosivos e recuperação de áreas degradadas. São Paulo: Oficina de Textos, 2013 (adaptado).


Nesse contexto, a influência da urbanização, por meio das intervenções técnicas nesse ambiente, favorece o

Alternativas
Comentários
  • A enxurrada é o escoamento superficial concentrado e com alta energia de transporte, que pode ou não estar associada a áreas de domínio dos processos fluviais.

  • Pensei o seguinte: Urbanização é "igual" asfalto,fica mais fácil pensar dessa maneira. Portanto,a mais adequada é a B,pois se tem asfalto,logo tera o escoamento da água e não filtração.

    Letra A: não tem como,pois se a água não filtra,não pode abastecer o lençol freatico e a mema lógica serve para a letra E.

    Letra C: também não tem como,pois como a água vai evaporar se foi escoada 

    Letra D: também não pode,pois subsupérfície fica" a baixo do solo",não tem como a água atravessar o asfalto,kkk

    Espero ter ajudado,caros vestibulandos!!!

  • Eu acho q a letra E não pode ser porque com a impermeabilidade do solo tudo q há de sedimento vai para as bacias ocorrendo o assoreamento dos rios, ou seja, transbordamento.

  • Impactos ambientais do processo de urbanização são consideráveis e o texto de apoio os aborda frisando as caraterísticas geomorfológicas e climáticas envolvidas no processo. O enunciado busca a consequência mais adequada a intervenção técnica relacionada ao processo de urbanização. 
    A) Abastecimento do lençol freático ocorre quando a chuva se infiltra no solo e fica retida no subsolo. Em ambientes urbanos isto pouco ocorre devido a impermeabilização das superfícies em geral. 

    B) Escoamento superficial ocorre quando a água da chuva que não se infiltra no solo escoa em direção aos pontos mais baixos do terreno. Em ambientes urbanos altamente impermeabilizados o escoamento superficial aumenta bruscamente causando alagamentos e transbordamento de rios e demais corpos hídricos. Alternativa correta. 

    C) Evapotranspiração é a perda de água do ambiente para a atmosfera, o que é bem reduzido em espaços urbanos onde há pouca vegetação e áreas úmidas. 

    D) Esse fenômeno não possui relação com as intervenções técnicas de ambientes urbanos.

    E) Bacias hidrográficas são compostas por uma rede de drenagem composta por diversos rios e córregos que drenam a superfície das áreas mais altas para mais baixas. Não possui relação direta com as intervenções técnicas relacionadas no texto.
     



    Gabarito do professor: B
  • Deve ter +10 questões do enem que falam SÓ de escoamento superficial...

  • A água precipitada ou infiltra no solo ou evapora ou escoa. Não há outras possibilidades.

    Concreto, asfalto e paralelepípedo (resumindo: urbanização), ao reduzirem a primeira parcela do balanço (infiltração), intensificam sobremaneira o escoamento superficial, provocando erosão, enxurradas, enchentes e propagação de doenças.

    Gabarito : (B)

  • Esse tipo de questão é tão obvia que dá medo de ser pegadinha


ID
2629147
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Em um governo que deriva sua legitimidade de eleições livres e regulares, a ativação de uma corrente comunicativa entre a sociedade política e a civil é essencial e constitutiva, não apenas inevitável. As múltiplas fontes de informação e as variadas formas de comunicação e influência que os cidadãos ativam através da mídia, movimentos sociais e partidos políticos dão o tom da representação em uma sociedade democrática.

URBINATI, N. O que torna a representação democrática? Lua Nova, n. 67, 2006.


Esse papel exercido pelos meios de comunicação favorece uma transformação democrática em função do(a)

Alternativas
Comentários
  • Democracia é um regime político em que todos os cidadãos elegíveis participam igualmente — diretamente ou através de representantes eleitos — na proposta, no desenvolvimento e na criação de leis, exercendo o poder da governação através do sufrágio universal.

  • DEMOCRACIA:

    DEMO:POVO

    CRACIA:PODER

    PODER NA MÃO DO POVO. Com esta definição da p deduzir um monte de questões deste cunho.

  • fortalecimento da participação popular.


ID
2629150
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Para a produção de adubo caseiro (compostagem), busca-se a decomposição aeróbica, que produz menos mau cheiro, seguindo estes passos:


I. Reserve um recipiente para depositar o lixo orgânico e monte a composteira em um local sombreado.

II. Deposite em apenas um dos lados da composteira o material orgânico e cubra-o com folhas.

III. Regue o material para umedecer a camada superficial.

IV. Proteja o material de chuvas intensas e do sol direto.

V. De dois em dois dias transfira o material para o outro lado para arejar.


Em cerca de dois meses o adubo estará pronto.

Processo de compostagem. Disponível em: www.ib.usp.br. Acesso em :2ago.2012 (adaptado).


Dos procedimentos listados, o que contribui para o aumento da decomposição aeróbica é o

Alternativas
Comentários
  • O processo de compostagem, que é a produção de adubo, seja ela caseira ou "industrial", busca-se a decomposição aeróbica, ou seja, na presença de oxigênio. Para que isso ocorra, o material deve ser transferido e/ou revolvido para que aconteça a aeração e com isso uma maior disponibilidade de oxigênio para que ocorra a decomposição. Dentre as alternativas apresentadas, a que contribui para o aumento da decomposição é o aumento da aeração.

    Alternativa correta: Letra E


  • Como o procedimento é aeróbico, nessecita da entrada de O² (gás oxigênio) no sistema. O processo que faz a entrada de mais oxigênio é a aeração do composto orgânico (revirando-o).

  • AREJAR

  • na decomponisão aeróbica, o O2 é fundamental. Sendo assim, ao AREJAR O RECIPIENTE, você estará contribuindo para entrada de ar e, consequentemente, do oxigênio

  • Ódio, ódio e mais ódio. Atacamos o outro mesmo sem motivo aparente. Para tanto, basta que pensem diferente de mim, apoiem políticos diferentes dos meus, ouçam músicas que não ouço, etc.

    Agradecer alguém por uma ajuda/esclarecimento: JAMAIS!

  • A compostagem é um processo natural de decomposição biológica de materiais orgânicos (aqueles que possuem carbono em sua estrutura), de origem animal e vegetal, pela ação de microrganismos. Durante o processo de compostagem, quanto maior for a exposição da matéria orgânica ao oxigênio maior será a sua velocidade de decomposição.  

    Letra E: De dois em dois dias transfira o material para o outro lado para arejar.(O2)

  • AREJAR - CIRCULAÇÃO DE AR - CIRCULAÇÃO DO O2

  • Respiração Anaeróbica: Não utiliza oxigênio para metabolizar.

    Respiração Aeróbica: Utiliza oxigênio para metabolizar.

    Anaeróbica/Fermentação: Láctica / Alcoólica / Acética.

  • Gabarito E, apenas um lembrete sobre usina de compostagem que já caiu no Enem 2009:

    • Gera produto para uso da agricultura, adubo orgânico;

    • Umedecimento periódico contribui para o aumento da decomposição aeróbica, posto que a água é fundamental para a proliferação de microrganismos para decompor a matéria orgânica.

  • Clarinha deu a letra, compostagem é assunto recorrente no ENEM. Vamo que vamo!

  • Pensei assim: Ao cobrir o adubo com folhas, as mesmas realizarão fotossíntese e liberarão oxigênio, que poderá ser absorvido pelas bactérias aeróbicas. Por que esse raciocínio está incorreto?


ID
2629153
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

Muitas indústrias e fábricas lançam para o ar, através de suas chaminés, poluentes prejudiciais às plantas e aos animais. Um desses poluentes reage quando em contato com o gás oxigênio e a água da atmosfera, conforme as equações químicas:


Equação 1: 2 SO2 + O2 —>2 SO3

Equação 2: SO3 + H2O —> H2SO4


De acordo com as equações, a alteração ambiental decorrente da presença desse poluente intensifica o(a)

Alternativas
Comentários
  • SO2 liberado gera a formação de SO3, que em contato com H2O presente na atmosfera gera H2SO4 que é um ácido forte, gerando a chuva ácida.

  • Se gera ácido logo a resposta só pode ser chuva ácida

    Ácidos

    -Regra Hidrácidos (Ácidos que não possuem Oxigênio (O)):

    *Fortes: HBr,HCl,HI

    *Moderados:HF

    *Fraco:Demais Ácidos

    -Regra Oxiácidos(Ácidos que possuem Oxigênio (O):

    Obs para saber se é forte,fraco ou moderado diminuímos A quantidade de O por H:

    Resultado 0 (fraco),Resultado 1(Moderado),resultado 2 ou > 2( Forte)

    EXEMPLOS:

    *Fortes: HClO4

    4-1=3(forte)

    *Moderados:H3PO4

    4-3=1(moderado)

    *Fraco:H3BO3

    3-3=0(fraco)

    Exceção: H2CO3 (que é fraco msm dando 1)

     

     

     

  • ''Quando em contato com o gás oxigênio e a água da atmosfera,''

    Geração de ácido quando em contato com água na atmosfera só pode resultar em chuva ácida

  • Perceba que se formou um ácido (H2SO4), que mais especificamente é o ácido sulfúrico, e esse ácido em contato com a água só pode gerar uma coisa: chuva ácida.


ID
2629159
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Um geneticista observou que determinada plantação era sensível a um tipo de praga que atacava as flores da lavoura. Ao mesmo tempo, ele percebeu que uma erva daninha que crescia associada às plantas não era destruída. A partir de técnicas de manipulação genética, em laboratório, o gene da resistência à praga foi inserido nas plantas cultivadas, resolvendo o problema.

Do ponto de vista da biotecnologia, como essa planta resultante da intervenção é classificada?

Alternativas
Comentários
  • Gab. E transgênica.

  • O geneticista, se utilizando da biotecnologia utilizou o gene que é resistente a praga na outra planta cultivada gerando uma planta resultante dessa intervenção que é classificada como transgênica, pois houve uma troca de gene.

    Alternativa correta: Letra E


  • Resposta E. Quando o ser vivo (planta ou não) recebe genes de outros seres vivos ele se torna um OGM = organismo geneticamente modificado. O transgênico é um organismo que recebeu transferência de genes (de outro).

  • ''o gene da resistência'' - Sempre que a questão falar sobre inserção de genes de uma espécie em outrA, vá logo para as alternativas e procure ''TRANSGÊNICOS''

  • achei essa questão confusa : sei que trangênico é = orgamismos geneticamente modificado, porem, tambem sei que hidrido e uma junção genetica, ai é complicado

  • leu até a 4 palavra e é obrigado a responder certo

    legítimo OLR - olhou,leu,respondeu

  • Atenção pra uma coisa que, de acordo com os comentários aqui, parece que o pessoal não está se tocando: há uma certa diferença entre organismo geneticamente modificado e transgênico: o OGM é aquele organismo que passou por qualquer modificação genética, enquanto que o transgênico recebeu especificamente um gene de outra espécie; assim, todo transgênico é OGM, mas nem todo OGM é transgênico, no caso de ele receber gene de outro indivíduo mas de mesma espécie. Tenham cuidado porque pode surgir questão que use isso pra confudir vocês, apesar de esse não ter sido o caso dessa questão aqui.

  • Transgenia = Transferência de genes entre espécies diferentes

  • Iris,

    Híbrido ocorre quando não temos uma barreira de isolamento 100% sólida, ou seja, ainda existe um fluxo gênico. Isso é comum em espécies que pertencem ao mesmo gênero, por exemplo, Pitcairnia flammea e Pitcairnia suaveolens, a primeira tem flores vermelhas e a segunda tem flores brancas, quando elas cruzam, temos indivíduos de flores rosas. Esse estudo foi feito pela Dr Tânia Wendt, professora do departamento de Biologia da UFRJ.

  • Híbrido não tem genes de outras espécies implantadas >> é produzido através do cruzamento de duas linhagens puras, que dão origem ao híbrido.

    Organismos geneticamente modificados (OMG), ou simplesmente transgênicos, são aqueles produzidos pela engenharia genética, a partir da incorporação de genes de espécies que não se reproduziriam em condições naturais; como entre indivíduos do reino animal e vegetal.

  • Transgênia caí no Enem demais


ID
2629162
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

O ferro metálico é obtido em altos-fornos pela mistura do minério hematita (α-Fe2O3) contendo impurezas, coque (C) e calcário (CaCO3), sendo estes mantidos sob um fluxo de ar quente que leva à queima do coque, com a temperatura no alto-forno chegando próximo a 2 000 °C. As etapas caracterizam o processo em função da temperatura.


Entre 200 °C e 700 °C:

3 Fe2O3 + CO → 2 Fe3O4 + CO2

CaCO3 → CaO + CO2

Fe3O4 + CO → 3 FeO + CO2


Entre 700 °C e 1 200 °C:

C + CO2 → 2 CO

FeO + CO → Fe + CO2


Entre 1 200 °C e 2 000 °C:

Ferro impuro se funde

Formação de escória fundida (CaSiO3)

2 C + O2 → 2 CO

BROWN, T L.; LEMAY, H. E.; BURSTEN, B. E. Química: a ciência central. São Paulo: Pearson Education, 2005 (adaptado).


No processo de redução desse metal, o agente redutor é o

Alternativas
Comentários
  • Resolução; https://www.youtube.com/watch?v=EVG8lQCWeq0

  • eu só fiz ver quem se repitia em todas as equações e acertei skjksk

    mas sei resolver, só to falando porque foi engraçado, na doidera e ainda acertei

  • O agente redutor é aquele que faz com que outro reduza,ou seja,ele é quem oxida na reação,em gases podemos notar que quem oxida sempre muda de uma parte da reação para outra.Nas equações vemos que quem sobre tais reações é o monóxido de carbono(CO).

  • aprendam: as questões de química muitas vezes parecem serem mais difíceis do que são porque têm muitas informações complexas, mas são em sua maioria tranquilas de se fazer. essa é um exemplo disso

     

  • não entendi esse 8/3

  • Como ele pediu o componente responsável por reduzir o Ferro, peguei apenas as equações que haviam Ferro. Usei a equação FeO + CO → Fe + CO2 e calculei o NOX, onde foi possivel notar que o CO oxidou iniciando com +2 e terminando com +4 e o Ferro reduziu de +2 para 0. Para tirar a duvida se caso estivesse errado, calculei também o NOX da equação CaCO3 → CaO + CO2 onde pude confirmar que as demais sofrem redução, eliminando então a letra c), d) e e).

  • Basta olhar na etapa onde ele se transforma em ferro metálico , nessa etapa ele reduz , diminuindo seu Nox , pois ele se transforma em substâcia simples (Fe) e seu NoX é 0 . Logo , nessa reação (etapa II) quem faz ele reduzir (agente redutor) é o CO . Questão parece bem complexa mas a sacada que vc tinha que ter era essa e claro que o NoX de elemento simples é 0

  • Agente redutor: se oxida, fazendo o outro reduzir. Tem seu Nox aumentado. 

     

  • A oxidação nao seria so do C pois o O continuou -2?

  • porque o agente é o CO? o O continua negativo

  • Tá perguntando sobre a redução do metal (Ferro Metálico-Fe), o ferro metálico só é obtido na reação que ocorre entre 700 e 1200ºC (FeO + CO → Fe + CO2). Nos reagentes, o Fe vai ter Nox +2 e o Oxigênio Nox -2. Nos produtos, o Fe como subst. simples tem Nox igual a 0, o carbono é +4 e o oxigênio -2. Com isso, percebe-se que o FeO reduz e o CO oxida (quem oxida é Agente Redutor, quem reduz é Agente Oxidante).

    Resposta: Letra B

  • Reação de redução do Fe (metal):

    FeO + CO → Fe + CO2

    NOX (Fe) = +2 -> NOX (Fe) = 0

    FeO sofre REDUÇÃO

    NOX (C) = +2 -> NOX (C) = +4 OXIDAÇÃO

    CO sofre oxidação = Agente redutor, pois faz o Fe reduzir.

  • fiquei em dúvida entre a letra A e B,

    mas quando pesquisei,

    eu vi que:

    AGENTE REDUTOR é a substância que contém o elemento que provoca a redução.

    Nesse caso, o elemento que provoca a redução é o carbono do CO, logo a substância toda, CO, é meu agente redutor e não apenas o carbono

    Essa reação de oxidorredução corresponde ao processo feito em fornos siderúrgicos, nos quais o minério hematita (Fe2O3(s)) reage com o monóxido de carbono (CO), obtendo-se assim o ferro metálico. A partir das variações dos números de oxidação (Nox) das espécies reagentes e dos produtos é possível verificar quem sofre redução e quem sofre oxidação:

     +3   -2    +2 -2       0      +4 -2    

    Fe2O3(s) + 3 CO(g) → Fe2 (s) + 3 CO2(g)

    Veja que o Nox do ferro diminuiu de +3 para zero. Isso significa que ele recebeu elétrons (que possuem carga negativa, por isso o valor diminui), ou seja, ele sofre uma redução. Mas, para que o ferro da hematita ganhe elétrons e reduza é necessário que outra espécie química forneça esses elétrons para ela. No caso, a substância que faz isso é o monóxido de carbono (CO).

    Sabemos disso, porque o Nox do carbono aumentou de +2 para +4, isso quer dizer que ele perdeu elétrons. Portanto, visto que o CO causou a redução da hematita, então ele é considerado o agente redutor.

    Podemos seguir a mesma linha de raciocínio no caso da oxidação do CO: sua oxidação foi causada por alguma espécie, que no caso foi a hematita. Desse modo, a hematita é o agente oxidante.

    fonte: https://mundoeducacao.uol.com.br/quimica/agente-redutor-agente-oxidante.htm


ID
2629168
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) estabelece os limites máximos de chumbo, cádmio e mercúrio para as familiares pilhas e baterias portáteis comercializadas no território nacional e os critérios e padrões para o seu gerenciamento ambientalmente adequado. Os estabelecimentos que comercializam esses produtos, bem como a rede de assistência técnica autorizada, devem receber dos usuários as pilhas e baterias usadas para repasse aos respectivos fabricantes ou importadores.

Resolução Conama n. 401, de 4 de novembro de 2008. Disponível em: www.mma.gov.br. Acesso em: 14 maio 2013 (adaptado).


Do ponto de vista ambiental, a destinação final apropriada para esses produtos é

Alternativas
Comentários
  • haverá repasse aos fabricantes para reutilização de seus componentes

  •                                                                       COMENTÁRIO VIDA LOKA

     

     a) direcionar as pilhas e baterias para compostagem. - A Compostagem é relacionada a produtos orgânicos 

     

     

     b) colocar as pilhas e baterias em um coletor de lixo seletivo. - isso seria um destino intemediário, o comando quer o destino FINAL. 

     

     

     c) enviar as pilhas e baterias usadas para firmas de recarga. - Recarga infinita, é isso? As pilhas tem um fim, não dá pra recarregar infinitamente. 

     

     

     d) acumular as pilhas e baterias em armazéns de estocagem. - Isso, a melhor solução é joga a bagaça toda e taca o foda-se - Claro que não AMEBA.

     

     

     e)destinar as pilhas e baterias à reutilização de seus componentes. - isso!!! Pega os materias que ainda podem ser usados e utiliza na construção de outras pilhas. 

  • Nem toda pilha pode ser recarregada.

    Baterias primárias, como as pilhas alcalinas, as pilhas de mercúrio e as de lítio-iodo, não são facilmente recarregáveis.

    Gabarito : (E)

    Nível de Dificuldade : Médio


ID
2629171
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

A bauxita, composta por cerca de 50% de Al2O3, é o mais importante minério de alumínio. As seguintes etapas são necessárias para a obtenção de alumínio metálico:


1. A dissolução do AI2O3 (s) é realizada em solução de NaOH (aq) a 175 “C, levando à formação da espécie solúvel NaAI(OH)4 (aq).

2. Com o resfriamento da parte solúvel, ocorre a precipitação do AI(OH)3 (s).

3. Quando o AI(OH)3 (s) é aquecido a 1 050 “C, ele se decompõe em Al2O3 (s) e H2O.

4. Al2O3 (s) é transferido para uma cuba eletrolítica e fundido em alta temperatura com auxílio de um fundente.

5. Através da passagem de corrente elétrica entre os eletrodos da cuba eletrolítica, obtém-se o alumínio reduzido no cátodo.


As etapas 1, 3 e 5 referem-se, respectivamente, a fenômenos:

Alternativas
Comentários
  • 1. A dissolução do AI2O3 (s) é realizada em solução de NaOH (aq) a 175 “C, levando à formação da espécie solúvel NaAI(OH)4 (aq).

      Ocorreu reação,já diz tudo né? QUÍMICO

    3. Quando o AI(OH)3 (s) é aquecido a 1 050 “C, ele se decompõe em Al2O3 (s) e H2O.

     

     

    Aqueceu e se transformou( REAÇÃO). QUÍMICO!

    5. Através da passagem de corrente elétrica entre os eletrodos da cuba eletrolítica, obtém-se o alumínio reduzido no cátodo.

    Não concordo muito, mas por eliminação é Químico. Uma explicação é que a corrente elétrica estaria alterando o alumínio provocando uma reação reduzindo no cátodo. QUÍMICO

     

    LETRA E . Químico, químico e químico.

     

  • Olha, eu discordo que a 5 seja reação químicas, mas....

  • a 5 é só associar à eletroquímica 

  • No 5, ocorre uma reação química, de oxirredução. Repare que o Enem não colocou nenhuma alternativa que pudesse ser Químico, Químico, Físico, já pelo fato de que a eletroquímica pode gerar essa dúvida se é processo físico ou não.

  • fiquei em mttt duvida no 5 

  • Vamos lá seus ciscadores de questões... 
    Prontos para entender essa questão cabulosa?

    Então booooora lá!!! 
    Olhou a questão e bateu o desespero? 
    É... o ENEM tá ficando cada vez mais difícil

    Mas dá nada não... 
    A gente mata no peito e chuta pro gol...

     

    1: AI2O3 (s) + NaOH (aq) --> NaAI(OH)4 (aq) (Reação química) - Mudança na natureza da matéria;

    3: AI(OH)3 (s) --> Al2O3 (s) e H2O (l) (Reação química) - Mudança na natureza da matéria;

    5: Eletroquímica -> Eletrolise (Reação química) - Mudança na natureza da matéria;

     

    Logo, portanto, enfim,,, o gabarito éééé: 

     

     e) Químico, químico e químico.


    Errou? Acertou? 
    Tem algum macete para resolver mais rápido?
    Curti aqui e me fala... 

     

    E lembre-se sempre: ''Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas, a persistencia é a amiga da conquista. Se você quer chegar onde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz."  - Bill Gates.

     

    - Meu nome é Elielson Felix Gonçalves. pretendo cursar Medicina na UFPB - dependendo do tempo em que você está lendo esse comentário já sou universitário (Risos) - e foi um prazer ajuda-lo na sua jornada. 

    - Além disso, tenho um instagram onde posto dicas de estudo, motivação e vários outros conteúdos do universo ENEM e vestibulares!!! Se tiver interessado, não custa muito dá uma olhada: https://www.instagram.com/uppercut_enem/

  • Na etapa 5, é fenômeno químico, pois se trata de eletrólise ígnea

  • É importante lembrar que fenômenos químicos alteram as propriedades da matéria e criam novas substâncias. Isso acontece na 3 etapas citadas (1, 3 e 5), logo, todos são fenômenos químicos.

  • Vamos a resolução, portanto separemos as três assertivas:

    1. A dissolução do AI2O3 (s) é realizada em solução de NaOH (aq) a 175 “C, levando à formação da espécie solúvel NaAI(OH)4 (aq).

    Claramente observamos acima uma espécie química se transformando em outra, observe que há rearranjo molecular (entra Al2O3 + NaOH e sai NaAL(OH)4), ou seja, a transformação não afeta apenas o espaçamento ou distancia entre entre as moléculas (a mudança de estado físico e justamente isso), mas afetar a estrutura da transformando uma molécula em outra, ou seja, isso é um transformação química.

    3. Quando o AI(OH)3 (s) é aquecido a 1 050 “C, ele se decompõe em Al2O3 (s) e H2O.

    claramente mesma situação da primeira assertiva, porem aqui é apenas um caso particular de reação de decomposição: UMA SUBSTANCIA REAGE ORIGINANDO DUAS OUTRAS SUBSTÂNCIAS DIFERENTES. Observe novamente: houve REARRANJO MOLECULAR, ou seja, TRANSFORMAÇÃO QUÍMICA... UMA TRANSFORMAÇÃO PROFUNDA....UMA NA ESSÊNCIA DA MATÉRIA.

    5. Através da passagem de corrente elétrica entre os eletrodos da cuba eletrolítica, obtém-se o alumínio reduzido no cátodo.

    AQUI TAMBÉM TEMOS REAÇÃO QUÍMICA TRANSFORMAÇÃO EM QUE Al2O3 É SUBMETIDO EM CORRENTE ELÉTRICA OBTENDO AL(s)....mas uma vez observamos que houve rearranjo molecular... o Al, saiu do Al2O3

    Gabarito E

  • Nos fenômenos físicos as substâncias preservam sua identidade após passar pelo processo, enquanto que nos fenômenos químicos a identidade da substância não é preservada, ocorre rearranjo dos átomos que constituem a substância.

    1. A dissolução do AI2O3 (s) é realizada em solução de NaOH (aq) a 175 ºC, levando à formação da espécie solúvel NaAI(OH)4 (aq).

    Esse é um fenômeno químico, haja vista que houve o tratamento do Al2O3 com NaOH, convertendo-o a NaAl(OH)4, outra espécie química, que por sua vez, é solúvel em água.

    3. Quando o AI(OH)3 (s) é aquecido a 1 050 ºC, ele se decompõe em AI2O3 (s) e H2O. 

    Como a própria afirmativa diz, houve a decomposição do composto inicial Al(OH)3, levando a formação do Al2O3, trata-se, portanto, de uma substância química diferente da inicial, portanto o processo é químico.

    5. Através da passagem de corrente elétrica entre os eletrodos da cuba eletrolítica, obtém-se o alumínio reduzido no cátodo.

    eletrólise, a passagem de corrente elétrica que induz a ocorrência de uma reação química, é um fenômeno químico.

  • Acredito que a palavra : "DECOMPÕE", do elemento 3, que atrapalhou a galera...


ID
2629177
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

A célula fotovoltaica é uma aplicação prática do efeito fotoelétrico. Quando a luz incide sobre certas substâncias, libera elétrons que, circulando livremente de átomo para átomo, formam uma corrente elétrica. Uma célula fotovoltaica é composta por uma placa de ferro recoberta por uma camada de selênio e uma película transparente de ouro. A luz atravessa a película, incide sobre o selênio e retira elétrons, que são atraídos pelo ouro, um ótimo condutor de eletricidade. A película de ouro é conectada à placa de ferro, que recebe os elétrons e os devolve para o selênio, fechando o circuito e formando uma corrente elétrica de pequena intensidade.

DIAS, C. B. Célula fotovoltaica. Disponível em: http://super.abril.com.br. Acesso em: 16 ago. 2012 (adaptado).


O processo biológico que se assemelha ao descrito é a

Alternativas
Comentários
  • Gab. A fotossíntese.

  • O processo que envolve a geração de energia, através da luz, se assemelha muito com o processo biológico que chamamos de fotossíntese. A fotossíntese também utiliza a luz solar para a geração de carboidratos, ou seja, para a geração de energia.  

    Alternativa correta: Letra A


  • Onde estiver colocando a palavra Foton mais alguma coisa, sempre lembrem de fotossintese.Letra A

  • Incidência de luz? Meu amigo SHOL? É claro que é fotossíntise!!!

  • Ou seja, painéis solares.

  • bom galera, ao invés de ficar julgando quem errou com comentário raso e superficial, vamos entender o que a questão pede. Fotovoltaico significa energia obtida a partir de uma fonte de luz. O enunciado pede um processo que se assemelhe ao descrito no texto, que se refere basicamente à produção de energia elétrica por uma fonte luminosa. Qual a alternativa que se encaixa ao processo dito? A fotossíntese, a única que ocorre com presença da luz (solar)

  • Incidência de luz = fotossíntese #med

  • Incidência de luz = fotossíntese. So li até essa parte: "Quando a luz incide sobre certas substâncias, libera elétrons que, circulando livremente de átomo para átomo" A questão falou de luz, marque logo a letra A, sem afobação, jovem .

    Letra A

  • Letra A

    A fotossíntese é o processo bioquímico que utiliza a energia da luz solar para a produção de matéria organica - glicose. De modo similar, a célula fotovoltaica se utiliza dessa mesma forma de energia para gerar energia eletrica. (fotossíntese, fotólise da água, matéria orgânica)


ID
2629180
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

Ao sintonizar uma estação de rádio AM, o ouvinte está selecionando apenas uma dentre as inúmeras ondas que chegam à antena receptora do aparelho. Essa seleção acontece em razão da ressonância do circuito receptor com a onda que se propaga.


O fenômeno físico abordado no texto é dependente de qual característica da onda?

Alternativas
Comentários
  • A ressonância é o fenômeno em que corpos,ondas ou um sistema formado por ambos troca energia por terem frequências de oscilação ou vibração próximos.

  • questão assim só em PPL

     

     

  • O fênomeno descrito é a famigerada e simples ''ressonância'' - Fenômeno ondulatório no qual diferentes frequências entram em sintônia.

  • RESSONÂNCIA=

    É o fenômeno, em que um corpo ou sistema passa a vibrar (oscilar) após ser atingido por uma onda com frequência natural de oscilação deste corpo ou sistema. A ressonância ocorre quando há transferência de energia entre dois sistemas que oscilam com a mesma frequência. Na ressonância, há um aumento progressivo da amplitude de oscilação.

  • As questões de ondulatória do ENEM PPL 2017 foram muito mais fáceis que as do ENEM normal, inacreditável.

  • PPL é estranho, o INEP afirma que é a mesma dificuldade que o enem normal, pois saem do mesmo banco de questões e assim não há privilégios.

  • @Elielson Félix, não seriam objetos de uma MESMA frequência entrando em sintonia?


ID
2629183
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Asa branca


Quando olhei a terra ardendo

Qual fogueira de São João

Eu perguntei a Deus do céu, ai

Por que tamanha judiação

Que braseiro, que fornalha

Nem um pé de plantação

Por falta d'água perdi meu gado

Morreu de sede meu alazão

Até mesmo a asa branca

Bateu asas do sertão

Então eu disse adeus Rosinha

Guarda contigo meu coração

[...]

GONZAGA, L.; TEIXEIRA, H. Disponível em: www.luizluagonzaga.mus.br. Acesso em: 29 set. 2011 (fragmento).


O bioma brasileiro retratado na canção é caracterizado principalmente por

Alternativas
Comentários
  • Gab.  a)índices pluviométricos baixos. 

  • O bioma brasileiro ao qual a canção retrata é um bioma que é caracterizado principalmente pela ausência de grande períodos de chuva, ou seja, pelo baixo índice pluviométrico. A falta de chuva prejudica a plantação, a criação de gado e todos os seres vivos que necessitam da água para sobreviver.

    Alterntiva correta: Letra A


  • Letra A. O bioma brasileiro retratado na canção é a Caatinga que predomina nas regiões do sertão. Uma das principais características da Caatinga é possuir o menor índice pluviométrico dos biomas brasileiros (é onde menos se chove). A Caatinga também possui vegetação esparsa, árvores de baixa estatura e alternância de composição rasteira para composição arbustiva, além das altas temperaturas e luminosidade.

  • Aresposta mais adequada e a A) dado que o índice de acumulo de água do bioma da caatinga seja baixo, no entanto a B) não deixa de estar correta, pois mesmo as plantas deste bioma serem xerófilas e caducifólias, evapotranspiram constantemente nos longos períodos de estiagem.

  • Epifitismo é a relação comensal entre duas plantas ou algas na qual uma vive sobre a outra utilizando-se apenas de apoio e sem dela retirar nutrientes e sem estabelecer contato com o solo. O epifitismo é muito comum nas florestas tropicais e abundante em comunidades de algas. (Wikipedia)

  • Perdeu o gado por falta de água. O bioma que apresenta o menor índice pluviométrico é a caatinga ( nordeste).

  • Bioma - Caatinga 

    Letra A: O clima da caatinga é o tropical semiárido, que uma das características é o baixo índice pluviométrico.

    Letra B: Muito pelo contrário. Há uma baixa taxa de evapotranspiração poias a água é fator limitante nessa região.

    Letra C: Não. Temperatura de clima tropical semiárido.

    Letra D: A vegetação da caatinga não são epífitas. Esses vegetais são encontrados principalmente em florestas tropicais úmidas

    Letra E: Não.

  • Essa é para resolver cantando! NORDESTE


ID
2629186
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

As lâmpadas fluorescentes apresentam vantagens como maior eficiência luminosa, vida útil mais longa e redução do consumo de energia. Contudo, um dos constituintes dessas lâmpadas é o mercúrio, que apresenta sérias restrições ambientais em função de sua toxicidade. Dessa forma, as lâmpadas fluorescentes devem passar por um processo prévio de descontaminação antes do descarte ou reciclagem do material. O ideal é que nesse processo se tenha o menor impacto ambiental e, se possível, o mercúrio seja recuperado e empregado em novos produtos.

DURÃO JR., W. A.; WINDMOLLER, C. C. A questão do mercúrio em lâmpadas fluorescentes. Química Nova na Escola, n. 28, 2008 (adaptado).


Considerando os impactos ambientais negativos, o processo menos indicado de descontaminação desse metal presente nas lâmpadas seria o(a)

Alternativas
Comentários
  • O método menos indicado é a incineração. A emissão de gases poluentes para a atmosfera podem provocar alterações climáticas, precipitações ácidas e problemas respiratórios aos indivíduos.

  • Nossa... é o MENOS indicado.

  • INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO, INTERPRETAÇÃO!

    caiu na pegadinha do ENEM? 

    Essa prova só pode está de sacanagem, não basta o candidato saber o assunto, ele tem que prestar atenção em palavras com carater meramente eliminatorio. 

    ---> ''menos indicado''

  • Eu fiquei em dúvida entre incineração e encapsulamento. Acabei acertando por pensar nas precipitações ácidas. Alguém pode me afirmar o porquê de o encapsulamento ser menos prejudicial e também quais suas possíveis consequências? Obrigada!

  • "MENOS indicado"

  • A) Encapsulamento: há tratamento do material, mas não há recuperação do mercúrio para futura reutilização.

    B) Lixiviação ácida: há tratamento do material e recuperação do mercúrio para futura reutilização.

    C) Incineração: não há tratamento e ocorre liberação do mercúrio para a atmosfera. Portanto, essa é a alternativa menos indicada.

    D) Processo térmico: há tratamento do material e recuperação do mercúrio para futura reutilização.

    E) Separação por via química: há tratamento do material e recuperação do mercúrio para futura reutilização.

  • Quando vc cria uma cápsula, dentro dessa o produto estar isolado do meio (esse processo é utilizado em usina nuclear após para descarte dos produtos de fissão nuclear). Nesse caso, não causará nenhum tipo de dano ambiental. Quando a questão pede o menos indicado tem que levar em consideração as consequências do produto no ambiente - lembre-se que o mercúrio afeta o sistema nervoso central e consequentemente o periférico. A alternativa C também fala de incineração, junto com lixo urbano e lançamento dos gases na atmosfera. Ai não tem como defender esse processo.

  • O método menos indicado é a incineração. A emissão de gases poluentes para a atmosfera podem provocar alterações climáticas, precipitações ácidas e problemas respiratórios aos indivíduos.

  • Questão de bom senso.

  • Essa n precisa nem ler o texto

  • eu acertei, mas alguém conseguiu entender o que acontece na letra B? tipo, vai dissolver em ácido o mercúrio e depois vai filtrar o que? ou dissolve tudo menos o mercúrio, pq tá falando "dissolver os resíduos sólidos", e o Hg não é solido...não entendi


ID
2629189
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Geografia
Assuntos

Sabe-se que a posição em que o Sol nasce ou se põe no horizonte muda de acordo com a estação do ano. Olhando-se em direção ao poente, por exemplo, para um observador no Hemisfério Sul, o Sol se põe mais à direita no inverno do que no verão.


O fenômeno descrito deve-se à combinação de dois fatores: a inclinação do eixo de rotação terrestre e a

Alternativas
Comentários
  • "o Sol nasce ou se põe no horizonte muda de acordo com a estação do ano". O movimento de translação q traz as estações, portanto: Letra B.

  • As estações do ano são determinadas pela quantidade de ensolação frequente em uma região durante uma certa época do ano,a inclinação do eixo de giro da Terra é o mesmo em todos os pontos da translação,a diferença é a sua posição na órbita solar

     

    R:Letra "B"

  • Então, mas essa questão não é de Geologia 

     

  • Rotação - dia

    Translação - estações

  • a) A PRECESSÃO é um fenômeno físico que consiste na mudança do eixo de rotação de um objeto. A precessão do periélio da Terra (ponto na órbita mais próximo do Sol) é causada principalmente pelas perturbações gravitacionais dos planetas gigantes, Júpiter e Saturno sobre a órbita da Terra; estas perturbações fazem que a precessão em relação ao Sol tenha um período de cerca de 21000 a 23000 anos, e não no período de 25770 anos de precessão em relação às estrelas. Este efeito, da mudança da data de periélio, tem pouca influência nas estações, na atualidade. (astro.if.ufrgs.br/fordif/node8.htm)

    b) A TRANSLAÇÃO da Terra em torno do Sol leva, em média, 365 dias, e é responsável pelas estações.

    c) A NUTAÇÃO é, na astronomia, uma pequena oscilação periódica do eixo de rotação da Terra com um ciclo de 18,6 anos, sendo causada pela força gravitacional da Lua sobre a Terra.

    d) A PRECESSÃO é um fenômeno físico que consiste na mudança do eixo de rotação de um objeto. A precessão do eixo de rotação da Terra é causada pelas perturbações da Lua e do Sol. Ela faz que, na data de uma estação, a Terra esteja em uma posição diferente na órbita em torno do Sol, com o passar do tempo. (astro.if.ufrgs.br/fordif/node8.htm)

    e) A ROTAÇÃO (completa) da Terra em torno de seu próprio eixo leva, em média, 24h, e é responsável pelos dias e noites.

  • A posição do nascente e do poente mudam em alguns graus de acordo com a estação do ano. O enunciado aponta duas causas para o fenômeno sendo a primeira a inclinação do eixo terrestre e a segunda a opção correta.
    A) Trata-se de um fenômeno orbital sem relação com a variação da posição do poente e nascente no horizonte.
    B) Translação é o movimento orbital da Terra em relação ao Sol que varia a incidência dos raios solares sobre a superfície terrestre e juntamente com a rotação inclinada sobre o próprio eixo causam o fenômeno da variação da posição do nascente e poente. Alternativa correta. 
    C) É um movimento de pequena variação no eixo rotacional da Terra e não possui relação direta com o fenômeno descrito no texto.
    D) É um tipo de movimento de variação do eixo da terra que não possui relação com o fenômeno descrito no texto.
    E) É o primeiro dos dois tipos de movimentos causadores do fenômeno e já apontado no texto de apoio. 



     Gabarito do professor: B
  • A questão estava falando em relação as estações. Logo, só a translação da terra em torno do sol provoca isso. Portanto, Letra B


ID
2629198
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Dados compilados por Jeremy Jackson, do Instituto Scripps de Oceanografia (EUA), mostram que o declínio de 90% dos indivíduos de 11 espécies de tubarões do Atlântico Norte, causado pelo excesso de pesca, fez com que a população de uma arraia, normalmente devorada por eles, explodisse para 40 milhões de indivíduos. Doce vingança: essa horda de arraias é capaz de devorar 840 mil toneladas de moluscos por ano, o que provavelmente explica o colapso da antes lucrativa pesca de mariscos na Baía de Chesapeake (EUA).

LOPES, R. J. Nós, o asteroide. Revista Unesp Ciência, abr. 2010. Disponível em: https://issuu.com. Acesso em: 9 maio 2017 (adaptado).


Qual das figuras representa a variação do tamanho populacional de tubarões, arraias e moluscos no Atlântico Norte, a partir do momento em que a pesca de tubarões foi iniciada (tempo zero)?

Alternativas
Comentários
  • Gab. C

    Tubarões -

    Arraias +

    Moluscos -

     

  • Os gráficos apresentam a variação da quantidade de organismos ao longo do tempo de três espécies. Nele podemos ver que o que mais se assemelha com o narrado pele enunciado da questão é o gráfico do item C, pois tem a queda dos tubarões, o aumento das arraias e o grande decréscimo dos moluscos.

    Alternativa correta: Letra C


  • O item C mostra que enquanto o número de tubarões apresentou declínio, o de arraias aumentou pela falta de predadores. Com isso, a população de moluscos, que servem de alimento para as arraias, diminuiu.

  • A cadeia alimentar é nessa ordem:

    Molusco -> Arraia -> Tubarão

    Se eu tenho uma grande pesca de tubarões, então vai diminuir a população do mesmo. Consequentemente vai ter um desequilíbrio, pois as arraias não vão ter predadores, aumentando o consumo de moluscos.

    O gráfico correto será o que mostra que a medida que os tubarões diminuem, as arraias aumentam e os moluscos diminuem. Letra C.

  • A cadeia alimentar é nessa ordem:

    Molusco -> Arraia -> Tubarão

    Se eu tenho uma grande pesca de tubarões, então vai diminuir a população do mesmo. Consequentemente vai ter um desequilíbrio, pois as arraias não vão ter predadores, aumentando o consumo de moluscos.

    O gráfico correto será o que mostra que a medida que os tubarões diminuem, as arraias aumentam e os moluscos diminuem. Letra C.

  • Tubarões diminuíram = mais arraias = menos moluscos. O item que mostra isso é o C
  • No gráfico os tubarões têm que descer, as arrais subirem e o moluscos descerem.

    Diminuiu o número de tubarões, consequentemente aumentou o número de arraias e diminuiu o número de moluscos.

  • O gráfico precisa mostrar os tubarões tendo uma diminuição, as arraias aumentando sua população e os moluscos decaindo em decorrência de estarem servindo de alimentação para as arraias.

  • A primeira coisa a se fazer, neste tipo de questão, é estabelecer o evento inicial do desequilíbrio e, a partir daí, definir relações de causa e efeito.

    Que evento ocorre primeiro? A pesca dos tubarões. Logo, sua população cai. Elimina-se (B), (D) e (E), já que mostram uma reta ascendente.

    O que a pesca dos tubarões causa? A explosão populacional de arraias, pois não há o seu predador natural. Elimina-se a (A), visto que aponta uma reta descendente.

    Para confirmar a (C): O que o crescimento da população de arraias causa? A predação excessiva dos moluscos. Reta descendente.

    Gabarito : (C)

  • C

    A diminuição da população de tubarões está ligada a pesca ilegal dos mesmos, com a diminuição do úmero de Tubarões ocorre um aumento do número de arraias seu predador natural, e consequentemente uma diminuição do número de moluscos, pois as raias se alimentam destes invertebrados.

  • A quantidade de tubarões diminuiram

    O número de arraias aumentaram em consequência da dimuição dos tubarões

    E a quantidade dos moluscos diminuiram devido ao aumento das arraias

    Alternativa correta letra C

  • essa nem precisa saber ecologia

ID
2629207
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

A capacidade de uma bateria com acumuladores, tal como a usada no sistema elétrico de um automóvel, é especificada em ampère-hora (Ah). Uma bateria de 12 V e 100 Ah fornece 12 J para cada coulomb de carga que flui através dela.


Se um gerador, de resistência interna desprezível, que fornece uma potência elétrica média igual a 600 W, fosse conectado aos terminais da bateria descrita, quanto tempo ele levaria para recarregá-la completamente?

Alternativas
Comentários
  • Para calcular temos que achar a corrente do gerador..  Usando a formula:

    P=I/U

    600=i/12

    i= 50A

    Temos a carga e a corrente.. agora é só achar o tempo:

    I=Q/∆T

    50=100/∆T

    ∆T= 2 horas

  • Só não entendi por que a carga é 100, Dr. House.

  • Resolução; https://www.youtube.com/watch?v=rTR7L5cpl5U

  • Sabendo que 1Ah=3600C temos:

    3600.100=360000C

    Se cada coulomb recebe 12j temos:

    1C---------------12j

    36.10^4------x

     

    X=432.10^4j

    Se 1W=1j/s então temos:

    600x=432.10^4

    x=7200s

    x=2h

     

  • Consegui fazer essa questão com a seguinte formula de potencia:

    P = I * U 

    Unidade de medida P = W = J                                                                                                                                                                 

    Unidade de medida I = Ah                                                                                                                                                                         
    Unidade de medida U = V

    P = 100 * 12                                                                                                                                                                                               

    P = 12000 

    T = 1200/600                                                                                                                                                                                             

    T = 2 HOORAS

    Resposta correta "B"

  • Ah é unidade de carga (Q), né não?

    então... vou usar

    i= Q/ t

    P=u x i

    --------------------------------------------------

    P= u x Q / t

    600 = 12 x 100 / t

    t = 12 x 100 / 600 = 2 horas

     

     

  • essa questão parece tão fácil que pensei que fosse pegadinha

  • Capacidade da bateria (C) = 100Ah

    C=i*h

    100=i*h

    ---

    Potência do gerador que vai fazer a recarga = 600W e Voltagem = 12V

    como P=I*U, então, 600=i*12, i=50A ... O gerador vai fornecer 50A para fazer a recarga da bateria.

    --

    Como a bateria possui 100Ah de capacidade e o gerador fornece 50A de corrente, logo, será necessário 2h para fazer a recarga total, matematicamente, 100=50*h --> h=2

  • Vídeo com resolução:

    https://www.youtube.com/watch?v=vTxg6pTcYhI

  • P = U * I = 600 = 12 * I ; I = 50A

    A bateria precisa de 100A para ser carregada completamente em 1h, com a corrente de 50A fornecida pelo gerador, a bateria vai precisar de um tempo maior para ser carrega. Logo, neste caso, corrente e tempo são grandezas inversamente proporcionais.

    100 ----1h

    50 ------X

    50/100 = 1/X; 50X = 100; X = 2,0 h

    GABARITO: B

    INSTAGRAN:

    @simplificandoquestoescombizus (Jefferson Lima)

  • Capacidade de carga (coulombs) serão preenchidos com uma certa quantidade de energia, no caso 12 joules a cada coulomb.

    100 . 3600 . 12 (carga com seus joules preenchidos)

    Meu gerador fornece 600 joules a cada segundo. Quanto tempo ele vai derrotar para preencher toda a carga com seus joules?

    600 ————————— 1

    100 . 3600 . 12 ———— x

    x = 3600 . 12 . 100 / 600 - 7200 segundos, ou seja, 2 horas.

  • P = I . U

    Onde, P = Potência, I = Corrente elétrica (Ah) e U = Tensão elétrica (Volts)

    Com isso, fica: P = 100 . 12

    P = 1200

    Agora, para calcular o tempo, dividimos o número obtido pela potência elétrica que a questão deu, no caso 600W. Assim, 1200 : 600 = 2h.

  • O mais massa da Física é que tem várias formas de resolver e chegar no mesmo resultado. Teve gente que usou Q=i.t, gente que fez regra de três com o dado de Coulomb... Bom demais
  • Dá pra fazer por análise dimensional!

    Ampère: C/s

    Watt: J/s

    100 C/s h x 12 J / C = 1200 J/s h = 1200 Wh

    Se a bateria tem 600 W,

    1200 W h / 600 W = 2h!


ID
2629210
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

Alguns proflssionais burlam a fiscalização quando adicionam quantidades controladas de solução aquosa de hidróxido de sódio a tambores de leite de validade vencida. Assim que o teor de acidez, em termos de ácido lático, encontra-se na faixa permitida pela legislação, o leite adulterado passa a ser comercializado. A reação entre o hidróxido de sódio e o ácido lático pode ser representada pela equação química:


CH3CH(OH)COOH (aq) + NaOH (aq) → CH3CH(OH)COONa (aq) + H20 (I)


A consequência dessa adulteração é o(a)

Alternativas
Comentários
  • Não entendi uma coisa. Como acontecerá irregularidade no PH do leite se ele passou pela fiscalização?

  • Como houve aumento no PH, se é uma hidroxila ? Não seria "POH"?

  • O ácido láctico ou lático, é um composto orgânico de função mista ácido carboxílico - álcool e possui caráter ácido fraco. Já o hidróxido de sódio é uma base forte. Eles reagem e promovem um aumento no pH.

  • Ele só passou pela fiscalização após a adição de NaOH. Antes ele não passaria porque o pH estava, relativamente, baixo (pH abaixo de 7), daí a irregularidade. 

  • Gizelli, acho que ele se refere ao aumento de ph da seguinte forma:  ph=3 aumenta para ph=5 entao quando o ph aumenta o leite fica mais básico, isso ocorr por que o NaOH possui a hidroxila que neutraliza o H+.Por isso a alternativa "e"é incorreta também, pois se concentração de H+ aumenta, entao a o PH diminui deixando o leite mais ácido. Essa questão confunde com as palavras que escolhe nas alternativas. Obs: eu pensei desse jeito acredito estar correto esse raciocínio.

  • Ao adicionar uma base forte em um meio ácido, ocosiona o aumento do PH

  • Ácido lático reage com uma base forte (NaOH), logo a reação será deslocada para formação de CH3CH(OH)COONa (aq) + H20 ( aumentando a concentração de sais) , consumindo o CH3CH(OH)COOH e tornando o meio mais básico que o anterior. Não há liberação de íons H+. O lactato de sódio está em solução (aq) e não preciptado, não houve diluição pois não há informação a respeito de acréscimo na quantidade de água, lembrando que a água formada na reação é desconsideravel em termos de diluição.

  • O leite fermentado (apodreceu) tem características ácidas devido à liberação do ácido lático, não podendo ser comercializado. Para ele ser vendido, ele precisa estar com ph mais alto( básico), e, portanto, deve-se adicionar uma base, a saber, o NaOH.

  • O NaOH (hidróxido de sódio) é uma base - logo: ácido lático + básico irá aumentar o PH do leite. Lembrando que quando ph é maior que 7,0, ele é básico.

  • Hidrólise salina:

    Sal formado → base forte + ácido fraco

    Logo, os ânions provenientes do ácido reagirão com a água, formando íons OH-aumento do pH

    Gabarito : (A)

    Nível de Dificuldade : Fácil


ID
2629213
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

As lâmpadas econômicas transformam 80% da energia elétrica consumida em luz e dissipam os 20% restantes em forma de calor. Já as incandescentes transformam 20% da energia elétrica consumida em luz e dissipam o restante em forma de calor. Assim, quando duas dessas lâmpadas possuem luminosidades equivalentes, a econômica apresenta uma potência igual a um quarto da potência da incandescente.


Quando uma lâmpada incandescente de 60 W é substituída por uma econômica de mesma luminosidade, deixa-se de transferir para o ambiente, a cada segundo, uma quantidade de calor, em joule, igual a

Alternativas
Comentários
  • Correção: https://www.youtube.com/watch?v=pFP3iFQ-K7A

  • Diz que a potência da econômica é um quarto da potência da incandescente, que é 60 w, então:

    P.e= 1/4×60= 15 w. (Potência da lâmpada econômica)

    Agora, para sabermos a energia em cada uma das situações, basta substituirmos os dados na fórmula E= P×t

    Para a lâmpada incandescente: E= 60x1 (que é cada segundo mencionado no final do enunciado). Portanto, teremos uma energia de 60w/s.

    Para a lâmpada econômica: E= 15x1= 15w/s.

    Tirando a porcentagem teremos o total de energia dissipada por cada. Depois, subtraimos uma pela outra, sabendo por fim a quantidade de energia economizada com a substituição das lâmpadas:

    80/100x60= 48

    20/100×15= 3

    Portanto, ao trocarmos a lâmpada incandescente por uma econômica, teremos uma econômica de 45 j de energia não dissipada. Alternativa "D".!

  • 60 --------80%              

    x ----------20%

    80x=1200

        x=1200/80

        x=15

    60-15=45 letra D

     

           

     

  • Potência Incandescente = 60W

    Potencia Ecômica= 60 . 0.25 = 15W    -> 1/4 seria a metade da metade.(25%)

    calor Incandescente = 80% = 48W

    calor Ecônomica = 20% = 3W 

    * 48-3 = 45. ALTERNATIVA D 

     

     

  • Basicamente:

    Você calculava quanto a lâmpada incandescente produz de calor e luz:

    60W x 0,80 = 48 W de calor ou 48 J/s

    60W x 0,20 = 12 W de luz

    A lâmpada econômica tem 1/4 de economia em relação a incandescente:

    60W x 1/4= 15W a potência

    Como a econômica tem 15W de potência, calculamos a quantidade de luz e calor que ela gera:

    15W * 0,80= 12 W de luz

    15 W * 0,20= 3 W de calor ou 3J/s

    Então, na substituição deixamos de transferir 48J/s - 3J/s= 45 J/s

  • Vamos nos atentar apenas à quantidade da potência ou energia elétrica consumida que é transformada em calor visto que o enunciado pede a quantidade de calor que deixa de ser dissipado quando usamos a econômica no lugar da incandescente:

    Na lâmpada incandescente de 60 W, 80% e transformado em calor, ou seja, 48W ou 48 J/s.

    Na lâmpada econômica de mesma luminosidade da incandescente, a potência e 1/4 da incandescente, 15W.

    Desta potência, 20% é transformado em calor, ou seja, 3W ou 3 J/s.

    Quando usamos uma lâmpada econômica no lugar da incandescente, deixa de ser dissipado, 48 J/s - 3 J/s = 45 J/s (45 joules a cada segundo)

    GABARITO: D

    INSTAGRAN:

    @simplificandoquestoescombizus (Jefferson Lima)

  • "Quando uma lâmpada incandescente de 60 W (P1) é substituída por uma econômica de mesma luminosidade (P2 = P1/4 = 15W), deixa-se de transferir (subtração) para o ambiente, a cada segundo (por segundo), uma quantidade de calor (energia), em joule, igual a"

    Energia/ Tempo ou Joule/ segundo = Potência

    Então, "deixa de transferir": P1 - P2 = 60-15 = 45W

    W = J/s -------> 45 J/s

  • Para chegar direto ao resultado é só calcular 3/4 de 60, já que a lâmpada econômica possui 1/4 da potência da incandescente, sobram 3/4 para serem dissipados em forma de calor, que é o que a questão pede.

  • A questão disse que:

    Potência da econômica = 1/4 da potência da incandescente

    Portanto:

    PE = 1/4 * 60

    PE = 15W

    Qtd. de calor da incandescente:

    60 * 0,8 = 48J

    Qtd. de calor da econômica:

    15 * 0,2 = 3J

    Diferença:

    48 - 3 = 45J

    Deixa-se de transferir ao ambiente 45J.

    Para essa questão era importante lembrar que 1W = 1J/s.


ID
2629228
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

O avanço científico e tecnológico da física nuclear permitiu conhecer, com maiores detalhes, o decaimento radioativo dos núcleos atômicos instáveis, desenvolvendo-se algumas aplicações para a radiação de grande penetração no corpo humano, utilizada, por exemplo, no tratamento do câncer.


A aplicação citada no texto se refere a qual tipo de radiação?

Alternativas
Comentários
  • A radiação mais penetrante oriunda de núcleos atômicos instáveis é a radiação gama.

  • C

    A radiação gama geralmente é produzida por elementos químicos radioativos, como o urânio ou o polônio. Apresentam comprimentos de onda muito baixos, da ordem de picômetros, o que aumenta o seu poder de penetração. Devido a sua alta taxa de energia, apresenta um efeito ionizante, podendo causar danos irreparáveis ao núcleo celular, sendo muitas vezes empregadas na esterilização de equipamentos médicos e hospitalares, assim como em determinados alimentos.

    Algumas enfermidades são hoje tratadas com utilização da radiação gama, como é o caso do câncer. O paciente fica exposto por determinado período à radiação, sem contato direto de sua fonte emissora. O nome dado a esse procedimento é teleterapia, e tem se mostrado efetivo na desaceleração da replicação de células defeituosas.

  • Macete: Gama -------> Grande Penetração

  • Ptz, o Hulk que o diga!

  • eu estava numa onda de raio cosmico KKKKKKKKKK

  • Frederick, tudo bem? pelo seu comentário deu de entender que o incremental ocupa mais espaço e o diferencial ocupa menos. Mas é o contrário: o incremental só vai incrementando (copiando) os novos arquivos; já o diferencial ele copia o novo juntamente com os arquivos anteriormente copiados então ele duplica, exigindo então que o dispositivo que irá ser feita a cópia tenha maior espaço de armazenamento.

  • Falou decaimento radioativo ativo, falou raios gama

  • Com a capacidade de pentração temos: Gama>Beta>Alfa

  • Uma imagem ilustrando

    https://4.bp.blogspot.com/_UUQBey0aYFM/S7Hits-CcyI/AAAAAAAAAww/46YF9xAL27o/s1600/penetra%25C3%25A7%25C3%25A3o.jpg

  • @suelem verman, "[...]  Devido a sua alta taxa de energia, apresenta um efeito ionizante, podendo causar danos irreparáveis"[...]" Na verdade, a radiação gama praticamente não tem efeitos ionizantes, sendo próximo à zero.

  • Falhei na interpretação, eu sabia que o Gama tinha alto poder de penetração, mas pensei que a questão estava pedindo somente um raio que pudesse penetrar no corpo humano, que seria o Raios X, mas não um que tivesse alto poder de penetração.

  • Michei: https://www.youtube.com/watch?v=48LZufvk4vU


ID
2629231
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Os distúrbios por deficiência de iodo (DDI) são fenômenos naturais e permanentes amplamente distribuídos em várias regiões do mundo. Populações que vivem em áreas deficientes em iodo têm o risco de apresentar os distúrbios causados por essa deficiência, cujos impactos sobre os níveis de desenvolvimento humano, social e econômico são muito graves. No Brasil, vigora uma lei que obriga os produtores de sal de cozinha a incluírem em seu produto certa quantidade de iodeto de potássio.


Essa inclusão visa prevenir problemas em qual glândula humana?

Alternativas
Comentários
  • O iodo é indispensável para que a glândula tireoide possa sintetizar e liberar na circulação os seus dois hormônios, Tiroxina (T4) e Triiodotironina (T3). O consumo de sal iodado, instituído há alguns anos, através de um decreto-lei obrigou empresas que acrescentassem iodo ao sal para ajudar a evitar os males da tireoide.
  • O distúrbio por deficiência de iodo (DDI) podem ser evitados com a adição de iodo na alimentação. Para isso, no Brasil,  Governo Federal, através de lei, obriga a inclusão de iodo no sal de cozinha. Essa adição pode evitar problemas na glândula tireoide que é responsável pela produção do hormonio T3 e T4, que são fundamentais para o bom funcionamento de todo o corpo.

    Alternativa correta: Letra B


  • Vlw pelos comentários, galera, vcs são demais!

  • GABARITO:B

  • iodo é um mineral necessário para a síntese dos hormônios tireoidianos (T3 e T4) que irão regular as funções do organismo, sua deficiência pode levar ao bócio e seu excesso pode causar intoxicação.

  • Principais funções das glândulas citadas:

    Hipófise/Pituitária: -Regulação do trabalho das glândulas suprarrenal, tireoide, testículos e ovários;

    -Produção: prolactina (importante para a lactação), hormônio do crescimento, hormônio antidiurético e oxitocina (importante para o trabalho de parto).;

    Tireoide: -Produz os hormônios tireoidianos T3 e T4. "O hormônio tireoidiano age em praticamente todos os orgãos estimulando várias funções, como se fosse a gasolina do corpo humano."

    Pâncreas: -Produz enzimas (função exócrina-secretam substâncias para fora do corpo ou para dentro de uma cavidade corporal);

    -Produz hormônios (função endócrina-secreta substâncias, diretamente, no sangue);

    Suprarrenal: -Regulação do metabolismo de substâncias no corpo;

    -Liberação de hormônios que controlam o corpo em situações de estresse.

    Paratireoide: -Controla os níveis de cálcio no sangue por meio da produção do hormônio paratireoideano ou paratormônio (PTH).

    No caso da questão, ele fala sobre a relação entre o iodo e a glândula afetada é a tireoide, visto que a falta deste elemento pode levar ao desenvolvimento do bócio, doença que causa o aumento da glândula tireoide.

  • RESUMO HORMÔNIOS

    Hipófise/ Pituitária - é dividida em duas partes: Adenohipófise e Neurohipófise

    -Na adeno-hipófise:

    Prolactina: produção de leite

    GH: hormônio do crescimento

    TSH: estimula tireóide

    LH: ovulação

    FSH: desenvolvimento dos folículos ovarianos

    ACTH: estimula o córtex adrenal

    -Na neuro-hipófise: é importante lembrar que os hormônios são SECRETADOS pela neuro-hipófise, mas são PRODUZIDOS pelo HIPOTÁLOMO

    ADH: regula o volume de urina

    Ocitocina: contração do útero e liberação do leite

    Meu conselho: Caso a questão pergunte quem libera/produz tais hormôninos, lembre-se que se tiver "H", estará falando de HIPÓFISE (Ex: GH, TSH, LH, FSH, ACTH, ADH; todos têm H, logo, fazem parte da Hipófise) = não é regra, ok? Apenas uma forma de lembrar.

    Tireóide e Paratireóide

    T3 e T4 (começa com t, de tireóide): regulação do metabolismo, seu excesso gera hipertireoidismo, sua falta hipotireoidismo.

    Calcitonina (tireóide tb): diminui o cálcio no sangue - tira o excesso de cálcio do sangue e joga para os ossos, ou seja, usado quando há um excesso de cálcio.

    Paratormônio (paratireóide): aumenta o cálcio do sangue - tira cálcio dos ossos e joga para os ossos, ou seja, usado quando ocorre a falta de cálcio.

    Suprarrenais/Adrenais - dividida em duas regiões: córtex e medula

    -No Córtex:

    Cortisol: antiinflamatório e estímulo da conversão de lipídeo em glicose.

    Aldosterona: aumenta a reabsorção de água nos rins e a pressão arterial.

    -Na medula:

    Adrenalina: taquicardia, aumento da pressão... situação de perigo, estresse, prazer.

    Gônadas - hormônios sexuais, controlam o ciclo reprodutivo e o comportamento sexual.

    Testosterona: caracteres sexuais secundários masc.

    Progesterona: preparação do útero e das mamas.

    Estrógeno: desenvolvimento do endométrio.

    Pâncreas

    Insulina: diminui a glicose do sangue

    Glucagon: aumenta a glicose no sangue

  • Letra B

    O iodo é fundamental para a função da glândula tireoide, que produz os hormônios T3 r T4, envolvidos no metabolismo corporal. (hormônio, endócrino, iodo, T3 e T4)


ID
2629234
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

Em algumas regiões brasileiras, é comum se encontrar um animal com odor característico, o zorrilho. Esse odor serve para a proteção desse animal, afastando seus predadores. Um dos feromônios responsáveis por esse odor é uma substância que apresenta isomeria trans e um grupo tiol ligado à sua cadeia.


A estrutura desse feromônio, que ajuda na proteção do zorrilho, é

Alternativas
Comentários
  • Tiol é uma função organica que é caracterizada pela presença de um grupo S-H, ou seja um álcool, porém com um enxofre no lugar do oxigênio, sua nomenclatura pode ser interpretada da seguinte forma:

    TIOL: Thion + Ol

    Thion do grego: Enxofre;

    Ol: Sufixo de determinação dos alcoois.

    Ja a isomeria trans ocorre quando de uma ligação dupla entre carbonos, os ligantes similares devem ser alternados a nível de carbono e de plano geométrico.

  • ligações tendo os compostos no mesmo lado => cis

    ligações tendo compostos em lados opostos => trans

    obs: se todos os lados tiverem compostos diferentes a indentificação parte para o lado que houver maior quantidade de massa.

  • Não seria isomeria E e Z? Já que os elementos são diferentes e na isomeria cis-trans os elementos tem que ser iguais...

  • quem se preocupou com o Tiol só ganhou uns cabelo branco a mais kkkk

    a única q tinha uma ligação ´´trans´´ era a B

  • macete pra se lembrar de isomeria

    cis estao na mesma linha = cis

    se estão na trans-versal = trans

  • Respondendo a Ramon: não seria o caso de isomeria E ou Z pois nesses casos todos os ligantes devem ser diferentes. Na questão há dois hidrogênios ligantes.


ID
2629237
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

Uma lâmpada é conectada a duas pilhas de tensão nominal 1,5 V, ligadas em série. Um voltímetro, utilizado para medir a diferença de potencial na lâmpada, fornece uma leitura de 2,78 V e um amperímetro indica que a corrente no circuito é de 94,2 mA.


O valor da resistência interna das pilhas é mais próximo de

Alternativas
Comentários
  • as video-aulas nã oestão carregando direito, trava o tempo todo e o downlod está muito lento. Mesmo minh internet tendo  taxa de downlod de 20mb/s. 

  • Se temos Duas pilhas nominal.. elas vão valer 3V. se fornece uma leitura de 2,78 V basta Subtrair que vai dar 0,22V

    0,22/94,2

    2,3 ohm

  • Pela fórmula temos:

    U=E-r.i

    2,78=3-0.0942r

    r=0,22/0.0942

    r=(aprox)2,3Ω

  • https://www.youtube.com/watch?v=fJ5iNjd5T3I 

     

  • Nessa questão é possível usar a diferença de tensão que é causada justamente pela resistência interna das pilhas. Assim 0.22 = R * 0.0942, logo R = 2,3 ohms

    Lembrando que as pilhas estão em série, portanto geram tensão nominal (teórica) de 3V.

  • Gostei desta explicação: https://www.youtube.com/watch?v=wHeYL-3LiJc

  • Segue uma resolução em vídeo:

    https://www.youtube.com/watch?v=YQLjsfKIhJo

  • Kirchhoff: 1.5*2 - R * 94.2 * 10^-3 = 2.78

    Resolvendo para R, obtemos: R = 2.33546 ~ 2.3 ohm.

  • As pilhas associadas em série estão servindo como Gerador para a lâmpada funcionar.

    Logo, pode-se usar a equação do gerador (U= E-r.i)

    Substituindo os valores, U=2,78V // E= 3V (1,5+1,5 de cada pilha)// i= 0,0942

    Encontra-se r= aproximadamente 2,3 ohms.

    Letra D


ID
2629252
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Uma mulher deu à luz o seu primeiro filho e, após o parto, os médicos testaram o sangue da criança para a determinação de seu grupo sanguíneo. O sangue da criança era do tipo O+. Imediatamente, a equipe médica aplicou na mãe uma solução contendo anticorpos anti-Rh, uma vez que ela tinha o tipo sanguíneo O-.


Qual é a função dessa solução de anticorpos?

Alternativas
Comentários
  • O agente Rh é uma proteína sanguínea que quando presente no sangue humano, pois ele pode ou não estra presente, pode causar uma doença chamada de Eritroblastose fetal. Essa doença se manifesta quando ocorre o narrado no enunciado da questão. Portanto a mãe deve tomar uma solução de anticorpos para destruir as células sanguíneas do bebe e dessa forma não prejudicar o próximo filho.

    Alternativa correta: Letra B

  • A função dos anticorpos presentes no soro administrado é atacar as células do bebê que possam ter caído na circulação materna durante o trabalho de parto. Com a destruição precoce dessas células, o organismo da mãe não tem tempo de gerar uma resposta imune contra o fator Rh, que poderia ser prejudicial numa gestação posterior de filho também Rh+.

     

  • A substancia serve para evitar que o corpo da mulher desenvolva anticorpos contra as células de um futuro filho de possa ter o mesmo tipo sanguíneo do primero.Nesse caso,se a criança se desenvolver dentro do corpo materno sem a aplicação,a mulher pode sofrer um aborto espontâneo,ou a criança pode nascer com má formação ou doenças com Eritoblastose Fetal.

     

    R=Letra "B"

     

  • ERISTROBLASTOSE FETAL OU DOENÇA EMOLITICA DO RECÉM NASCIDO!

     

  • pelo fato de um ser doador universal e o outro so receber do mesmo tipo

     

  • Os anticorpos vão destruir as possíveis celulas do recém nascido presentes na mãe, antes que o organismo materno comece a produzir anticorpos que em caso de uma nova gravidez atacariam o feto, ocasionando num aborto espontâneo ou no mal desenvolvimento do feto(eritroblastose fetal)

  • ERITROBLASTOSE FETAL

    PRIMEIRO PARTO

    -o sistema imunológico da mãe vai reconhecer como corpo estranho o RH do bebe,fator Rh da mãe é negativo e o do feto, positivo, e realizara uma ação de defesa(produção de anticorpos) para tentar destruir o agente Rh do feto intruso.'' Com a destruição precoce dessas células, o organismo da mãe não tem tempo de gerar uma resposta imune contra o fator'' por isso anticorpos vão destruir as possíveis células do recém nascido presentes NA MÃE.. )

  • Eritroblastose fetal.

  • Da primeira vez eu errei essa questão porque achei bem esquisita essa alternativa "destruir as células sanguíneas do bebê", deveriam completar com "...células sanguíneas do bebê presentes na mãe"

  • colocando os anti-rh no organismo da mãe de forma artificial, além de destruri as células do bebe q ficaram, vai ´´bugar o sistema´´ evitando q a mãe produza anticorpos naturalmente.. pq assim ela vai conseguir ter mais filhos sem problemas. Mas, se ela produzisse os anti-rh de forma natural, ela poderia n ter filhos mais ou poderia até ter..mas contando com a sorte.

  • https://www.youtube.com/watch?v=N-zL-RpNe3s

    vídeo MUITO bom para quem quer revisar! 7 min

  • A função dos anticorpos presentes na solução administrada é atacar as células do bebê que possam ter entrado na circulação sanguínea da mãe durante o parto. Dessa forma, o organismo da mãe não gera uma resposta imune contra o fator Rh (+), que poderia ser prejudicial na próxima gestação de filho Rh+.

  • Botei fé


ID
2629255
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

No Brasil, os postos de combustíveis comercializavam uma gasolina com cerca de 22% de álcool anidro. Na queima de 1 litro desse combustível são liberados cerca de 2 kg de CO2 na atmosfera. O plantio de árvores pode atenuar os efeitos dessa emissão de CO2. A quantidade de carbono fixada por uma árvore corresponde a aproximadamente 50% de sua biomassa seca, e para cada 12 g de carbono fixados, 44 g de CO2 são retirados da atmosfera. No Brasil, o plantio de eucalipto (Eucalyptus grandis) é bem difundido, sendo que após 11 anos essa árvore pode ter a massa de 106 kg, dos quais 29 kg são água.


Uma única árvore de Eucalyptus grandis, com as características descritas, é capaz de fixar a quantidade de CO2 liberada na queima de um volume dessa gasolina mais próximo de

Alternativas
Comentários
  •  106 kg, dos quais 29 kg são água

    106-29: 77kg biomassa seca

    A quantidade de carbono fixada por uma árvore corresponde a aproximadamente 50% de sua biomassa seca

    77.50%: 38,5 kg c

    e para cada 12 g de carbono fixados, 44 g de CO2 são retirados da atmosfera

    12g c --------------- 44g de CO2

    38,5 kg c ----------- X kg de CO2

    12X : 38,5 x 44

    12X : 1.694

    X : 1.694/12 

    X : 141,166 kg de CO2

    Na queima de 1 litro desse combustível são liberados cerca de 2 kg de CO2 na atmosfera.

    1L---------------- 2kg CO2

    XL---------------141,166 kg CO2

    2X : 141,166

    X : 141,166/2 

    Aproximadamente

    X : 71 LITROS

  • Depois de 850 mil anos, eu acertei

  • Qtde. da biomassa seca:  106 - 29 = 77kg;

    Qtde. de C fixado: 50% da biomassa seca = 38,5kg de C fixados;

    12g ------ 44g

    38,5kg ----- X

    X = 141 kg de CO2 retirados

    1L ------ 2kg de CO2

    Y ------ 141kg

    Y = 71kg

  • demorei 3 meses pra fazer mas consegui kkkk, no enem seria uma das que eu deixaria pra fazer dps...

     

  • Primeira vez que vi essa questão achei difícil kkk

  • Só digo uma coisa, o comando é meio bugante... 

    Mas, se prestar atenção e seguir os passos da estequiomentria (na verdade, só vi regra de três rs), você consegue. 

  • Olha, não é uma questão difícil mas a formulação da pergunta...acredito que poderia anular a questão.

    O comando pede, de acordo com as características descritas, quanto a árvore é "CAPAZ DE FIXAR". No enunciado é explicado que para cada 12 g de carbono "FIXADOS", 44 g de CO2 são "RETIRADOS" da atmosfera.

    Pela resposta correta a pergunta seria "Uma única árvore de Eucalyptus grandis, com as características descritas, é capaz de RETIRAR a quantidade de CO2 liberada na queima de um volume dessa gasolina mais próximo de", com a formulação da pergunta do jeito que está a resposta seria alternativa "a".

  • "comercializavam uma gasolina com cerca de 22% de álcool anidro. Na queima de 1 litro desse combustível são liberados cerca de 2 kg de CO2 na atmosfera." essa parte do enunciado fez com que os alunos imaginassem que 1l de álcool aidrido que resultaria em 2kg de CO2, assim essa innformação foi desnecessária, somente para causar confusões.

  • eh tranquila. Só demora se quiser calcular certinho,sem aproximar.

  • Vamos lá seus ciscadores de questões... 
    Prontos para entender essa questão cabulosa?

    Então booooora lá!!! 
    Olhou a questão e bateu o desespero? 
    É... o ENEM tá ficando cada vez mais difícil

    Mas dá nada não... 
    A gente mata no peito e chuta pro gol...

     

    Organiza as informações pra não pirar o cabeção!

     

    Biomassa seca (excluisse a água) = 106 - 29 = 77

     

    Quantidade de carbono fixado = 0.5 X 77 = 38,5 kg 

     

    12 gramas fixados ---- 44 gramas de CO2 retirados

    38,5 kg ----------------------------- x

    x = 44.38,5 / 12 ~ 141

     

    1 Litro de combustivel ------- 2 kg CO2

                   x ----------------------- 141 kg CO2

    x ~ 71

     

    Logo, portanto, enfim,,, o gabarito éééé: 

     c) 71 L.


    Errou? Acertou? 
    Tem algum macete para resolver mais rápido?
    Curti aqui e me fala... 

     

    E lembre-se sempre: ''Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas, a persistencia é a amiga da conquista. Se você quer chegar onde a maioria não chega, faça o que a maioria não faz."  - Bill Gates.

     

    - Meu nome é Elielson Felix Gonçalves. pretendo cursar Medicina na UFPB - dependendo do tempo em que você está lendo esse comentário já sou universitário (Risos) - e foi um prazer ajuda-lo na sua jornada. 

    - Além disso, tenho um instagram onde posto dicas de estudo, motivação e vários outros conteúdos do universo ENEM e vestibulares!!! Se tiver interessado, não custa muito dá uma olhada: https://www.instagram.com/uppercut_enem/

  • uma das questões mais faceis de se fazer. Contudo, o enunciado troslou total a interpretação, levando a questão a uma dificuldade maior.

  • 2 ANOS FAZENDO MAS EU CONSEGUIIIIIIIIIIIII

  • 3 min por questão.

  • Fiquei com medo de ter alguma pegadinha do faustão nesses 22% .. li umas 10x o enunciado kk

  • po mais a questão pede o carbono fixado eu só errei por isso

  • é bem clara e não o retirado da atmosfera

    pra mim está errada

  • Errei pq esqueci que era biomassa SECA. Salvei no caderno de erros. Na próxima vou ler com mais cuidado.

  • Esses 22% de álcool anidro é só pra confundir mesmo?

  • Questão mais de matemática do que química.

  • Trecho importante: "A quantidade de carbono fixada por uma árvore corresponde a aproximadamente 50% de sua biomassa seca"

    Ou seja, será a diferença da quantidade total pela quantidade de água na árvore. Nesse caso:

    106 kg - 29 kg = 77 kg

    Para descobrir a quantidade de carbono fixado, é multiplicar por 50%:

    77 • 0.5 = 38.5 kg de carbono é fixado.

    Regra de três:

    12 gramas fixados — 44 gramas de CO2 retirados

    38500 gramas — x gramas de CO2 retirado

    x ≈ 141000 gramas (ou seja, 141 kg)

    Outra regra de três:

    1 L — 2 kg de CO2

    x L — 141 kg de CO2

    x ≈ 71 L


ID
2629258
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

O aproveitamento da luz solar como fonte de energia renovável tem aumentado significativamente nos últimos anos. Uma das aplicações é o aquecimento de água (págua = 1 kg/L) para uso residencial. Em um local, a intensidade da radiação solar efetivamente captada por um painel solar com área de 1 m2 é de 0,03 kW/m2. 0 valor do calor específico da água é igual 4,2 kJ/(kg °C).


Nessa situação, em quanto tempo é possível aquecer 1 litro de água de 20 “C até 70 “C?

Alternativas
Comentários
  • Essa questao mistura potencia com calor, entao vamos la !

    1---- é necessário lembrar de duas fórmulas Q=m.c.( variacao da temperatura) e  P= Q/ tempo

    2------- volume= 1L entao a massa é 1kg SI, variacao da temperatura é 50 ( 70 - 20), Potencia 0,03kW    k= 1000

    3----- P=Q/tempo  ->  0,03.1000= Q'/tempo    Q=m.c.temperatura   Q= 1000. 4,2.1000.50 -> Q= 210.000.000 J

    4----- P=Q/tempo     0,03.1000= 210.000.000/tempo   --->    7000s

     

    '' D ''

  • P=Q/T

    0,03= 1*4,2*50/t

    0,03T=210

    T=210/0,03

    T= 7000

  • Usando a fórmula do fluxo de calor temos:

    Pot=Q/t

     

    Pot=0.03KW=30W

    C=4,2Kj=4200j

     

    Q=m.c.T

     

    Porém,sabemos que:

    d=m/v

    m=d.v

    Então...

    Q=d.v.c.T

    Q=1.1.4200.50

    Q=210000j

    Que na fórmula da potência...

    30=210000/t

    t=210000/30

    t=7000s

     

    R:"D"

  • Temos:

    0,03------>30W/m^2

    Na fórmula do fluxo de calor temos:

    Pot=Q/t

    Pot=m.c.T/t

    Pot=d.v.c.T/t

    30=1.1.4200.(70-20)/t

    30=4200.50/t

    t=210000/30

    t=7000s

     

    R:Letra "D"

     

     

  • RESOLUÇÃO: https://www.youtube.com/watch?v=X1JwsRBzyvA (58:18)

  • Massa de água:

     

    m = 1 kg

    Quantidade de energia necessária para o aquecimento da água:

    Q = m.c.∆ϴ = 1 . 4,2 . 50

    Q = 210 KJ

    Potência requerida:

    P = 0,03 . 1 = 0,03 kW

    Portanto:

    P = Q/∆t

    ∆t = 210/0,03

    ∆t = 7000 s  

    Equipe Descomplica

  • P = Q / ∆T (tempo)

    Q = m.c.∆T (temperatura)  

    P = 0,03      M = 1kg       ∆T = 70 - 20 = 50    C = 4,2 

    0,03 = 1.4,2.50 / ∆T

    0,03 = 210 / ∆T

    ∆T  =  210 / 0,03

    ∆T  = 7000 s

     

  • Questão otima, meus caros!!!

    Aplicando nosso querido QueMaceTe, encontramos o calor.

    Q= M.C.∆T => Q = 1  x 4200  x 50 = 210.000 J.

    Agora, é so usar formula de potencia, famosa Eguinha Pocoto 

    E= P x ∆t  210.000= 30 x ∆t  ∆T= 7000 segundos

  • OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: atentem-se às unidades de medida do sistema internacional

    POTÊNCIA: WATTS (J/s)

    TEMPERATURA: graus Celsius

    CALOR: Joules

    MASSA: Kg

    VOLUME: Litros

    TEMPO: segundos

  • A pessoa tem um aquecedor baseado num painel solar. Ou seja, a água que passa por esse painel vai ser aquecida. Esse painel tem uma certa potência, que vai ser totalmente usada para aquecer essa água(ele não disse nada sobre rendimento, então supomos que seja um rendimento de 100%). Pois bem:

    Potência do painel = Quantidade de calor para aquecer a água/ tempo para esse processo ocorrer

    Pot = Q/ t

    30 = 1. 4200. 50/ t

    t= 7000 segundos

    Letra D

    obs:

    Precisa tomar cuidado com as unidades. Quando você estiver na dúvida do que usar, olhe sempre para a constante ou algo na fórmula que não muda. Por exemplo, o calor específico da água. É algo que não muda de valor, então se atente para as unidades que estão no calor específico e vá convertendo pra você poder cortar.

    4,2 kJ. O prefixo "k" indica mil, portanto --> 4200 J é correto

    1 kg de água vale 1 L de água.

    A potência é de 0,03 kW para cada m². Mas o chuveiro aquece justamente essa área, então bastava novamente ajustar esse "k" para mil, ficando 30 W.

  • 1m² = 0,03Kw = 30w

    1 L = 1Kg ( de acordo com a densidade (págua = 1 kg/L))

    DT (70-20)= 50

    Usaremos a formula Q= m.c.DT para achar a quantidade de calor

    Q= m.c.DT

    Q = 1.4200.50

    Q =210.000

    Usaremos P=Q/t para acharmos o tempo

    P=Q/t

    30w = 210.000/t

    t = 210.000/30

    t = 7000 s

  • Q=mcT

    30=4200x50/t

    t=210000/30

    t=7000 seg

  • P=Q/t

    0,03kj=50.4,2kj/t

    0,03kj.t=210

    t=210/0,03

    t=7000seg

  • Converta tudo primeiro:

    • O "K" representa kilo, que é a mesma coisa que mil (10^3).

    0,03 kW = 30W

    4,2 KJ = 4200 J

    A variação de temperatura será:

    ΔT = 70 - 20

    ΔT = 50

    Utilizando a fórmula de potência:

    Pot = Q/Δt

    A potência é 30W. O Q é Q = m * c * ΔT e o Δt é o tempo, justo o que queremos.

    30 = (1 * 4200 * 50)/Δt

    30 = 210000/Δt

    Δt = 210000/30

    Δt = 7000s


ID
2629264
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Os sapos passam por uma metamorfose completa. Os girinos apresentam cauda e brânquias externas, mas não têm pernas. Com o crescimento e desenvolvimento do girino, as brânquias desaparecem, as pernas surgem e a cauda encolhe. Posteriormente, a cauda desaparece por apoptose ou morte celular programada, regulada por genes, resultando num sapo adulto jovem.


A organela citoplasmática envolvida diretamente no desaparecimento da cauda é o

Alternativas
Comentários
  • O lisossomo é uma organela membranosa presente nas células eucariontes. Sua função é digerir substâncias para a célula, processo que ocorre graças às inúmeras enzimas digestivas que contem. A função dos lisossomos é fazer a digestão intracelular, que pode ser por fagocitose ou autofagia.Quando a célula precisa digerir substâncias vindas do meio externo, ela realiza fagocitose. Por exemplo, no caso das células do sistema imunitário humano que atacam células inimigas chamadas antígenos. Quando as organelas se tornam envelhecidas, a célula passa por uma reciclagem, ela realiza o processo de autofagia, através do qual digere algumas das suas organelasque já não funcionam bem. Isso também pode acontecer em situações com poucos nutrientes, em que a célula realiza a autofagia para manter a homeostase (equilíbrio interno).  A AUTOFAGIA É SUBDIVIDIDA EM AUTÓLISE, NECROSE E APOPTOSE , PESQUISEM NERDS!!!

  • A digestão intracelular

    Os lisossomos são organelas responsáveis pela digestão intracelular. As bolsas formadas na fagocitose e na pinocitose, que contêm partículas capturadas no meio externo, fundem-se aos lisossomos, dando origem a bolsas maiores, onde a digestão ocorrerá.

  • A organela citoplasmática envolvida diretamente no desaparecimento da cauda do girino, ou seja, que é digerida intracelularmente são os lisossomos. Os lisossomos são pequenas vesículas, originadas no Complexo de Golgi, responsáveis por essa digestão.

    Alternativa correta: letra B


  • É a digestão autofágica do lisossomo

  • Relaciomada;https://www.youtube.com/watch?v=A5WsXg5PQeI

  • Uma das funções do lisossomo é a autofagia (digerir alguma organela na célula) e autólise (destruir a célula por completo). 

  • é lisossomo porque o sapo é LISO

  • Ribossomos  síntese de proteínas.

    Lisossomos degradar partículas.

    Peroxissomos Armazenamento de enzimas que catalisam o (peróxido de hidrogênio H2O2- tóxico)

    Presentes no citoplasma das células vegetais e animais

    Formam vesículas arredondadas

    Complexo Golgiense: transportar, selecionar e endereçar substâncias;

    reciclagem entre membranas;

    formar a parede celular da célula vegetal, o acrossoma do espermatozoide, os lisossomos e as membranas plasmática .

    Retículo Endoplasmático Rugoso: Associado aos Ribossomos e à síntese de proteínas.

    Retículo Endoplasmático Liso: Produz os lipídios

  • Mitocôndria, Mitocôndria é que faz respiração

    Ribossomo sintetiza proteínas de montão

    O complexo de golgi armazena secreção

    Lisossomo tem enzimas para fazer digestão

    O retículo apresenta função de transportar

    E o centríolo participa da divisão celular

    no ritmo de ciranda cirandinha uhul

  • Lisossomo: vesículas membranosas que contêm enzimas digestivas. São derivados do complexo golgiense.

    Sua principal função é a digestão intracelular, ou seja, no interior da célula.

  • os lisossomos são capazes de degredar partículas

  • B de banana um tipo de autólise

  • Cai na pegadinha do peroxissomo...

  • o lisossomo come tudo então se a cauda desapareceu é porque o lisossomo comeu

  • A - Ribossomo - função produzir proteínas

    B-Lisossomos-função degradar partículas

    C-Peroxissomos-função de desintoxicação das células

    D-Complexo Golgiense- função armazenar,transformar e exportar

    E- Reticulo Endoplasmático- função participar do processo de contração muscular.

    Dessa forma,B

  • Letra A: Os ribossomos fazem o processo de síntese proteica (incorreta)

    Letra C: Os perixossomos fazem as reações oxidativas que desintoxicam moléculas na corrente sanguínea. (incorreta)

    Letra D: O complexo de golgi faz a adição de açúcares às proteínas e aos lipídios. Sua função não está ligada ao desaparecimento de caudas. (incorreta)

    Letra E: O retículo endoplasmático monta proteínas. (incorreta)

    Portanto nos resta apenas a alternativa B.

    Gabarito: B


ID
2629267
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Química
Assuntos

A horticultura tem sido recomendada para a agricultura familiar, porém as perdas são grandes devido à escassez de processos compatíveis para conservar frutas e hortaliças. O processo, denominado desidratação osmótica, tem se mostrado uma alternativa importante nesse sentido, pois origina produtos com boas condições de armazenamento e qualidade semelhante à matéria-prima.

GOMES, A. T.; CEREDA, M. P.; VILPOUX, O. Desidratação osmótica: uma tecnologia de baixo custo para o desenvolvimento da agricultura familiar. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, n. 3, set.-dez. 2007 (adaptado).


Esse processo para conservar os alimentos remove a água por

Alternativas
Comentários
  • Difusão Simples: soluto vai da maior concetração para a de menor concetração.

    Osmose: O solvente vai da menor concetração para a de maior concentração.

     

     

  • A osmose é um processo que consegue remover a água pela diferença de concentração entre o produto e o meio(solução), sem água o produto consegue se conservar por mais tempo.

  • Osmose é água ( solvente ). Lembrando que apenas o solvente passa do meio concentrado para o mais concentrado, por isso a pressão arterial aumenta quando você come muito NaCl.

    Também cai bastante no ENEM.

    A relação de osmose e pressão arterial.

    A relação de osmose e a carne salgada.


ID
2629273
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Física
Assuntos

As especiflcações de um chuveiro elétrico são: potência de 4 000 W, consumo máximo mensal de 21,6 kWh e vazão máxima de 3 L/min. Em um mês, durante os banhos, esse chuveiro foi usado com vazão máxima, consumindo o valor máximo de energia especificado. O calor específico da água é de 4 200 J/(kg °C) e sua densidade é igual a 1 kg/L.


A variação da temperatura da água usada nesses banhos foi mais próxima de

Alternativas
Comentários
  • P.t= m.c.(temperatura)

    4000.20=1.4200.(temperatura)                                                 3L------60s

     80000=4200t                                                                            1L------X            X=20s em 1L

    t=80000/4200

    t=19C                                          XD

     

  • https://www.youtube.com/watch?v=qt-9NtoWVS8

  • RESOLUÇÃO: https://www.youtube.com/watch?v=X1JwsRBzyvA (1:11:43)

  • P = Q / ∆Tempo

    Q = m.c.∆Temperatura

    P = m.c.∆Temperatura / ∆Tempo

    4000 = 3.4200.∆Temperatura / 60s 

    ∆Temperatura = 19 

  • Potência = Quantidade de calor / tempo


    Quantidade de calor = massa x calor específico x Δ temperatura

    Q = m x c x ΔT


    Potência = (massa x calor específico x Δtemperatura) / tempo


    P = m x c x ΔT / t


    -massa / tempo = vazão

    V = m / t


    potência = vazão x calor específico x Δtemperatura


    P = V x c x ΔT


    4000 W= 0.05 L/s x 4200J / Kg Cº x ΔT

    ΔT = 4200W / (0.05L/s x 4200J / Kg Cº)


    ΔT = 19.04 Cº


  • Potência é Energia sobre Tempo: P= E/∆T e nesse caso a energia é do tipo Térmica. Logo, basta substituir o "E" pela fórmula da calorimetria Q= m.c.∆t.

    P=  m.c.∆t/∆T, substituindo os valores:

     

    P = Q / ∆Tempo

    Q = m.c.∆Temperatura

    P = m.c.∆Temperatura / ∆Tempo

    4000 = 3.4200.∆Temperatura / 60s 

    ∆Temperatura = 19 

  • oii gente, podem me ajudar por favor? se o chuveiro foi utilizado em um mês, mais que 60 segundos, pq vcs usaram o tempo como 60s (que é o tempo da vazão)? obrigada!

  • Ninguém toma banho em uma água de 60, 57 ou 37 graus, 16 friozinho ne, e vamos de 19 kkkkkkk é assim que acerta

    brincadeira, estudem

  • A informação de consumo mensal é inútil ne

  • Para treinar divida em partes:

    a) Quantos minutos em 5,4 horas?

    b) Quantos litros são utilizados nesse intervalo de tempo (na vazão máxima)?

    c) Pela densidade, qual a massa correspondente de água?

    d) Qual o consumo, em JOULES, nessas 5,4 horas?

    e) Usando Q = m.c.Δθ, encontre a variação de temperatura.

  • Δt = tempo

    Δ T = variação de temperatura

    Q = Quantidade de calor

    m = massa

    c = calor específico

    P = potência

    E = energia

    A energia, no caso, é a térmica, logo é utilizado o Q, que mede a quantidade de calor.

    Sabendo que Q = m.c.ΔT

    P = E / Δt

    P = Q / Δt

    P = m.c.ΔT / Δt

    Considerando que vazão é igual a massa dividida pelo tempo, no caso da questão é 3 litros de água a cada(dividida por) 60 segundos, o valor pode ser dado em quilos já que a densidade da água é 1kg/l. Logo, substitui-se o m(massa) e o Δt(tempo) pelo valor que temos da vazão 3 kg/min, mas como a unidade do SI da potência é segundos, então escrevemos 3kg/60s:

    P = 3.c.ΔT/60

    Pra quem ficou em dúvida, o tempo não precisava ser do mês todo, veja que na equação acima o 3 e o 60 são diretamente proporcionais, ou seja, se você coloca o tempo de um mês, também teria de colocar o volume de água de um mês, e a divisão de um pelo outro daria no mesmo, por isso não importa se você coloca um minuto ou 30 dias na equação, pois o resultado será o mesmo.

    Ex: 3 kg/60s = 6 kg/120s = 12 kg/240 s

    Pra quem ficou em dúvida, pense como seria absurdo se a variação da temperatura aumentasse em conjunto com o tempo. Se assim fosse, logo teríamos uma água extremamente quente ou gelada, pois quanto mais usássemos o aparelho, mais(ou menos) temperatura ele teria, no entanto, não é assim, pois a variação da temperatura não depende do tempo, e sabendo que a potência e o calor específico não irão mudar, percebe-se que não importa o quanto de massa ou de tempo se coloca na equação, pois a divisão da massa pelo tempo será a mesma - visto que a vazão permanece constante. Assim, o delta T só pode ser descoberto da forma a seguir...

    A questão já deu o valor da potência P(4000W), do calor específico c(4200J/kgºC), logo coloca-se na equação:

    4000 = 3.4200.ΔT/60

    O 60 está dividindo passa multiplicando

    4000.60 = 3.4200.ΔT

    Efetuando as multiplicações temos:

    240000 = 12600.ΔT

    12600 está multiplicando passa pro outro lado dividindo

    240000/12600 = ΔT

    2400/126 = ΔT

    ΔT ≅ 19


ID
2629282
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Biologia
Assuntos

Atualmente, o medicamento de escolha para o tratamento da esquistossomose causada por todas as espécies do verme Schistosoma é o praquizentel (PQZ). Apesar de ser eficaz e seguro, seu uso em larga escala e tratamentos repetitivos em áreas endêmicas têm provocado a seleção de linhagens resistentes.

LAGE, R. C. G. Disponível em: www.repositorio.ufop.br. Acesso em: 17 dez. 2012 (adaptado).


Qual é o mecanismo de seleção dos vermes resistentes citados?

Alternativas
Comentários
  • O uso desenfreado de medicamentos pode dar origem a descendentes resistentes a esses medicamentos. No caos citado, os vermes que são resistentes, tendem a sobreviver e gerar mais descedentes do que os vermes sobre os quais o medicamento faz efeito. Ou seja, chegará um momento em que haverá apenas vermes resistentes a esse medicamento.

    Alternativa correta: Letra D


  • Seleção natural!

    A alteração do meio – introdução de um medicamento – seleciona indivíduos com características mais favoráveis, fazendo com que possam ter maior sucesso reprodutivo e possam gerar indivíduos com as mesmas características. Esse é o mecanismo de resistência a medicamentos mais comum.

    https://descomplica.com.br/gabarito-enem/questoes/2017-segunda-aplicacao/segundo-dia/atualmente-o-medicamento-de-escolha-para-o-tratamento-da-esquistossomose-causada-por-todas/

  • Os vermes que são resistentes, tendem a sobreviver e gerar mais descendentes do que os vermes sobre os quais o medicamento faz efeito. Ou seja, chegará um momento em que haverá apenas vermes resistentes a esse medicamento.

  • O uso desenfreado de medicamentos pode dar origem a descendentes resistentes a esses medicamentos. No caos citado, os vermes, que são resistentes, tendem a sobreviver e gerar mais descendentes do que os vermes sobre os quais o medicamento faz efeito. Ou seja, chegará um momento em que haverá apenas vermes resistentes a esse medicamento.

    Alternativa correta: Letra D

  • Tá mais para uma questão de seleção natural do que uma de platelmintos

  • Reprodução diferencial dos mais aptos.

    É uma questão sobre evolução, não sobre verminoses.

    O algoritmo do QC é meio falho mesmo. Muitas questões do ENEM têm uma determinada contextualização para cobrar um outro tema que não necessariamente diz respeito ao contexto (pelo menos não diretamente). O QC vai e categoriza a questão a partir do contexto, deixando-a "deslocada". Várias questões na disciplina"Química" na verdade são de biologia e vice-versa. Tem também os deslocamentos dentro de uma mesma disciplina, como nesta questão. O contexto é a verminose, mas o que está sendo cobrado é o assunto evolução.

    Gabarito : (D)

    Nível de Dificuldade : Médio

  • Dois pontos importantes:

    • Não é o medicamento que faz gerar seres resistentes; esses seres já estavam presente.
    • O mal uso de medicamentos ocasiona na proliferação desses seres resistentes. O que ocorre é justamente uma seleção dos indivíduos que possuem resistência a tal medicamento.
  • Mas então como esses vermes podem ser eliminados do nosso corpo? Nunca existirá um medicamento que consiga eliminar toda a população de vermes, ou seja, que não exista nenhum resistente a ele?


ID
2629294
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Em alguns países anglo-saxões, a unidade de volume utilizada para indicar o conteúdo de alguns recipientes é a onça fluida britânica. O volume de uma onça fluida britânica corresponde a 28,4130625 mL.

A título de simplificação, considere uma onça fluida britânica correspondendo a 28 mL.

Nessas condições, o volume de um recipiente com capacidade de 400 onças fluidas britânicas, em cm3, é igual a

Alternativas
Comentários
  • 1 cm³ = 1 ml

    1 onça —— 28 cm³

    400 onças — x

    x = 11 200 cm³

  • 1 ml = 1 cm³ e vice versa.

    28 ml = 28 cm³

    400x28 = 11.200 cm³

  • 1 ml = 1 cm^3

    400 x 28 = 11 200 cm^3

    Letra A

  • 1 cm³ = 1 mL

    Relação para se guardar com carinho em algum puxadinho do hipocampo.

    Gabarito : (A)

  • E o medo de uma pegadinha...


ID
2629297
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma aluna estuda numa turma de 40 alunos. Em um dia, essa turma foi dividida em três salas, A, B e C, de acordo com a capacidade das salas. Na sala A Acaram 10 alunos, na B, outros 12 alunos e na C, 18 alunos. Será feito um sorteio no qual, primeiro, será sorteada uma sala e, posteriormente, será sorteado um aluno dessa sala.


Qual é a probabilidade de aquela aluna específica ser sorteada, sabendo que ela está na sala C?

Alternativas
Comentários
  • Probabilidade de sortear uma sala: 1/3

    Probabilidade de sortear a auna da sala C: 1/18

    Como é um E outro evento, multiplicamos as probabilidades:

    1/3 x 1/18 = 1/54

    Resposta: D

  • gente me socorrem por favor se torna tão difícil pra mim as vezes entender Probabilidade! :o

  • A resposta do david freitas está errada. A resposta correta é 1/54. O erro dele fio somar as frações ao invez de multiplicar-las.

  • Depois de ficar tentando e falhando resolver mais de 30 questões, eu estou conseguindo resolver com tranquilidade... Acho que já peguei o jeito, já que nunca conseguia entender nenhuma questão de PROBABILIDADE. E olha que sou de exatas...

  • temos o problema para resolver.

    S A =10 x 3 = 30

    S B =12 x 3= 36

    S C=18 x 3= 54

    das três salas um vai ter que ser sorteada = 1

    queremos a probabilidade da aluna ser sorteada = X?

    Se multiplicar todos numeros nenhuma chegar perto das alternativas que temos a não ser  18 x 3 = 54.

     

  • São eventos independentes, portanto:
    P(S inter C) = P(S).P(C) = 1/3.1/18 = 1/54

  • 1/3 salas (1 das 3 salas)

    1/18 (1 aluna dos 18 na Sala C)

    1/3*1/18= 1/54

  • regra do e/ou, e multiplica ou soma, probabilidade da sala C é de 1/3 E de ser aluno dela = 1/18 que,com isso,1/3x1/18=1/54

  • E = multEplica

    OU = sOUma

  • Sera feito um sorteio no qual, PRIMEIRO, sera sorteada UMA SALA, posteriormente, sera sorteado UM ALUNO, DESSA SALA.

    1/3 x 1/18 = 1/54

    Letra D

  • Primero sorteio: sala de aula ---> Qual a probabilidade da sala C ser sorteada sendo que temos as salas A, B e C? 1/3

    Segundo sorteio: aluno ---> Supondo que a sala C foi sorteada, qual a probabilidade de a aluna específica ser sorteada sendo que temos 18 anos na sala C? 1/18

    Probabilidade de eventos simultâneos: Multiplicação de probabilidades: Sendo A e B eventos independentes de um espaço amostral equiprovável E, a probabilidade de ocorrer o evento A e o evento B é dada por ---> P(A∩B) = P(A) * P(B) = 1/3 * 1/18 = 1/54

  • De todos os conteúdos que eu estudei do ENEM. Os únicos que não acerto são a maldita probabildiade e análise combinatório. Minha sorte que são sempre questões consideradas difíceis pelo TRI do ENEM.

  • De todos os conteúdos que eu estudei do ENEM. Os únicos que não acerto são a maldita probabildiade e análise combinatório. Minha sorte que são sempre questões consideradas difíceis pelo TRI do ENEM.

  • O primeiro sorteio é o de sala, como há 3 salas, haverá 1 chance em 3 dessa sala ser sorteada. Sendo assim: 1/3

    O segundo sorteio é o de alunos, existem 18 alunos na sala C, ou seja, a chance de ser sorteado é de 1 em 18: 1/18

    Portanto, multiplicamos para ver a probabilidade de ser sorteado o aluno dessa sala. 1/3 x 1/18 = 1/54

    Alternativa D.

  • acertei.

    Sao 3 salas no total para 1 chance de escolhe da sala

    sao 18 alunos em 1 sala para chance de escolha de 1 aluno

    1/3 para 1/18

    mantem o 1

    3 x 18 = 54

    1 chance para 54 possibilidades

    1/54


ID
2629300
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Os computadores operam com dados em formato binário (com dois valores possíveis apenas para cada dígito), utilizando potências de 2 para representar quantidades. Assim, tem-se, por exemplo: 1 kB = 210 Bytes, 1 MB = 210 kB e 1 GB = 210 MB, sendo que 210 = 1 024. Nesse caso, tem-se que kB significa quilobyte, MB significa megabyte e GB significa gigabyte. Entretanto, a maioria dos fabricantes de discos rígidos, pendrives ou similares adotam preferencialmente o significado usual desses prefixos, em base 10. Assim, nos produtos desses fabricantes, 1GB = 103 MB = 106 kB = 109 Bytes. Como a maioria dos programas de computadores utilizam as unidades baseadas em potências de 2, um disco informado pelo fabricante como sendo de 80 GB aparecerá aos usuários como possuindo, aproximadamente, 75 GB.


Um disco rígido está sendo vendido como possuindo 500 gigabytes, considerando unidades em potências de 10.


Qual dos valores está mais próximo do valor informado por um programa que utilize medidas baseadas em potências de 2?

Alternativas
Comentários
  • Basta fazer uma regra de três:

    80 GB - 75GB

    500GB - X

    X = 468,75 GB.

  • A pessoa pode tbm fazer pela razao 

    75/80 * 500 = 15/16 * 500 = 468 aproximadamente!

     

  • se de 80 tira 5 e fica 75
    500 tira-se aproximadamente 50( aproximado para mais) 468

  • Qual unidade de medida usar? Gb como 1024mb? ou outra?

  • então, não sei se é a forma mais facil de fazer, mas usei comparação. 

    coloquei que se 60GB - 75GB

                             500 GB - X

                              X= 468 GB

     espero ter ajudado :)

  • Gostei da sacada da Aline pereira. Acima

  • Eu fiz por regra de 3, achei mais fácil a vizualização:

    80 - 75

    500 - x

    80x = 37500

    x = 37500/80 = 468,75 (arredondando 468)

  • Com conhecimentos técnicos em informática, também é possível acertar essa questão sem fazer cálculo nenhum.

  • Não entendi nada 

  • Por que a Aline tirou 50?

  • Fiz por regra de 3 e deu certo

  • há uma proporcionalide 

    tipo.. 80/75=500/x

    calma rs

    80 está para pot de 10 e 75 está para pot de 2. 500 está para pot de 10. logo x será o resultado para 75

    regra de três mesmo1

  • sai por log também, mas é mais facil por regra de tres.

  • Outras formas de se fazer a questão:

    Da razão entre 75 e 80, temos:

    75 / 80 = 0,9375

    (80 é 0,9375 vezes maior que 75)

    Ao multiplicarmos esse valor (0,9375) por 500, temos:

    0,9375 * 500 = 468,75

    -----------------------------------------------------------------------------------------------------

    Resolvendo essa questão por variação percentual, teremos:

    Variação percentual de redução:

    [(Valor MAIOR - Valor MENOR) / Valor maior] * 100

    (80 - 75) / 80 = 0,0625 = 6,25%

    Multiplicando esse valor (0,0625) por 500, encontraremos em quantas unidades 500 será reduzido:

    500 * 0,0625 = 31,25

    Subtraindo este valor de 500, teremos:

    500 - 31,25 = 468,75

  • 75/80= 0,93

    500 x 0,93= 468 +-

  • Regra de três:

    fabricante (base 10) "nosso computador" (base 2)

    80GB ------------ 75GB

    500GB ---------- X

    80 X = 75.500

    X = 75.500 /80

    X = 3750 / 8

    X = 468,5

  • Regra de tres simples.

    80 -------75

    500 ------x

    80x = 37500

    X = 3750/8

    X = 468,75

    Esta sendo pedido qual mais se aproxima, nesse caso 468.

    Letra A

  • Não achei clara a questão pedindo pra considerar os numeros 80 e 75, mas ok.


ID
2629303
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Ao abrir um negócio, um microempresário descreveu suas vendas, em milhares de reais (unidade monetária brasileira), durante os dois primeiros anos. No primeiro ano, suas vendas cresceram de modo linear. Posteriormente, ele decidiu investir em propaganda, o que fez suas vendas crescerem de modo exponencial.


Qual é o gráfico que melhor descreve as vendas em função do tempo?

Alternativas
Comentários
  • É só prestar atenção na converção na fração do tempo em ano. O primeiro ano se completa no meio do gráfico. A questão diz claramente que é 1 ano de crescimento linear e depois sofreu variações. É só olhar e ler. 

  • O gráfico de uma função linear é uma reta na vertical subindo ou descendo e o de uma função linear é é representado por uma curva.

  • Alternativa D

    Linear é uma reta até o 1, porque era um ano. E exponencial é uma curva 

  • 'Propaganda é a alma do negócio." Linear reta, exponencial curva.

  • Começa linear e depois vai crescendo exponencialmente. A única alternativa que mostra isso é a Letra D.

    Letra D

  • sim, a função linear é representada por F(x)= a.x, ou seja, o gráfico deve começar pelo valor 0, já que não tem o coeficiente B.

  • Mano, se você tem um negócio e quer vender mais, farça propaganda porque No mínimo vc dobra as vendas. Kkk

  • É importante dizer que toda função linear continua sendo afim, mas nem toda afim é linear, pois quando o b diferir de 0 é outra situação, uma reta ou, se for representada por um gráfico, um segmento de reta..

    Uma imagem de como seria uma função linear, ela se inicia em 0 no eixo X

    https://prnt.sc/20i53hg

    Agora uma imagem de como é uma função afim com cofieciente B, note que ele já se inicia com um valor no Y.

    https://prnt.sc/20i55mt

  • Linear-reta

    Exponencial-curva


ID
2629306
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Um motorista de um carro ffex(bicombustível) calcula que, abastecido com 45 litros de gasolina ou com 60 litros de etanol, o carro percorre a mesma distância.

Chamando de x o valor do litro de gasolina e de y o valor do litro de etanol, a situação em que abastecer com gasolina é economicamente mais vantajosa do que abastecer com etanol é expressa por

Alternativas
Comentários
  • 45 corresponde a 3/4 de 60

    sendo x/y a proporção do preço do litro de gasolina e do álcool, para que seja mais vantajoso utilizar a gasolina, x/y deve ser < 3/4

    Resposta: E

  • Se interpretar de maneira mais clara, percebe-se que ele atribui o X com 45L e o Y com 60L, então basicamente é só racionalizar.

    45X = 60Y        colocando o Y para o lado do X e o 45 para o lado do 60

    X/Y = 60/45      o que simplificando fica

    X/Y = 4/3            espero ter ajudado  :-)

  • Se fizer meio pelos extremos sem substituir, já descobre: X/Y < 4/3 ,  3X < 4Y

  • Para que abastecer com gasolina seja mais vantajoso, o produto 45x deve ser menor que o produto 60y. Assim:

    45x < 60y

    x/y < 60/45

    x/y < 4/3

  • 45x < 60y (situação economicamente mais vantajosa)

    x/y < 60/45

    Simplificando

    x/y < 4/3

  • Não entendi como a simplificação deu 4/3, o max que consegui foi 3/2

  • Resolução em vídeo pelo Profº Caju: 

    https://www.youtube.com/watch?v=XbfnSnwxHoY

  • O gasto dele usando gasolina é de 45X, pois X é o valor pelo litro de gasolina

    O gasto dele usando etanol é de 60Y, pois Y é o valor pelo litro de etanol

    Isso para uma mesma distância.

    Como ele quer a situação em usar gasolina seja economicamente melhor do que usar etanol, significa que ele quer a situação em que o gasto com gasolina vai ser menor do que o gasto com o gasto com etanol

    Gasto com gasolina < Gasto com etanol

    45X < 60Y

    X/Y < 60/45

    X/Y < 4/3

    Letra E

  • 45x < 60y

    45x/y < 60

    X/Y < 60/45 => simplifica por 15

    X/Y < 4/3

    Letra E


ID
2629315
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

O governo decidiu reduzir de 25% para 20% o teor de álcool anidro misturado à gasolina vendida nos postos do país. Considere que a média de desempenho, ou seja, a quantidade de quilômetros (km) que um carro anda com 1 litro de combustível, é diretamente proporcional à porcentagem de gasolina presente no combustível, e que a média de desempenho de um carro antes da decisão do governo era de 13,5 km/L.

Nas condições do texto, qual será a estimativa da média de desempenho após a redução de álcool anidro no combustível?

Alternativas
Comentários
  • com 25% de álcool, havia 75% de gasolina

    com 20% de álcool, passa a haver 80% de gasolina

    75% de gasolina -> 13,5 km

    80% de gasolina -> x

    75x = 1080

    x = 1080 / 75

    x = 14,4

    Resposta: E

  • A quantidade é de gasolina, ou seja, na primeira opção (antes da lei) tinha 25% de álcool e 75% de gasolina
    Na segunda (depois da lei) tem 20% de álcool e 80% de gasolina
    Como é diretamente proporcional, basta fazer uma regra de 3
    75%-----13,5 km/L
    80%-----x km/ L
    x= 14,4 km/L

  • É necessário entender a questão, na parte em que fala da redução do álcool anidro.

     

    Tal redução do álcool irá provocar o aumento da gasolina, isto é, 20 % do álcool terá 80 % de gasolina em sua composição e no modelo antigo temos 25 % de álcool ---> 75% de gasolina. Logo, com o aumento da gasolina teremos um aumento diretamente proporcional no desempenho do veículo.

     

    Tirando a explicação, uma simples regra de três seria necessário para resolver a questão:

     

    75/100 ( 0,75 )  ----> 13,5 km/L

    80/100 ( 0,80 )  ----> X km/L

    0,75X = 10,80

    X = 10,80 / 0,75

    X = 14,4 km/L

     

    Resposta: E

  • Já sei resolver. Já aprendi. Mas eu só quero deixar uma coisa clara aqui: é necessário ter conhecimento de esportes, economia, engenharia, administração, computação e até mesmo de música para se dar bem em matemática. Abraços! 

  • Resolução; https://www.youtube.com/watch?v=CUPF5jUxrpE

  • A solução pede a parte diretamente proporcional a porcentagem da Gasolina, então:

    Se antes o álcool era 25%, A Gasolina era 75% e agora com 20% de álcool temos gasolina em 80% 

    Portanto:          13,5 Km/L esta para 0,75 - (75/100, ou 75%)

    Assim como:       X  Km/L  esta para 0,80 - (80/100 ou 80%)

    Multiplicando cruzado temos: 0,75 x = 13,5 * 0,80
                         x = 14,4

    Consequentemente a resposta correta é a letra E :)

  • Gabarito: E

     

     

    antes --> 25%  --  75% de gasolina

    depois --> 20% -- 80% de gasolina

     

     

    -"1 litro de combustível, é diretamente proporcional à porcentagem de gasolina presente no combustível..."

     

    -Desempenho antes da decisão = 13,5 km/L

     

    13,5 km/L ----- 75%

          X  ----------- 80%

          X = 14,4

  • Antes era 25% / Depois ficou 20 % 

    vamos tirar 25% de 100% e 20 % de 100 %

    ( 25-100=75% ) ( 20-100=80%)

    Agora é so multiplicar cruzado 

    13,5 km/L ----- 75%

          X  ----------- 80%

    75x=80 * 13,5

    75x=1,080

    x=1080/75

    x=14,4

     

  • Se for olhar pela lógica, se antes da redução já era 13,5 km/l, depois da redução teria que ser maior que esse valor. Entretanto, já eliminaria a letra A, B e C

  • Não há muito o que explicar...os cálculos explicam por si só...

    100% - 25% = 75%

    100% - 20% = 80%

    75%-------13,5

    80%------x

    75x = 1080

    X = 1080/75

    X = 14,4

    Letra E

  • 75 ---- 13,5

    80 ---- x

    Pra ser rápido no ENEM vc tem que dominar a arte de trocar números difíceis por frações que facilitam a conta.

    75x = 8*135

    (150/2)x = 8*(270/2)

    150*x = 8*270

    15*x = 8*27

    5x = 8*9

    (10/2)x = 72

    x = 144/10

    x = 14,4

  • Pegadinha estava entre fazer questão com a porcentagem da gasolina e do álcool. Com certeza que deve ter um distrator com a mesma resposta de fazer a porcentagem com o álcool.

  • Pegadinha estava entre fazer questão com a porcentagem da gasolina e do álcool. Com certeza que deve ter um distrator com a mesma resposta de fazer a porcentagem com o álcool.

  • Que fdm KKKKKKKK cai na pegadinha

  • Quando tinha 25% de álcool, havia 75% de gasolina. Agora, com 20% de álcool, há 80% de gasolina.

    Sendo assim, dá para fazer uma regra de três:

    75% ---- 13,5

    80% ---- x

    75x = 13,5 x 80

    x = 1080 : 75

    x = 14,4

    Alternativa E.

  • Questão feita pra tirar a paz de espírito do vestibulando.

  • Antes:

    25% de álcool

    100-25=75% de gasolina

    Depois:

    20% de álcool

    100-20=80% de gasolina

    _____________________________________

    13,5 ----- 75%

    X --------- 80%

    75x=13,5*80

    1080=75x

    x=1080/75

    x=14,4


ID
2629318
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Numa turma de inclusão de jovens e adultos na educação formal profissional (Proeja), a média aritmética das idades dos seus dez alunos é de 32 anos. Em determinado dia, o aluno mais velho da turma faltou e, com isso, a média aritmética das idades dos nove alunos presentes foi de 30 anos.

Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em: 10 mar. 2012 (adaptado).


Qual é a idade do aluno que faltou naquela turma?

Alternativas
Comentários
  • 30=S    ---->  30.9= S  S= 270
          9                                                  320 - 270= 50

    32=S   ---->  32.10=S   S= 320
         10

  • média aritmética das idades dos seus dez alunos é de 32 anos. Com isso: 10*32=320 será a soma de todos os alunos.

    o aluno mais velho da turma faltou e, com isso, a média aritmética das idades dos nove alunos-ATENÇÃO NESSE NOVE-presentes foi de 30 anos. Ou seja, 9*30=270

    Comparação entre as idades dos alunos presentes e o que faltou foi: 320-270= 50 anos é a idade.

  • Podemos montar duas fórmulas:

     

    30=9x/9

    32=(9x + y)/10

    Temos assim que:

    x=30

    32=(9.30 + y)/10

    320=270 + y

    y=50 anos

     

    Letra "D"

  • A media com 10 alunos é dado por (X1+X2+...+X9+X10)/10 = 32.

    Já sem aluno mais velho X10, a media sera (X1+X2+...+X8+X9)/9 = 30.

    Chamando X1+X2+X3+....+X9 de Y, temos as seguintes expressões:
    I - (Y + X10)/10 = 32  e
    II -  Y/9=30 
    Assim Y = 30*9 
    Substituindo II em I :
    (270 + X10)/10 = 32
    270 + X10 = 320
    X10 = 320 -270 = 50 anos

  • Pelas informações do texto temos:

     

    32 = (30.9 + x)/10

    320 = 270 + x

    x = 50 anos.

  • SOMA 10/10 = 32

    soma 10 = 320  = 

    SOMA  10 - x / 9 = 30 => 320 - x = 270=

    -X = 270 - 320 (. -1)

    x = 50 ANOS

     

     

     

     

     

  • Se a média de X alunos, sendo x exatamente 9 alunos, é igual a 30, então x/9 = 30 . : x = 9*30 . : x = 270

    Se a soma das idades de 9 alunos é 270, então para saber a idade do aluno mais velho é só tirar a média aritmética novamente.

    270+Y/10 = 32 . : 270+Y = 320 . : Y = 50

  • Credo, que delicia acertei.

    MG: Média do Grupo

    Ma: Média do Grupo A

    Mb: Média do Grupo B

    Mg=Ma.A+Mb.b/A+B

    32=30.9+Mb.1/9+1

    32=270+Mb/10

    320=270+x

    X= 320-270= 50

  • x=soma da idade dos 9 alunos, y=idade do aluno mais velho..

    Dia que todos vão pra aula:

    ((x+y)/10)=32

    dia que o aluno mais velho falta:

    (x/9)=30, logo x=270.

    ((270+y)/10)=32

    = 270+y=320

    y= 50 anos.

  • Sem equações, sem x e y, simplificando o máximo possível:

    10 alunos, com uma média de 32 anos, significa que as idades deles somadas dará 320 anos.

    9 alunos, com uma média de 30 anos, significa que as idades deles somadas dará 270 anos.

    Faz a diferença (subtração) e temos a resposta em 30 segundos (tempo no ENEM vale mais do que qualquer coisa).

     

  • Antes a média era 32, logo:

    X/10 = 32

    X = 320

    A soma das idades antes era 320.

    Depois a média ficou sendo 30, logo:

    Y/9 = 30

    Y = 270

    Depois a soma das idades ficou sendo 270.

    De 270 para 320 fica faltando 50, pois 320 - 270 = 50

    Logo a idade do aluno mais velho é 50 anos

    Letra D

  • Não sabia fazer a equação, mas como a questão diz " mais velho " já sabia que precisa ser acima dos 32 anos. Sobrou a Letra D e E.

    Mas, se fosse a Letra E, seria o dobro da idade, logo a média cairia mais que 30 anos. Então, sobrou a letra D.

  • Se a média da idade de 10 alunos é 32, juntos todos têm 320 anos (10x32)

    Se a média da idade de 9 alunos é 30, juntos têm 270 anos (9x30)

    Subtraindo temos a diferença de 50 anos, que é a idade daquele aluno que faltou.

  • Assunto: matemática básica e média

    32=x/10

    X=320

    30=x/9

    X=270

    320-270=50


ID
2629324
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma empresa de entregas presta serviços para outras empresas que fabricam e vendem produtos. Os fabricantes dos produtos podem contratar um entre dois planos oferecidos pela empresa que faz as entregas. No plano A, cobra-se uma taxa fixa mensal no valor de R$ 500,00, além de uma tarifa de R$ 4,00 por cada quilograma enviado (para qualquer destino dentro da área de cobertura). No plano B, cobra-se uma taxa fixa mensal no valor de R$ 200,00, porém a tarifa por cada quilograma enviado sobe para R$ 6,00. Certo fabricante havia decidido contratar o plano A por um período de 6 meses. Contudo, ao perceber que ele precisará enviar apenas 650 quilogramas de mercadoria durante todo o período, ele resolveu contratar o plano B.


Qual alternativa avalia corretamente a decisão final do fabricante de contratar o plano B?

Alternativas
Comentários
  • pelo plano A:

    500 x 6 = 3000

    650 x 4 = 2600

    3000 + 2600  = 5600

     

    pelo plano B:

    200 x 6 = 1200

    650 x 6 = 3900

    1200 + 3900 = 5100

    5600 - 5100 = 500 a menos com o plano B

    Resposta: A

  • boa, irmã kakakakaka

  • E ae cunhado! huhuahu

  • Ele vai enviar 650 Kg

    Plano A => taxa fixa de R$ 500,00 e R$ 4,00 por Kg.

    Irá ter uma duração de 6 meses.

    R$ 500 x 6 = R$ 3000,00

    1 Kg------------------R$ 4,00

    650 Kg-------------X

    X = R$ 2.600,00

    R$ 3000 + R$ 2600 = R$ 5600,00

    Plano B => taxa fixa de R$ 200,00 e R$ 6,00 por Kg.

    R$ 200 x 6 = R$ 1200,00

    1 Kg--------------R$ 6,00

    650 Kg------------y

    y = R$ 3900,00

    3900 + 1200 = R$ 5100,00

    Plano A - Plano B => R$ 5600 - R$ 5100 = R$ 500,00

    O plano B custa R$ 500,00 a menos.

    Letra A

  • Questão legal, com contas fáceis e da pra fazer em menos 2min.

  • Fácil até demais.

  • Só precisa se lembrar de multiplicar pelo valor de meses, já que se fizer o valor fixo chegará na alternativa C.

    A: 500 x 6 = 3000

    650 x 4 = 2600

    3000 + 2600 = 5600

    B: 200 x 6 = 1200

    650 x 6 = 3900

    1200 + 3900 = 5100

    Diferença entre os dois planos: 5600 - 5100 = 500

    Sendo assim, a decisão foi boa, já que o plano B possui uma diferença de 500 reais para o plano A.

    Alternativa A.


ID
2629327
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Duas amigas irão fazer um curso no exterior durante 60 dias e usarão a mesma marca de xampu. Uma delas gasta um frasco desse xampu em 10 dias enquanto que a outra leva 20 dias para gastar um frasco com o mesmo volume. Elas combinam de usar, conjuntamente, cada frasco de xampu que levarem.


O número mínimo de frascos de xampu que deverão levar nessa viagem é

Alternativas
Comentários
  • Resolvendo por regra de três, primeiro para a pessoa que gasta um frasco em 10 dias:

    1 frasco - 10 dias

    X frascos - 60 dias

    X = 6 frascos

    Depois para a pessoa que gasta um frasco a cada 20 dias:

    1 frasco - 20 dias

    Y frascos - 60 dias

    Y = 3 frascos.

    Como as duas pessoas vão utilizar conjuntamente, basta somar: 6 + 3 = 9 frascos.

  • Meu raciocínio foi um pouco diferente:

    Amiga que gasta um xampu em 10 dias:

    -Significa dizer que em 10 dias ela gasta 100% do xampu

    -Então ela gasta 10% por dia

     

    Amiga que gasta um xampu em 20 dias:

    Significa dizer que em 20 dias ela gasta 100% do xampu

    -Então ela gasta 5% por dia

     

    Como elas usarão o mesmo xampu, elas gastam 15% do xampu por dia

    Agora é só multiplicar a porcentagem pelo numero de dias:

    15*60 = 900%, como cada xampu é 100%, elas ultilizaram 9 frascos.

  • Não precisa quebrar a cabeça fazendo regra de 3 ou sla... as duas vao usar o shampoo conjuntamente por 60 dias, se X gasta 1 shampoo a cada 10 dias, logo vai gastar 6 e se Y gasta 1 a cada 20 dias, pra 60 ira gastar 3! 3+6=9

  • nem é necessario fazer conta resolvi a questão apenas pensando.. demorei 1 minuto pra resolver espero que esse ano caia uma assim

     

  • X/10 + X/20 = 3X/20 (xampu por dia)

    3X/20 x 60 = 9X

    OBS.: X = 1 FRASCO DE XAMPU.

  • Para ficar mais fácil a compreenssão vou dar nomes para as amigas. Creia e Gertrudes, as duas vão viajar durante 60 dias.

    Creia gasta 1 xampu a cada 10 dias, então fica.

    1 . 10 = 60

    10 = 60. (Passa o 10 dividindo)

    60/10 (corta os zeros) = 6

     

    Gertrudes gasta 1 xampu a cada 20 dias

    1.20 = 60

    20 = 60 ( passa o 20 dividindo )

    60/20 (corta os zeros ) = 3

    Somando as duas o resultado é 9.

    Gabarito letra ==> e

     

     

     

  • Esse negócio de as duas usarem o shampoo juntas é só pra fazer perder tempo, o consumo delas não se altera, então nem precisa escrever nada.

    Se uma gasta 1 frasco a cada 10 dias, então vai gastar 6 em 60 dias, a outra gasta 1 a cada 20 dias, então vai gastar 3 em 60 dias.

    6 + 3 = 9

  • 1 frasco/10 dias

    1 frasco/20 dias

    Em conjunto:

    (1frasco/10 dias)+(1frasco/20 dias) = 3 frascos a cada 20 dias.

    3 frascos -- 20 dias

    x -- 60 dias

    x= 9 frascos em 60 dias.

  • demorei mas foi fassil

  • Nem sempre o Enem é bonzinho assim

  • A viagem vai durar 60 dias.

    Amiga 1 => fica 10 dias com um frasco de xampu, em 60 dias ela vai precisar de:

    1 frasco---------10 dias

    x----------------60 dias

    X = 6 frascos.

    Amiga 2 => fica 20 dias com um frasco de xampu, em 60 dias ela vai precisar de:

    1 frasco--------20 dias

    y------------60 dias

    2y = 6

    y = 6/2

    y = 3 frascos

    Ao todo será: 6 + 3 = 9 frascos.

    Letra E

  • 1/10 + 1/20 = X/60

    MMC = 60

    Depois de fazer as contas com o mmc temos:

    6 + 3 = X

    X = 9 frascos

  • Como a questão não deu nenhuma unidade de medida, fica bem simples resolver:

    Elas vão ficar fora durante 60 dias e vão compartilhar o mesmo xampu. A amiga 1 gasta um frasco em 10 dias, enquanto a amiga 2 gasta em 20 dias.

    Sendo assim, é só pensar. A amiga 1 vai gastar 6 fracos, visto que ela irá gastar 1 frasco de dez em dez dias. Já a amiga 2 irá gastar 3 frascos, pois ela irá gastar 1 frasco de vinte em vinte dias.

    Não precisa de nenhum cálculo para resolver essa questão.

    Alternativa E.


ID
2629330
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

No centro de uma praça será construída uma estátua que ocupará um terreno quadrado com área de 9 metros quadrados. O executor da obra percebeu que a escala do desenho na planta baixa do projeto é de 1 : 25.


Na planta baixa, a área da figura que representa esse terreno, em centímetro quadrado, é

Alternativas
Comentários
  • area do terreno=9m elevado a 2 >>>> lado1=3m  x  lado2=3m

    3m=300cm                                 L1= 300/25 = 12cm x L2= 300/25 = 12cm

                                                                                  12 x 12 =144 ao quadrado

                                                                  

    R=144 ao quadrado

  • 1:25 1/25= 0.04

    3mx100= 300 cm

    0.04x300= 12

    12x12= 144cm²

  • Pq não é a letra A? Não entendi

  • Área = 9

    A = L²

    9 = L²

    L = 3m -> 300 cm

     

    1 cm do desenho - 25 cm da realidade

                      x     -  300 cm 

     

    x = 12  

    quadrado Na planta baixa lado 12 . lado 12 = 144

     

  • MAS É A LETRA A

  • https://www.youtube.com/watch?v=8E4yAsqyjrA

  • Dada a fórmula da escala temos primeiramente que converter a escala linear para superficial:

     

    1m^2 ------- 10^4cm^2

    9 ---------------------X

    X=9.10^4cm^2

    Podemos agora colocar na fórmula:

    E=d/D

    (1/25)^2 = d/9.10^4

    d=90000/625

    d=144cm^2

     

    R=Letra "A"

  • _____

    |       | 3m = 300cm 

    |____|

    3m = 300cm

     

    Calculando 1 lado

    E=d/D

    E -> Escala

    d-> Distância no mapa

    D-> Distância real

     

    E=d/D

    1/25=d/300

    d=12

     

    Calculando a área na planta baixa

    12x12 = 144 cm2

     

    Caso vc tenha feito a área antes  e tenha dado 90.000cm2 vc terá que fazer 25^2 e jogar na formul para que fique na mesma unidade

  • A escala dada é uma escala linear. Como ele quer saber a medida da área no desenho, basta elevar a escala ao quadrado.( Se fosse para saber o volume, elevaria ao cubo):

    Escala= 1 cm/25 cm. Eleve ao quadrado -------------- Escala da área: 1 cm²/625 cm²

    Agora é regra de três:

    1 cm² --------------------- 625 cm²

    X --------------------------- 90000 cm²

    X= 114 cm²

    Letra A

  • 1cm-----0,25m

    x--------3 m 3x3=9 metros quadrados

    x=3/1/1/4 ou 3 dividido por 0,25 =12

    12cm um lado agora ele quer a Área 12x12 = 144cm quadrados ;)

  • 1cm-----0,25m

    x--------3 m 3x3=9 metros quadrados

    x=3/1/1/4 ou 3 dividido por 0,25 =12

    12cm um lado agora ele quer a Área 12x12 = 144cm quadrados ;)

  • Escala 1:25

    9 m^2 = 90.000 cm^2

    25^2 = 625 cm^2

    1---------625

    x---------90.000

    625x = 90.000

    X = 90.000/625

    X = 144

    Letra A

  • Que questão legal *-* eu amo questões que envolvem escalas!!

    muita gente errou essa e ela é considerada média, fiz essa em menos de 30s O.o

    já resolvi tantas questões de escala que até as questões "difíceis" tão ficando fáceis pra mim.

    Foco e Fé pessoal!!

    Que Deus e Nossa Senhora nos ajudem a conseguir realizar nossos objetivos!

    Bons estudos e Boa sorte para todos!

  • Área maior = 9m² = 9*10⁴cm²; Área menor = a

    Área maior sobre a área menor = (escala maior sobre escala menor)²

    Se fosse volume, elevava a escala ao cubo. Então temos:

    9*10⁴/a=(25/1)²

    a=90000/(100/4)*(100/4)

    a=90000*4*4/10000

    a=9*4*4

    a=9*16

    a=144cm²

  • Você eleva a escala ao quadrado.

    e^2 = D/R

    Linear: e = D/R

    Cúbica: e^3 = D/R

  • Regrinha de três. Só precisa elevar ao quadrado.

    9 m² = 90000 cm²

    (1 cm)² — (25 cm)²

    x cm² — 90000 cm²

    1 cm² — 625 cm²

    x cm² — 90000 cm²

    x = 90000 / 625

    x = 144

    Alternativa A.

  • rapaziada, quem preferir, há esse modo de fazer:

    como a área é em m², eleva os dados da escala ao ² também:

    1² --- 25²

    x --- 9

    .

    1 --- 625

    x --- 9

    .

    625x = 9

    x = 9/625

    x = 0,0144 m²

    .

    como a questão quer em cm² (como é ao quadrado multiplica por 100 e não por 10), só converter:

    m² /// dm² /// cm²

    0,0144 /// 1,44 /// 144

    digo isso, pois há questões com essa maneira de fazer fica mais fácil.

  • É um quadrado então sua raiz corresponde ao lado. Raiz de 9 = 3.

    Logo, o lado em centímetros tem que equivaler a 3.

    1 cm --------------- 0,25m

    x cm ---------------- 3m

    x = 12 cm

    como é um quadrado, 12 x 12 = 144 cm^2


ID
2629333
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma indústria tem um setor totalmente automatizado. São quatro máquinas iguais, que trabalham simultânea e ininterruptamente durante uma jornada de 6 horas. Após esse período, as máquinas são desligadas por 30 minutos para manutenção. Se alguma máquina precisar de mais manutenção, ficará parada até a próxima manutenção.


Certo dia, era necessário que as quatro máquinas produzissem um total de 9 000 itens. O trabalho começou a ser feito às 8 horas. Durante uma jornada de 6 horas, produziram 6 000 itens, mas na manutenção observou-se que uma máquina precisava ficar parada. Quando o serviço foi finalizado, as três máquinas que continuaram operando passaram por uma nova manutenção, chamada manutenção de esgotamento.


Em que horário começou a manutenção de esgotamento?

Alternativas
Comentários
  • As 8h as maquinas começaram o trabalho + 6h = 14:00h
    +30 Minutos para manutencão = 14:30 Tinha um Total de 6,000 Produzidos
    Em 6h Cada máquina produz 1,500 Itens = 6000/4 = 1500
    Em cada hora cada uma máquina produz  250 =  1500/4 = 250
    Apos a manutenção apenas 3 maquinas funcionavam.
    Então produziam 3x250 = 750 por Hora.
    750x4h = 3,000 + 6000 = 9,000 
    14:30 + 4h = 18:30

  • Marshall Matter, corrigindo: 

    *Em cada hora cada uma máquina produz  250 =  1500/6 = 250

  • Basta fazer uma regra e 3 composta:

    P=produção

    N=número de máquinas

    T=tempo de produção

     

        P---------N--------T

    6000-------4---------6

    3000-------3---------X

    Como se trata de tempo temos que observar as gradezas relativas à ele,quando maior a produção,maior o tempo necessário(diretamente proporcional),quando maior o número de máquinas,menor o tempo necessário(inversamente proporcional),assim:

    6/X=3/4.6000/3000

    6/X=3/4.2

    X=12/3

    X=4h

    Somando os temos temos:

    Início do trabalho:8h

    8+6=14h + 30min(primeira manutenção)+4h

    T=18:30h

     

    R:Letra "B"

     

  • Fico a me perguntar se Regra de 3 composta cai no ENEM normal (não PPL)

  • REGRA DE 3 COMPOSTA

    1° - Montar a tabela:

    4 máquinas = 6.000 produtos = 6 horas

    3 máquinas = 3.000 produtos = x horas

    2° - Conferir se são grandezas diretamente ou indiretamente proporcionais em relação à incógnita:

    Horas x Produtos = Se diminui a quantidade de produtos, diminui as horas de trabalho. São grandezas diretamente proporcionais (não converter).

    Horas x Máquinas = Se diminui a quantidade de máquinas, aumentam as horas de trabalho. São grandezas inversamente proporcionais (converter).

    3° - Remontar a tabela (invertendo a grandeza indiretamente proporcional à incógnita e mantendo o resto):

    3 máquinas = 6.000 produtos = 6 horas

    4 máquinas = 3.000 produtos = x horas

    4° - Isolar a incógnita a fim de montar uma equação:

    6/x = 3/4 * 6.000/3.000 (simplifica esses zeros)

    6/x = 3/4 * 6/3

    6/x = 18/12 (simplifica por 2)

    6/x = 9/6 (multiplica cruzado)

    9x = 36

    x = 36/9

    x = 4

    5° - Montar a tabela correta final:

    4 máquinas = 6.000 produtos = 6 horas

    3 máquinas = 3.000 produtos = 4 horas

    Começou às 8 horas, trabalharam por 6 horas (14 horas), pararam por 30 minutos (14h30), voltaram e trabalharam por mais 4 horas (18h30)

    Carlos Eduardo, a resposta é sim hahah e cai muito!

  • São quatro máquinas.

    As quatro máquinas trabalham em uma jornada de 6 horas.

    Após às 6 horas às máquinas são desligadas por 30 minutos para manutenção.

    Era necessário que as quatro máquinas produzissem um total de 9.000 itens.

    A produção começou ser feita às 8 horas.

    Em 6 horas as quatro máquinas produziram 6.000 itens.

    8 horas + 6 horas = 14 horas.

    Às 14 horas as quatro máquinas pararam de trabalhar e ficaram paradas por 30 minutos.

    Às 14 h 30 min 3 máquinas voltaram a trabalhar. As 3 máquinas levaram quantas horas para terminar o trabalho?

    4 máquinas------------6 h = 6000 itens

    3 máquinas-------------x = 3000 itens

    X = 4 horas

    As 3 máquinas levaram 4 horas para produzir 3.000 itens - o restante.

    Logo o serviço foi finalizado as:

    14 h 30 min + 4 h = 18 h 30 min

    O serviço foi finalizado às 18 h 30 min.

    Letra B

  • Embora seja tarde da noite e eu nao desejei escrever, tenho que passar essa dica pra você, meu cumpadre. Em regra de três composta, não se preocupe na caracteristica proporcional das grandezas, ou seja, não perca seu tempo vendo se x sobe ou se y desce, APENAS VEJA A CONSEQUENCIA DA AÇÃO TOTAL, O PRODUTO DO TRABALHO. Nessa situação, a consequencia da ação são os produtos feitos, isto é, os 9000 itens, a questão pode relacionar n coisas como sendo a produção, como soja, entrega de alimentos, trabalho conjunto, impressão etc. Esse macete vai funcionar.

    Esse macete consiste em você reunir todas as grandezas da operação em um lado e a outra operação do outro, apenas você vai colocar o produto que um faz no lado oposto do outro, apenas isso Veja:

    Lado A = 4 maquinas trabalham em 6 horas e PRODUZIU 6000 itens

    depois

    Lado B= 3 maquinas trabalham x horas e vão PRODUZIR 3000 itens

    iguala os dois lados e troquem o produto, o produto(itens) de B vai pra A e de A vai pra B e isole o X.

    4(maquinas) . 6(horas) . 3000(itens) = 3(maquinas) . x . 6000(itens)

    4(horas) = X. pronto, encontramos a hora que as outras maquinas vão trabalhar até pausar. Como são 14 horas e meia, somado a mais 4 horas será 18 horas e meia.

    Se ficou confuso esse macete assista a aula de ferreto no youtube, tanto a antiga quando a nova ele fala, eu vi na antiga...

  • Obrigado ferreto por me ajudar a matar essa questão.

    Obs: Mesmo com a pegadinha dos 30 minutos era possível resolver essa questão por aproximação.

    " máquinas são desligadas por 30 minutos para manutenção "

  • 6000 produtos foram produzidos em 6 horas, logo, 1000 produtos são feitos a cada hora, logo, 150 produtos por hora para uma máquina só.

    o total dado para produzir é 9000, logo necessita-se de mais 3000 produtos, mas uma máquina está na manutenção, logo, serão 3 máquinas, logo serão feitos 150.3=750 produtos por hora, logo, temos

    750=3000/t

    t=4horas,

    agora some

    8+6+4+0,5=18,5h, 18 horas e 30 minutos, acrescentei 30 min ali por conta da parada na manutenção.

  • 6.000 Itens------- 6Horas --------4 Máquinas

    1.000 Itens------- 1 Hora

    Se eu tenho 4 máquinas para 1.000 itens por hora, então cada uma produz 250 por hora.

    250 Itens-----1 Hora-------1 Máquina.

    "era necessário que as quatro máquinas produzissem um total de 9 000 itens. O trabalho começou a ser feito às 8 horas. Durante uma jornada de 6 horas, produziram 6 000 itens"

    Então, já temos 6.000 itens feitos, nos restam 3.000 apenas e OBS: COM 3 MÁQUINAS. pois "uma máquina precisava ficar parada"

    Se 1 Máquina----- 250 itens------ 1Hora

    Então 3 Máquinas -----750Itens----- 1 Hora

    750 x 4 = 3.000---- 4 Horas (POIS MULTIPLICOU POR 4)

    Então, agora é só somar tudo: 08H (quando ele começou a ser produzido)

    • 06h de trabalho (PARA PRODUZIR OS 6.000 ITENS)= 14h
    • 30 minutos da parada para manutenção= 14:30
    • 04h para as 3 máquinas produzirem os 3.000 Itens= 18:30

    GABARITO: B


ID
2629342
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma repartição pública possui um sistema que armazena em seu banco de dados todos os ofícios, memorandos e cartas enviados ao longo dos anos. Para organizar todo esse material e facilitar a localização no sistema, o computador utilizado pela repartição gera um código para cada documento, de forma que os oito primeiros dígitos indicam a data em que o documento foi emitido (DDMMAAAA), os dois dígitos seguintes indicam o tipo de documento (ofício: 01, memorando: 02 e carta: 03) e os três últimos dígitos indicam a ordem do documento. Por exemplo, o código 0703201201003 indica um ofício emitido no dia 7 de março de 2012, cuja ordem é 003. No dia 27 de janeiro de 2001, essa repartição pública emitiu o memorando de ordem 012 e o enviou aos seus funcionários.


O código gerado para esse memorando foi

Alternativas
Comentários
  • 27012001(data) + 02 (memorando) + 012 (ordem) = 2701200102012 (letra e)

  • Ei Enem? Serio isso? osakmdoaskdmasokfmoaskm

  • se fosse lá na correria da prova pensaria, ao ver esses números em análise combinatória e partia para outra questão

  • Os dígitos referentes à data são 27012001, por ser memorando adiciona o 02 e 012 pela ordem, logo 2701200102012.

    Letra E

  • Depois de 2017, esses tipos de questões sumiram completamente.

  • Esse ENEM PPL de 2017 é repleto de questões ridicularmente fáceis...

  • A exclusividade é relativa à União. Polícia civil também é judiciária, por exemplo.


ID
2629345
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

A baixa procura por carne bovina e o aumento de oferta de animais para abate fizeram com que o preço da arroba do boi apresentasse queda para o consumidor. No ano de 2012, o preço da arroba do boi caiu de R$ 100,00 para R$ 93,00.

Disponível em: www.diariodemarilia.com.br. Acesso em: 14 ago. 2012.


Com o mesmo valor destinado à aquisição de carne, em termos de perda ou ganho, o consumidor

Alternativas
Comentários
  • Quando o preço era de 100,00 a arroba, com 7,00 você compraria 0,07 arroba. Porém com a queda do preço da arroba para 93,00, com 7,00 você poderia comprar 0,0752 arroba.

    0,07-------------------------100%

    0,0052(aumento) -----x%

    x = 7,5%

    Um aumento de 7,5% no poder aquisitivo. Resposta LETRA C!

  • Como o consumidor poderá comprar (100 – 93)/93 = 0,0753 = 7,53%

  • é uma regra de três inversa 

  • pegadinha

  • Apenas divida o valor e descubra a taxa:

     

    T:100/93

    T:(aprox)1,075

    T:7,5%

  • 100-93=7

     

    100%-------93

    x------------7

    93x=700  >>>  x=700 dividido por 93= 7,5

  • Basta aplicar a propriedade de Vf= Vo - Vf / Vf

    100 - 93 / 93=

    7 / 93= 0,075 que equivale a 7,5%

  • Resolução da questão https://youtu.be/hgwlt_uZ0EA A explicação é ótima

  • Professor caju - https://youtu.be/hgwlt_uZ0EA

  • Poder aquisitivo(Pa)=Salário(ou mesmo o valor disponível para ser gasto)/ Valor gasto Pa1= 100/100 Pa1= 1 Pa2= 100/93 Pa2= 1,075 Logo, o aumento foi de 7,5%

  • O bom de errar é que você pode aprender. Nessa questão, embora muita gente tenha errado pela rapidez na qual fez sem dar muita atenção aos detalhes, aprendemos que o poder de compra é inverso ao preço do produto e direto a quantidade do dinheiro da pessoa. Logo, se temos maior poder de compra, quer dizer que o preço abaixou.Se não entendeu, veja essa fórmula simples.

    R$ Compra = R$ Pessoa / R$ Produto

    Suponha que essa pessoa carregava 100 reais para compra 1 arroba que custava 100 reais, o poder de compra dela dava apenas pra comprar uma arroba e não sobrava nada no dinheiro. no entanto, numa nova situação, essa arroba sofre decrescimento de preço, apenas ela, não o dinheiro que essa pessoa levava, então queremos saber o novo poder de compra.

    Nessa nova situação, bote na fórmula o dinheiro levado(100) sobre o preço do novo produto(93) para ver o novo poder de compra

    R$=100/93 = 1,075

    multiplique em 100 para transformar em porcentagem (107,5)

    O que isso significa??

    -se essa pessoa levava 100 reais e consumia todos os 100 reais na compra antigamente com a arroba custando 100, agora com a arroba custando 93 reais essa pessoa ''ganhou'', isto é, sobrou 7,5 reais em relação aos 100 de antigamente.

  • Errei essa feliz!

    "Ora, se o preço da carne cai em 7R$, o cliente "ganha" 7R$"

    Pensei assim, só fui enteder depois.

    Recomendo ver uma explicação de um professor pra entender bem o que se pede..

    Mas o cálculo que eu fiz dps foi em cima da taxa de aumento:

    93 + 93.x = 100

    Sendo "x" a taxa de aumento.

    x = 7/93

    x = 0,075 ou 7,5%

    (em valor aproximado)

    É como se o dinheiro do cliente tivesse valorizado com a queda do preço da carne... Tipo isso glr

  • Regra de três inversamente proporcional.

    Se o preço baixou, o meu poder de compra aumentou.

    R$ 100--------100%

    R$ 93------------x

    93x = 10.000

    X = 10.000/93

    X = 107,5%

    Ganhei um poder de compra de 7,5%.

    Letra C

  • Pensem assim:

    Antes: com 100 reais eu compra 1 kg de carne

    Agora: com 97 reais eu compro os mesmos1kg e se eu comprar 100 reais de carne? Ganho ou perco?

    93-------- 1kg

    100-------- x kg

    93x= 100

    x= 100/93

    x= 1,0752 ou 7,5%

    Ganhei 7,5% a mais de carne.

  • Poder de compra é sempre preço do produto divido pelo dinheiro

    teste 100 kilos / 100 reais = 1 meu poder de compra só dava pra adquirir a carne

    Hoje 100 Kilos /93 reais = 1,075 então hoje compro aquele 100 Kilos de carne mais 0,75 Kilos equivalente a 7,5 % de aumento

  • O valor da carne era R$100 e caiu para R$93,00. Ou seja, diminiu 7 reais.

    Uma pessoa foi com R$100 reais comprar carne, quantos % a mais ela vai levar? Sabendo que com 93 reais ela leva 100%, com 7 reais ela levará quantos % a mais?

    então:

    93 ----------------- 100%

    7 ------------------- x

    x= 700/93

    x= 7,5%

  • Fórmula do poder de compra:

    Poder de compra(aquisitivo) = 100/Preço do produto

    Aplicando a fórmula na questão

    Poder aquisitivo inicial = 100/100 = 1

    Poder aquisitivo final = 100/93 = 1,075

    Poder aquisitivo final - Poder aquisitivo inicial = Perca ou ganho em poder aquisitivo.

    Caso o resultado seja positivo, é porque houve um ganho, se for negativo, houve perda.

    1,075 - 1 = 0,075 = 7,5/100 = 7,5%, como o resultado é positivo, foi ganho 7,5% em poder aquisitivo.

  • Eu penso que a dificuldade dessa questão é que ele não informa o quanto de dinheiro a pessoa possui.

    Porém, a fórmula do poder de compra é:

    Poder de compra = Dinheiro do consumidor/Preço do produto

    Então, o estudante precisa supor que o dinheiro do consumidor será igual ao preço do produto inicial antes da queda de preços, pois se assim for, o poder de compra inicial será 1, que é 100%. O poder de compra inicial precisa ser 100%, pois a questão não informa o quanto de dinheiro o consumidor possui, logo por dedução se conclui que ele tem todo o dinheiro necessário para comprar o gado.

    Poder de compra inicial = Dinheiro do consumidor/ Preço do produto inicial

    1 = 100/100 = 100%

    Poder de compra final = Dinheiro do consumidor/Preço do produto final

    1,075 = 100/93

    Tirando a diferença do final pelo inicial:

    1,075 - 1 = 0,075 = 7,5%


ID
2629348
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma pessoa encheu o cartão de memória de sua câmera duas vezes, somente com vídeos e fotos. Na primeira vez, conseguiu armazenar 10 minutos de vídeo e 190 fotos. Já na segunda, foi possível realizar 15 minutos de vídeo e tirar 150 fotos. Todos os vídeos possuem a mesma qualidade de imagem entre si, assim como todas as fotos. Agora, essa pessoa deseja armazenar nesse cartão de memória exclusivamente fotos, com a mesma qualidade das anteriores.

Disponível em: www.techlider.com.br. Acesso em: 31 jul. 2012.


O número máximo de fotos que ela poderá armazenar é

Alternativas
Comentários
  • Se antes guardava 10 minutos e 190 fotos e depois 15 minutos e 150 fotos. É possível ver que houve um aumento de 5 minutos e diminuição de 40 fotos. Logo, 5 minutos=40 fotos.

     

    Usando o exemplo dos 10 minutos e 190 fotos e zerando os minutos, ficaremos com 270 fotos. Pois 5 minutos são 40 fotos e então 10 minutos 80 Fotos. Portanto: 80+190=270.

  • Chamando:

    T de capacidade total do cartão;

    F da capacidade ocupada por 1 foto;

    V da capacidade ocupada por 1 minuto de vídeo.

    T = 10V + 190F (1)

    T = 15V + 150F (2)

    Igualando (1) e (2), temos:

    10V + 190F = 15V + 150F, onde V = 8F(3)

    Substituindo (3) em (1), temos:

    T = 10.8F + 190F = 270F, logo a capacidade total do cartão cabe 270 fotos.

  • Se o número de fotos da primeira armazenagem para a segunda diminuiu então podemos fazer uma regra de 3:

    Se o indivíduo pôde armazenar 5 minutos de vídeos à mais retirando algumas fotos podemos saber que:

    190-150=40

    Então...

    40fotos----------------5minutos de vídeo

    Xfotos-----------------1minuto de vídeo

    X=8 fotos

    Se 8 fotos ocupam o mesmo que 1 minuto de vídeo temos:

    1minuto---------8fotos

    15minutos-------y

    y=120fotos

    Assim:

    120+150=270fotos

     

    R:Letra "C"

  • Forma mais fácil e rápida:

    Temos: 1º vez --> 10 min (vídeo) e 190 (fotos);

                 2º vez --> 15 min (vídeo) e 150 (fotos).

    Fazendo a comparação: No que aumentou 5 min (vídeo), reduziu 40 (fotos). 

    Então com esses dados, e usando a 1º vez, reduzindo cada vez 5 min de vídeo e aumentando 40 fotos, temos:

                 (fotos)                    (vídeos em min)

    |--->       190    ---------------     10

                  230    ---------------      5

                  270    ---------------      0

    Resposta: Letra C

  • Seja x a memória ocupada por um minuto de vídeo e y a memória ocupada por uma foto. Logo:

    10x + 190y = 15x + 150y

    x = 8y

    Logo a capacidade total do disco é 10 . 8y + 190y = 270y e, assim, o resultado é 270

  • Forma mais fácil e rápida:

    190+10=200

    150+15=165

    200-165=35. Logo, 5 vídeos a mais ela deixou de tirar 35 fotos. 

    Sabendo que no primeiro dia ela fez 10 vídeos,então ela deixou de tirar 70 fotos. Pq ( 35+35=70 ) 

    Então 200+70= 270 

    Resposta: Letra C

  • aumentou 5 min de video e reduziu 40 fotos, quantas fotos tem em 10 min? 80 fotos+190=270

  • Muita interpretação.

    5 minutos e equivalente a 40 fotos

    10 minutos ===> 190 fotos

    5 minutos ===> 230 fotos

    0 minutos ===> 270 fotos

    É possível armazenar 270 fotos.

    Letra C

  • Questão simples. Basta compreender que 5 minutos de vídeo equivalem a 40 fotos. Ou seja, se a pessoa só tirar fotos, será adicionado 80 fotos. 190 + 80 = 270.

    Também é possível fazer assim: 190 - 150 = 40

    190 + 40 = 230

    230 + 40 = 270

  • Enem 2017 foi mais fácil até que de anos anteriores a ele

  • Se fazer a diferença (-) entre a primeira vez que ela encheu com a segunda vez, percebe-se que de um vídeo para outro tem 5 minutos e de foto para foto 40.

    Cartão 1 Cartão 2

    10 vídeos +5 vídeos 15 vídeos

    190 fotos -40 fotos 150 fotos

    Sabendo dessas informações é só fazer o contrario voltando até chegar em 0 vídeos que é deixar só fotos.

    Cartão Cartão Cartão 1 Cartão 2

    0 vídeos -5 vídeos 5 vídeos -5 vídeos 10 vídeos +5 vídeos 15 vídeos

    270 fotos +40 fotos 230 fotos +40 fotos 190 fotos -40 fotos 150 fotos

    E é isso.


ID
2629351
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

As empresas que possuem Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), em geral, informam ao cliente que utiliza o serviço um número de protocolo de atendimento. Esse número resguarda o cliente para eventuais reclamações e é gerado, consecutivamente, de acordo com os atendimentos executados. Ao término do mês de janeiro de 2012, uma empresa registrou como último número de protocolo do SAC o 390 978 467. Do início do mês de fevereiro até o fim do mês de dezembro de 2012, foram abertos 22 580 novos números de protocolos.


O algarismo que aparece na posição da dezena de milhar do último número de protocolo de atendimento registrado em 2012 pela empresa é

Alternativas
Comentários
  • 390.978.467 + 22.580 = 391.001.047, é o algarismo sublinhado.

  • Com são 22580 novos números,deve-se somar esse número ao último registrado.

  • Em janeiro, o protocólo é: 390 978 467 (isto intuitivamente que ja foram registrados 390978467 atendimentos).

    Ao final de dezembro foram adicionados(+) 122 580 atendimentos.

    Então podemos dizer que ao final de tudo teremos a soma de janeiro(390 978 467) mais o acrescimo que teve do início do mês de fevereiro até o fim do mês de dezembro de 2012.

    Façamos então: 390 978 467 + 122 580 = 391 001 047.

    O problema quer saber o algarismo (numero) que está na casa de centena de milhar.

    Lembrando >>>> 0 unidade; 00 dezena; 000 milhar; 0000 unidade de milhar; 00000 dezena de milhar

    Ou seja, devemos escolher o 5º numero da sequência FINAL do protocolo.

    Então: 391 001 047.

    5º número ou a dezena de milhar de {391 001 047} é o número 0.

    Letra A.

     

  • até estranhei agora que fiz, muito facil, pensei ser pegadinha do enem.

  • O número será 390978467 + 22580 = 391001047 que possui 0 com algarismo na posição de dezena de milhar.

  • Tenho até medo dessas questões fáceis! Kkkk

  • 390978467 + 22580 = 391001047 (dezena de milhar = 0)

    O que essa questão tem a ver com análise combinatória ??

    NOTA: Quando eu escrevi esse comentário, essa questão estava classificada no assunto "Análise Combinatória".

  • Essa questão foi tão fácil que fiquei até com medo

  • 390 978 467 +22 580 = 391 001 047

  • 390.978.467  +  22.580 = 391.001.047

    Os algarismos de um número possuem uma ordem, que chamamos de:

    1ª ordem - unidade

    2ª ordem - dezena

    3ª ordem - centena

    4ª ordem - unidade de milhar

    5ª ordem - dezena de milhar

    6ª ordem - centena de milhar

    7ª ordem - unidade de milhão

    8ª ordem - dezena de milhão

    9ª ordem - centena de milhão

    e assim por diante.

    Além disso, cada ordem pertence a uma classe:

    1ª, 2ª e 3ª ordens pertencem a 1ª classe

    4ª, 5ª e 6ª ordem pertencem a 2ª classe

    7ª, 8ª e 9ª ordem pertencem a 3ª classe

    e assim sucessivamente.

    Um exemplo: https://pt-static.z-dn.net/files/d08/61709d19e0abb8865ebb0c369b3f23d4.jpg

    Assim, no caso de 391.001.047, temos:

    7 = unidade

    4 = dezena

    0 = centena

    1 = unidade de milhar

    0 = dezena de milhar

    0 = centena de milhar

    1 = unidade de milhão

    9 = dezena de milhão

    3 = centena de milhão

  • 390 978 467 +22 580 = 391 001 047

    Uma simples soma+ uma noção de ordem dos números.

    tão fácil que se pensar demais acaba errando rsrsrsrs

  • Ele quer o número que vai ficar na posição dezena de milhar.

    390.978.467 + 22.580 = 391.001.047

    O número 0 vai ficar na posição dezena de milhar

    Letra A

  • boa tentativa de pegadinha ENEM


ID
2629357
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Em certa loja de roupas, o lucro na venda de uma camiseta é de 25% do preço de custo da camiseta pago pela loja. Já o lucro na venda de uma bermuda é de 30% do preço de custo da bermuda, e na venda de uma calça o lucro é de 20% sobre o preço de custo da calça. Um cliente comprou nessa loja duas camisetas, cujo preço de custo foi R$ 40,00 cada uma, uma bermuda que teve preço de custo de R$ 60,00 e duas calças, ambas com mesmo preço de custo. Sabe-se que, com essa compra, o cliente proporcionou um lucro de R$ 78,00 para a loja.


Considerando essas informações, qual foi o preço de custo, em real, pago por uma calça?

Alternativas
Comentários
  • Com uma regra de três aplicada para cada produto com o preço evidente (as 2 camisetas e a bermuda), sabe-se que 25% de R$ 40 é R$10 e que 30% de R$ 60 é R$18; como foram 2 camisetas e uma bermuda, o lucro é de R$ 38 com esses produtos.

    Como o lucro total é de R$ 78, subtraindo R$ 38, sobra R$ 40 que é o lucro pago pelas 2 calças. No entanto, o exercício pede o valor de apenas 1 calça, que supõe-se então que seja a metade do lucro de R$ 40, ou seja R$ 20 (isso não é algo claro na questão, é como se você tivesse que supor que as duas calças tivessem exatamente o mesmo valor).

    Para isso, uma regra de três:

    R$ 20 --- 20%

    x --- 100%

     

    20x=100.20 ---> x=2000/20 ----> x= R$ 100

  • eu fiz dessa forma ja que o total de lucro da loja foi R$78,00

    1- se o lucro de uma camiseta é de 25% em cima do custo da roupa, e o preço de custo de uma camiseta e R$40,00, o rapaz comprou 2 camisetas, então temos que descobrir quanto em R$ a loja lucrou com a venda dessa duas camisetas então:

    cada camiseta custa 40 reais e a loja lucra 25% delas, se são duas ficamos com 50% ai é so fazer a conta:

    50/100.40 --------> que cortando os zeros fica 5x4/1= R$20,00 ( a loja lucrou com a venda das duas camisetas R$20)

    2- o lucro da bermuda é de  30% o custo dela e de R$60,00 .O rapaz compro apenas uma bermuda então e so dividir o lucro pelo custo

    30/100.60 cortando o zeros ficamos com--------> 3x6/1= R$18,00( a loja lucrou 18 reais com a venda da bermuda)

    Bom, somando os valores que a loja lucrou com as venda das duas blusas de da bermuda ficamos com 18+20=38 e falta 40 para os 78, então eu fiz pela logica, peguei a letra B que tem o 100, e fiz:

    os 40% das calças já que o lucro de uma calça são 20% e o rapaz comprou duas.então para chegar ao valor de R$40,00 que falta para dar 78 reais fica assim:

    40/100.100 cortando o zeros  ficamos com------40x1/1= R$40,00 (a loja lucrou 40 reais com as duas calças)

    ai só somar 20+18+40= R$78,00 então e a letra B 100

     

  • 25% 40×2 + 30% 60 + 20% 2x= 78 (sendo que, 2x = o preço das duas calças)

    → 20 + 18 + 20% 2x = 78

              38+ 20%2x =78

                 20%2x=40

                   20% x = 40/2 → 20% x = 20 (lê-se: 20 % de algum número = 20) 

                  20% de 100= 20. Então, x= 100

  • Calculando o lucro da camisa e bermuda:

    80x0,25 = 20

    60x0,30 = 18

    Lucro sem as calças = 38

    78,00 (lucro total) - 38 = 40

    40,00 reais é o valor do lucro que vamos obter com a venda das duas calças

    2x.0,20 = 40

    0,40x = 40

    x = 40/0,40

    x = 100

  • Questão que necessita de muita atenção e calma.

    Duas Camisas => R$ 80,00. R$ 40,00 cada uma

    Uma Bermuda=> R$ 60,00

    Duas Calças => R$ X

    25% na calça.

    30% na bermuda.

    20% na calça.

    O cliente deixou R$ 78,00 de lucro na loja.

    25% de 40 = 10

    Foram duas camisas: R$ 20,00 de lucro

    30% de 60 = R$ 18,00 de lucro

    Sem as calças são R$ 38,00 de lucro

    Falta R$ 40,00 para chegar a R$ 78,00 de lucro.

    Foram Duas calças compradas. Logo 20% de desconto em cada uma.

    Se falta R$ 40,00 e são duas calças, logo sera R$ 20,00 de lucro de cada calça.

    O único que possível para obter R$ 20,00 com 20% de desconto e a letra B, pois: 20% de 100 = 20

    Letra B

  • Fiz usando as alternativa.

    A última equação dava 20 + 18 + y = 78.

    O Y era o lucro da calça.

    Logo, pegando a altertiva 100.

    20% de 100 = 20 reais. Multiplicado por 2 calças = 40 reais

    20 + 18 + 40 = 78

  • OLÁ

    L = LUCRO

    PC = PREÇO DE CUSTO

    CA = CAMISETA

    B = BERMUDA

    C = CALÇA

    CA

    L = 0,25 x PC

    B

    L = 0,30 x PC

    C

    L = 0,20 x PC

    agora, basta relacionar estas informações com as quantidades compradas em uma expressão, pois assim acharemos o PREÇO DE CUSTO das calças:

    2 (0,25 x 40) + 1 (0,30 x 60) + 2 (0,20 x PC) = 78

    2 x 10 + 18 + 0,4PC = 78

    20 + 18+ 0,4PC = 78

    38 + 0,4PC = 78

    0,4PC = 40

    PC = 40/0,4

    PC = 100

    ALT B

  • Eu fiz assim:

    camisa : 25 % de lucro . 40 reais cada então 25%de 40 $ seria 10 reais , logo são duas camisas = 20 reais de lucro

    Bermuda : 30% de luco . 60 reais cada, então 30% de 60$ seria 18 reais

    Somando as duas somas de lucros obtidas 20 $ + 18= 38 $ falta 40 para 784 de lucro.

    Podemos resolver isso com a regra de 3 simples.

    100% é o valor da calça que queremos decobrir

    20% é o valor do lucro que sabemos que é 20 reais por calça.

    100% ------ x

    20% -------- 20

    20X =20.100

    x=2000/20

    corta um 0 e cma e um 0 em baixo para simplificar

    x=200/2

    x=100

    A calça equivale a 100 reais.

  • A questão em si é fácil, mas se estiver com pressa pode errar lindamente.


ID
2629366
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma escola organizou uma corrida de revezamento 4 x 400 metros, que consiste em uma prova esportiva na qual os atletas correm 400 metros cada um deles, segurando um bastão, repassando-o de um atleta para outro da mesma equipe, realizando três trocas ao longo do percurso, até o quarto atleta, que cruzará a linha de chegada com o bastão. A equipe ganhadora realizou a prova em um tempo total de 325 segundos.


O segundo corredor da equipe ganhadora correu seus 400 metros 15 segundos mais rápido do que o primeiro; já o terceiro realizou seus 400 metros 5 segundos mais rápido que o segundo corredor, e o último realizou seu percurso em 3/4 do tempo realizado pelo primeiro.


Qual foi o tempo, em segundo, em que o último atleta da equipe ganhadora realizou seu percurso de 400 metros?

Alternativas
Comentários
  • Eu rsolvi assim:

    325 - 15 = 310 - 20 = 290 . 0,75 = 217,50

    Depois subtraí 290,0 - 217,5 = 72,50 

    Que dá aproximadamente 72 letra D

  • Consideraremos 4 corredores, A, B, C e D, fazendo os tempos de TB,TC e TD em função de TA, teremos:

    TB = TA - 15 (1)

    TC = TB - 5 = TA - 15 -5 = TA -20 (2)

    TD = 3/4 TA (3)

    Pelo enunciado: TA + TB + TC + TD = 325 (4) , substituindo (1), (2), (3) em (4), temos:

    TA + (TA -15) + (TA - 20) + 3/4TA = 325

    TA = 96 (5)

    Substituindo (5) em (3), temos

    TD = 3/4.96 = 72 segundos.

     

  • Podemos dizer que:

     

    T1 + T2 + T3 + T4 = 325

    Porém sabemos que:

    T2 = T1 - 15

    T3 = T2 - 5 = (T1 - 15) - 5 = T1 - 20

    T4 = 3T1/4

    Agora podemos substituir:

     

    T1 + (T1 - 15) + (T1 - 20) + 3T1/4 = 325

    3T1 - 35 + 3T1/4 = 325

    Tirando o mínimo temos:

    12T1 - 140 + 3T1 = 1300

    15T1 = 1440

    T1 = 96s

    Agora sabemos que:

    T4 = 3T1/4

    T4 = 3.96/4

    T4 = 72s

     

    R=Letra "D"

  • x= corredor 1
    x-15= corredor 2
    x-20= corredor 3
    3x/4= corredor 4


    X + X -15 + X- 20 + 3X/4= 325

    CALCULANDO:
    3x - 35 + 3x/4 = 325
    3x + 3x/4 = 325 + 35
    3x 3x/4 = 360

    TIRANDO O MMC entre 3x e 3x/4
     
    12x+3x//4 = 360
    15x/4 = 360 * 4
    15x = 1440
    {x = 96} 

    Corredor 1: x=96 segundos
    Corredor 2: x -15= 81 segundos
    Corredor 3: x -20= 76 segundos
    Corredor 4: 3/4 x = 96 * 3/4 >>> 288/4= 72 segundos

  • Eu resolvi na gambiarra. Dividi a mediana (letra c) por 3, somei o resultado, depois subtrai por 15 (c2) e o resultado por 5 (c3), somei tudo e deu menos que 325. Pulei pro 72 fiz as mesmas contas e deu certo.

    Não demorei tanto por que a maior parte das contas eu fiz de cabeça.

  • Eu fiz assim, mas não é o jeito certo e chegou só próximo do resultado. Na real, eu n sabia como resolver essa bagaça; fiz na gambiarra. Não me imitem:

    (x.3/4) x+15+x+20=325

    (x/1.3/4) 2x+35= 325

    (fazendo entre parenteses: x/1.3/4= 3x/4)

    3x/4 + 2x + 35= 325

    (3x/4 + 2x + 35= 325) 4      ------- (pôe entre parenteses e multiplica por 4)

    3x + 2x + 140= 1300

    5x + 140= 1300

    5x= 1300 - 140

    x= 1160/5

    x= 232

    ----------

    último corredor: 3/4 do primeiro>>> 232/3 >> 77

  • 325÷4 =81,25

    Logo temos 

    T1=81,25 T2=81,25 T3=81,25 T4=81,25

    Porém ele diz que T1 e Maior que T2 em 15 seg e que T2 e maior q T3 5 seg

    Entao só transferimos 15 seg de T2 para T1 logo em seguida do novo resultado de T2 subtraímos 5 seg que dará o tempo de T3 ficando 

    T1= 96,25 T2= 66,25 T3= 61,25

    0,25 está presente em todos os resultados se aredondarmos não terá problema 

    96÷ 4 = 24 •3 = 72

  • essa questão no enem´é considerada média ou dificil?

  • T1=T1

    T2=(T1-15)

    T3=(T1-20)

    T4=(3T1/4);

    T1+(T1-15)+(T1-20)+(3T1/4)=325

    ((15T1)/4)=360

    T1=(360*4/15)

    Eu só efetuo a divisão no final e tento simplificar o que for possível:

    T4= (3*T1/4) = 3*((360*4)/15)/4

    Simplificando:

    T4 = 360/5 nota-se que 350/5=70 logo marcaria D, pois acima desse valor só tem 96 (que extrapola demais)

  • T1+ T2 + T3 + T4 = 325 . : T1 + T1 - 15 + T1 - 20 + 3/4 T1 = 325 . : 3T1 + 3/4 T1 = 360 . : 15T1 = 1440 . :

    T1 = 1440/15

    T4 = 3/4 * 1440/15 . : T4 = 72

  • Andressa, é média, muito provavelmente.

  • A + B + C + D=325

    A=x

    B=x-15 >>>>>o simbolo de subtração entra em jogo por cnta de que quando algo é mais rápido que outro isso significa que ele economizou tempo para certa ação

    C=x -15 - 5 >>>>>subtração em torno do 5, isso ocorre porque estamos adotando o referencial da letra A, o X, comparado ao B= X - 15.

    D=3/4.x

    Σx=1300 + 140/15

    Σx=96

    o ultimo, 3/4.x, sendo Σx=96, tense que : 3/4.96= 72

  • Gente, dá para fazer assim: somar tudo: X (do primeiro) + X - 15 (do segundo) + X - 15 - 5 (do terceiro) + 0,75X do quarto (porque se convertermos 3/4 em número decimal, dá 0,75). Tudo isso é igual ao tempo total, que é 325.

    Então fica assim:

    X + X - 15 + X - 15 - 5 + 0,75X = 325

    3,75X -35 = 325 (Na próxima linha, passa o 35 que está do lado esquerdo da igualdade negativo para o lado direito positivo)

    3,75X = 325 + 35

    3,75X = 360

    X = 360/3,75

    X = 96 segundos.

    Sabemos então que o primeiro jogador gastou 96 segundos. Sendo assim, o último jogador gastou 3/4 de 96 segundos, ou 0,75 (que corresponde aos 3/4) x 96.

    Fazendo essa conta, chegamos ao resultado final: 72 segundos.

  • Resolvi assim:

    Segundo o enunciado, o 4 corredor foi 25% mais rápido que o primeiro (pq fez o mesmo percurso em 3/4)

    Agora vamos analisar as alternativas:

    a) 58 

    b) 61 

     c) 69 

     d) 72 

     e) 96

    Testei primeiro a C, que era o ''ponto médio'' das alternativas. Deu 310s o total, ou seja, não é essa o gabarito, mas estamos perto. Parti para o teste da d (mais próxima).

    72s (tempo do último corredor) ----- 75%

    x ------- 100%

    x = 96s (tempo do primeiro corredor)

    96s menos 15 = 81s segundo corredor

    81s menos 5 = 76s terceiro corredor

    96s (1C) + 81s (2C) + 76s (3C) + 72s (4C) = 325.

    Gabarito letra D. Na prova, teria deixado essa para o final, visto que demanda um pouco de tempo (levei +/- 10min nela)

  • C1+C2+C3+C4 = 325 segundos

    C2 = C1 - 15

    C3 = C2 - 5

    C4 = 3/4.C1

    C2 = 4/3.C4 - 15

    C1 = 4/3.C4

    C3 = 4/3.C4 - 15 - 5

    C3 = 4/3.C4 - 20

    4/3.C4 + 4/3.C4 - 15 + 4/3.C4 - 20 + C4 = 325

    4.C4 + C4 - 35 = 325

    4.C4 + C4 = 325 + 35

    5.C4 = 360

    C4 = 360/5

    C4 = 72

    Letra D

  • Estilo EsSa / EEAR . Faça o sistema de equação, isole a variável e ache o valor.

  • 1° corredor: x

    2° corredor: x - 15

    3° corredor: x - 15 - 5

    4° corredor: 3x/4

    Colocando tudo isso na equação: x + x - 15 + x - 15 - 5 + 0,75x = 325s

    3x + 0,75x - 35 = 325

    3,75x = 325 + 35

    3,75x = 360

    x = 360 : 3,75

    x = 96 segundos (aqui seria melhor dividir por 375 ao invés do número decimal. O resultado seria 0,96. Aí é só retirar o primeiro zero).

    Esse é o tempo do primeiro atleta e não a resposta. Como foi dito que o tempo do último atleta é 3/4 (ou 75%) do primeiro. Então, é só fazer essa conta.

    96 . 0,75 = 72 segundos.

    Aqui também seria possível utilizar 3/4, ficando:

    96 . 3/4 =

    288 / 4 = 72 segundos.

    Alternativa D.

  • Mano eu fiz 3/4 de 325 e deu 243 e uns quebrados. Peguei esse 243 inteiro e subtrai com 325 inicial, deu 82, eu fiz uma análise pra ver qual das resposta estava mais perto de 82, e escolhi o 72, eu acertei kkkkkk


ID
2629369
Banca
INEP
Órgão
ENEM
Ano
2017
Provas
Disciplina
Matemática
Assuntos

Uma fábrica de papel higiênico produz embalagens com quatro rolos de 30 m cada, cujo preço para o consumidor é R$ 3,60. Uma nova embalagem com dez rolos de 50 m cada, de mesma largura, será lançada no mercado. O preço do produto na nova embalagem deve ser equivalente ao já produzido, mas, para incentivar as vendas, inicialmente o preço de venda terá um desconto de 10%.


Para que isso aconteça, o preço de venda da nova embalagem, em real, deve ser

Alternativas
Comentários
  • 4 rolos de 30 m = 120 m

    10 rolos de 50 m = 500 m

    se 120 m custa 3,60, quanto custa 1 m?

    120 -> 3,60

    1 -> x

    120x = 3,60

    x = 0,03 reais

    500 x 0,03 = 15,00 - 10% = 13,50

    Resposta: D

     

  • 4 rolos com 30m cada= 120m     preço R$=3,60
    10 rolos com 50m cada= 500      preço R$=  X
    Se são equivalentes então usaremos regra de três:
    120m_________ 3,60 reais
    500m_________ X reais
    120X= 1800    X=1800/120   X=15,00 reais
    com desconto:
    10% de 15= 1,5 (não precisa calcular é só andar com a vírgula)
    Portanto:  15,00 - 1,5= 13,5

    Resposta D

  • NÃO ESQUEÇAM DE TIRAREM OS 10% NO FINAL DOS CALCULOS AMIGUINHOS!

  • regra de 3 composta

    ----------------------------------------------

    preço               tamanho             rolo

     3,60                     30                   4     (embalagem A)

       x                        50                  10    (nova embalagem)       

    todos os termos ou grandezas são diretamente proporcionais com o preço

    3,60/x = 30/50 . 4/10

    x = 15,00 - 10% = 13,50 pilha

  • Um jeito para não errar é colocando os 10% logo na conta.

    Lembre-se que na hora da prova é normal ficar mais ansioso, então faça as contas de um jeito que evite ter que lembrar de coisas no final.

    Vamos lá:

    30 metros x 4 rolos = 120m

    50 metros x 10 rolos = 500m

    Regra de 3:

    120m = 3,60

    500m = X No entanto, podemos colocar os 10% logo pra não esquecer no final.

    Vai ficar assim:

    120m = 3,24 (90%de 3,60)

    500m = X

    O X vai ser igual a 13,5 de cara.

    Letra D

  • 4 rolos de 30 m cada = 120 m no total

    10 rolos de 50 m cada = 500 m no total

    120 m -------- 3,60 reais

    500 m -------- x reais

    120x = 1.800

    x = 15 reais

    15 reais ------ 100%

    x reais -------- 90% (desconto de 10%)

    100x = 1.350

    x = 13,5 reais